Dúvidas & Perguntas sobre a Doutrina Espírita

30 05 2007

Espaço reservado para dúvidas e perguntas sobre os temas desenvolvidos neste blog (Espiritismo). Estejam a vontade para contribuir com perguntas a qual estarei procurando responder da forma mais rápida e melhor possível baseado em estudo da Doutrina Espírita.

Para ver as perguntas e fazer novas clica ai em baixo em “Comentários”

Anúncios




Personalidade Criativa-Operante X Deficit de Atenção (DDA).

28 05 2007

Muitas pessoas falam pouco, tiram notas baixas, são chamadas de “desatentas”, mas surpreendem em determinadas tarefas ou ações, quando algo desperta sua atenção…

Assim considero uma pessoa com personalidade Criativo-Operante.

Em mais detalhes, seriam indivíduos em que a criatividade supera objetivos e a vontade própria. A criatividade é quem comanda, de tão forte, ela está acima da até mesmo da vontade consciente. Não adianta querer estudar algo que não se goste, a criatividade ataca desligando o foco e direcionando o pensamento para outras ideias.

Portanto, para estudar assuntos que fogem do interesse, deve-se desenvolver métodos de estudos que se adaptem ao funcionamento criativo. Já em estudos que agradam – o foco torna-se aliado da criatividade, gerando pontos de vista até então pouco explorados e um desenvolvimento acima do normal.

Alguns consideram esses tipos de pessoas como portadores do síndrome do Déficit de Atenção.

Acrescento aqui um esclarecimento. É claro que existe casos realmente de Deficit de Atenção que necessitam de medicamento para se adaptarem ao meio em que vivem…

Contudo o foco desse artigo é para os muitos casos em que as crianças e ou adolescentes por pressão da sociedade são tarjados como DDA.

Logo, o intolerável no meu ponto de vista é utilizar-se de medicação controlada em diagnósticos frágeis – principalmente para crianças indefesas – pois ainda não tem o livre-arbítrio de optar ou não por uso de medicamento.

Na maioria dos casos a criança é medicada para melhorar os estudos por pressões externas. Contudo, irremediavelmente a brincadeira sempre será o principal foco da criança. Isso não é culpa delas, pois todas são assim em algum grau.

Na realidade, os pais, os métodos de ensino e toda a sociedade é que devem mudar… e tomar remédios de reflexão para darem mais atenção a elas.

Os pais, portanto, tem a tarefa primordial de descobrir qual o foco de interesse da criança em crescimento e não querer impor o seu foco pessoal. Quais os verdadeiros dons dos filhos? Quais suas aplicabilidades perante a sociedade?

E quanto ao estudo do necessário e obrigatório ao desenvolvimento do conhecimento intelectual, deve-se buscar formas de ensino alternativas, utilizando o lúdico, jogos educativos, associações, brincadeiras e reforço.

Não adianta comparar com colegas da mesma idade.

Hoje em dia até mesmo um computador pode ser encomendado com uma configuração especial para seu uso direto da fábrica, diferente de todos os outros que são vendidos. Imagine então um ser-humano, único de espírito, físico e mente – definitivamente não é possível comparar crianças !

Cada um deve ter o seu próprio método de ensino e aprendizagem e os pais são os maiores responsáveis por descobrir e iniciar a pratica correta do despertar lúdico.

Sociedade dos Poetas Mortos Um filme obrigatório para todos os pais e educandos: “Sociedade dos Poetas Mortos”.

Posteriormente os professores também deveriam ensinar de forma individual, porém a Educação está totalmente defasada em seus métodos. Salvo algumas grandes iniciativas particulares, como a escola LUMIAR;

Obviamente também exitem professores de redes particulares e públicas que fazem de sua vida uma realização para o bem coletivo, pois são professores por vocação superando limites, contudo se encontram numa sala geralmente com mais de 20 crianças…

Mas nem tudo é problema dos pais e professores. É claro que uma criatividade operante, tem suas consequências negativas para o próprio indivíduo no seu dia-a-dia. Por sua força criativa predominar – se paga um preço: a falta de foco nos detalhes, esquecimento constante de objetos e procedimentos do dia-a-dia e outras pequenas tarefas por não ser de interesse da mente criativa – ela simplesmente deixa para segundo plano, não gravando na mente.

Cabe a cada um criar suas regras, desenvolver medidas de auxílio como:

1) Fazer tudo “agora”. Não deixar nada pra depois ! Essa é a base de tudo.

2) Se tiver que deixar para depois, anotar num bloquinho de bolso. Deixar outro bloquinho ou quadro de avisos em casa.

3) A noite fazer um balanço de prioridades e passar para o bloquinho de bolso tudo que for urgente.

4) Anotar as metas do ano à parte e todos os dias escrever a grande meta no dia seguinte da agenda de bolso.: ex: comprar um carro, passar num concurso, passar de ano, …

5) Frase de auto-estima na mão junto com as prioridades. Ex. “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”. Chico Xavier. Trabalhar na persistência.

