Palestra Comemorativa dos 150 anos do Livro dos Espíritos

26 04 2007

Livro dos Esp�ritos 150 anos comemorativo

Quando nos descobrimos capazes nos superamos !

Essa foi a frase que mais me chamou a atenção nesta primeira palestra ouvida ontem pela comemoração acima citada em minha cidade. Digo ouvida, sim, pois não tinha mais como entrar no auditório de tantas pessoas lá presentes e apenas pude ouvir na sala anterior a entrada. Pensar que estava fazendo hora para ir ao local… Mas hoje vou chegar mais cedo.

Mesmo assim foi bonito verificar o número de pessoas que estão despertando para a busca das verdades sobre a vida e como o próprio palestrante relatou…  _ “deixando de ver as novelas para estar aqui.”  Comentário que me remeteu a um trecho da novela das sete da Rede Globo que assisti ao fazer uma visita a um amigo no hospital. Justamente aparecia pessoas que vendiam o corpo propagando como um trabalho honesto para ganhar a vida em meio a brincadeiras. O tom cômico relaxa, mas não temos como negar que acaba por se tornar comum certos hábitos e valores pela exposição. Tantos temas que poderiam ser praticados, como históricos – veja o sucesso de Escrava Isaura – temas baseados em fatos reais, temas construtivos e que levasse as pessoas a refletirem sobre os atos – como a novela das seis “O Profeta” que pelo menos leva as pessoas a refletirem sobre a mediunidade. Temos que estar atento a filtrar tudo que nos chega, seja livros, revistas, tv, internet, inclusive video-games.

Neste Blog -Estudo – Joana d´Arc: Introdução >> Prefácio // (english version)





Emmanuel – 1

26 04 2007

Livro Livro – “Diálogo dos Vivos”:

“Moisés dialogou com Jeová e Livro dos Mandamentos estabeleceu as leis primordiais da justiça entre os homens.

Jesus vem à Terra, dialoga com os discípulos, e o Evangelho brilha até hoje, traçando as normas de Reino do Amor para a elevação da Humanidade.

Kardec chega ao mundo, dialoga com os Espíritos Sábios e Benevolentes que lhe dirigem a obra, e “O livro dos Espíritos” surge por alicerce da Doutrina Espírita que renova o pensamento religioso da Terra, libertando e esclarecendo, confortando e instruindo as criaturas.

E atendendo à corrente inestancável dos ensinamentos e bênçãos das Esferas Superiores, os Vivos da Terra e os Vivos do Além continuam dialogando entre si, no trato dos interesses que dizem respeito a vida imortal.

Este volume tanto quanto outros “livros dos espíritos “, vão despontando na atualidade, fazendo-nos sentir que Deus é amor sempre, que a morte é apenas mudança, que a cada um de nós será trazido pelo tempo o fruto das próprias obras, que as portas da evolução e do trabalho estão incessantemente abertas nos campos múltiplos do Universo, e que nós todos, aqui e mais além, permaneceremos indissoluvelmente unidos no amor sem adeus.”

Emmanuel – Uberaba, 18 de abril de 1974 – 117° Aniversário de “O Livro dos Espíritos”. Do “Diálogo dos Vivos” – psicografado por Chico Xavier / J. Herculano Pires