6) Cortar as atividades inúteis que atraem tanto sem reações para a construção de um futuro produtivo: bate papos, jogos de computador pelas noites, coleções de fotos e filmes suspeitos, excessos diversos. Todo excesso é prejudicial – até beber água. O criativo operante é o ser dos excessos. Deve-se estar vigilante para trocar essas atividades por outras e nunca ficar ocioso. Estudos em grupo, pesquisas na internet, aprender novas línguas, e até palavras cruzadas com um dicionário ao lado é ótimo para criar atenção.

7) Preocupações exacerbadas não é bom. Ter fé baseado na certeza de que toda ação hoje gera reações no futuro!

8 ) Objetos que andam frequentemente contigo: numerá-los e fazer chamada toda vez que sair de um local: 1,2,3,4. (1-chave, 2-celular, 3-óculos, 4-pasta). Numere suas coisas, assim fica evita-se perdê-las.

9) No Estudo: Duas matérias ou mais alternando-as. Enjoa de uma passa para outra; Ler em voz alta; Fingir que está dando aula e ensinando a alguém; Fazer resumos em pequenas fichas de papelão e atrás colocar perguntas sobre o tema; Isolar-se; Um cafezinho é sempre útil, mas não para ficar polegando o copinho! Estudar em pé; Inove! Se estiver numa sala de aula faça perguntas ao professor crie emoção – ela vai fazer gravações eternas em sua mente! E o mais importante, aprender a gostar do que se está estudando… Mude de rumo caso necessário.

Quanto ao jovem ou adulto criativo operante – que a essa altura já se encontra “perdido no espaço” – ainda sugiro que procure fazer o que goste. Como nos diz um filósofo da antiguidade “Conheça-te a ti mesmo”.

Portanto acredito que a solução não seja o uso de remédios como a ritalina e outros para a finalidade de aumentar a atenção de imediato, mas sim um trabalho dos pais, quando criança, de direcionamento para uma atividade futura que desperte o foco dela acima de qualquer outra coisa.

E quanto ao adulto, fazer um mergulho interior, longe de qualquer influência, para que descubra realmente o que se gosta de fazer, o que procura, o que está certo e errado, e a partir daí mude sua vida, progressivamente, sem radicalismos, sem remédios e com muito prazer, para seu verdadeiro caminho na vida.

Se não puder estar fazendo o que goste de imediato, crie um hobby para compensar e aos poucos mude a sua direção.

Como nos diz Chico Xavier em uma de suas psicografias – Faça sempre o melhor que puder, e o melhor surgirá! Mas lembre-se, muitas vezes um péssimo engenheiro pode ser um professor extraordinário. Ter vocação é realização garantida.

Remédios? Sim, mas depois do trabalho educativo e pedagogo fracassar.

Sucesso e boa viagem interior ! Deixo abaixo alguns pontos interessantes sobre o assunto…

———————————-

(+) Áreas Favoráveis ao Criativo-Operante:

– Magistério;

– Marketing e Publicidade;

– Psicologia;

– Música;

– Artes em geral;

– Desenho Industrial;

 ——————————–

(-) Alguns inimigos do Criativo-Operante:

– Aulas e cursos onde não se verifica sua utilidade prática.

– Concursos públicos e vestibulares.

– Falar em público.

– Chaves da casa e do carro.

– Nome de pessoas.

– Decorar algo que não será de utilidade.

Sugestão de leitura nesse blog: categoria Educação e Reforma Íntima.(links ao lado)

———————– Uma abordagem espiritual …

Espiritualmente temos recursos para serem analisados que são fornecidos pelo estudo da Doutrina Espírita.

A lei da ação e reação nos revela que toda prática cometida no passado existirão reações no futuro. Muitas pessoas com falta de memória, distúrbios diversos podem ser causados por uso indevido da capacidade intelectual no passado. Note que não é regra, apenas uma das muitas possibilidades pelo estudo da Doutrina.

Quantas pessoas não utilizaram grande capacidade de planejamento, memória, intelecto para produzir armas, golpes, roubos, furtos, desvios de verbas, separações, etc. Todas essas ações prejudiciais ao próximo terão como resultado consequências negativas para quem o praticou numa vida futura.

Ou seja, numa próxima reencarnação deverá assim o produtor das ações negativas resgatar dívidas e muitas vezes nascer com doenças ou até mesmo pequenos incômodos como o deficit de atenção, tudo dependendo da gravidade das ações negativas produzidas no passado.

Nessa evolução intelectual que nos encontramos na atualidade, uma reflexão sobre a reencarnação pode ajudar a compreensão de sua realidade: Se Deus é igualmente bom para todos, como explica-se o nascimento de pessoas deficientes físicas? Ou como uns nascem na miséria e outras na riqueza? Na verdade quem provoca nascimentos carmáticos, com necessidades de sofrimento é somente o próprio indivíduo sofredor com a reencarnação.

E sobre nossas vidas passadas? Tudo é esquecido no processo de nascimento, restando somente tendências para determinadas atividades e carmas a serem quitados.

Assim sendo temos uma grande necessidade de vigilância da ações praticadas na atualidade para evitar possíveis comprometimentos em nossa própria saúde em vidas futuras.

Essa questão espiritual é um assunto de muita profundidade que pode estar sendo transmitida nessa publicação de forma simplista em demasia. Sugiro leitura completa da obra no download abaixo e nos demais artigos desse blog:

Download do Livro dos Espíritos – Allan Kardec





O futuro de muitos políticos brasileiros na próxima reencarnação:

23 05 2007

mendig.jpg Muitos mendigos que vimos nas ruas são espíritos que no passado foram grandes políticos, porém corruptos. Desviaram dinheiro público, receberam propinas, não fizeram o que deveriam ter feito. Ao chegarem no plano espiritual a decepção é muito grande das suas atitudes. E suas ações negativas deverão ter reações na próxima vida para resgatar o mal praticado. Pelos casos já vistos e estudados, muitos reencarnam como mendigos, pobres em estado de miséria; e na atual circunstância pode ser ainda pior seu futuro espiritual.

Como Isac Newton nos revelou pela sua Terceira Lei, toda ação terá uma reação. É uma lei universal, aplicada no plano físico. Nessas bases temos a lei da causa e efeito que rege nossas relações com o mundo, como nos é revelada pelo Espirito da Verdade, enviado por Jesus através do Espiritismo.

Complicado? A reencarnação, podemos sentir sua essência com seguinte reflexão: Se Deus é bom, é amor e justiça, por que nascem pessoas na miséria, doentes, deformadas, e outras ricas, saudáveis, bonitas?

Resposta: Não é Deus que nos faz nascer em má situação, e sim nossas atitudes erradas das nossas vidas passadas. E as reencarnações dolorosas não são punições, mas resgates de ações negativas para e espírito poder seguir com sua evolução espiritual.

O que podemos fazer para evoluir mais rápido evitando reencarnações dolorosas ? Estar sempre atento a nossas atitudes, a nossas ações, na educação aos menores, dando exemplos de moral e firmeza para estar sempre de consciência tranquila. Não se pode mais admitir, como está publicado nas notícias abaixo coletadas nos noticiários, que o povo brasileiro aceita a corrupção pela filosofia de que “rouba mas faz”:

“Corrupção política e mau uso de verbas públicas no país comprometeram a capacidade das autoridades de garantir os direitos humanos da população, afirmou a Anistia Internacional em relatório divulgado nesta quarta-feira.” (Reuters. 23/05/07)

“Brasília – O esquema de corrupção desbaratado pela Operação Navalha, da Polícia Federal, que levou à demissão do ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, repercute na imprensa internacional.” (O Dia On Line. 23/05/07 )

O recente escândalo de corrupção no Brasil que levou à demissão do ministro das Minas e Energia, Silas Rondeau, provocou uma crescente indignação popular com a classe política num país “onde a frase ‘rouba, mas faz’ é comumente usada como sinal de aprovação”, afirma reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal britânico “Financial Times”. ( BBC Brasil. 23/05/07)

Mas como nos ensina Emmanuel através de Chico Xavier… “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” – Ainda está em tempo dos políticos, funcionários públicos, profissionais diversos que estejam envolvidos em qualquer tipo de corrupção – que possam estar mudando de atitude e iniciar ações dentro da moral contra a corrupção e a favor da caridade; Assim sendo, poderão contrabalançar seus débitos para tentar torná-los ainda nessa vida, no balanço final – créditos.

Lembramos: Não é porque pessoas são mendigos e pobres que necessariamente elas foram corruptos no passado. Há missões e outras infinitas possibilidades. Não devem existir desculpas para não ajudar pessoas necessitadas! Pelo contrário, quando ajudamos alguém em pior situação que a nossa estamos na realidade nos ajudando. Pois praticamos uma ação de caridade – receberemos como reação uma melhor condição no futuro. Tudo depende de nós. Além disso – muitos pobres estão aqui apenas como um teste, uma prova de resignação e humildade, não apenas devido a desvios no passado.

Aproveitamos o convite para refletir sobre nossas próprias ações e exemplos. Quantos de nós não praticamos pequenas corrupções do dia-a-dia? Desde comprar  produtos piratas, usar notas arranjadas no imposto de renda, emplacar carros no Estado de menor tributo, saquear cargas de veículos acidentados, estacionar em calçadas proibidas e locais de pessoas especiais, subornar guardas, trocar votos por qualquer coisa, falar no celular enquanto dirige, ultrapassar pelo acostamento, parar em filas duplas e triplas em frente às escolas, violar a lei do silêncio, dirigir após consumir bebidas alcoólicas, furar filas, pegar atestados médicos sem estar doente, fazer “gato” de luz e água, registrar imóveis no cartório com valor abaixo do comprado, quando viaja a serviço da empresa, se o almoço custou 10 pede nota fiscal de 20, adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado, leva das empresas onde trabalha pequenos objetos como canetas, clipes, envelopes, cadernos, falsifica documentos, e quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve…

Esquecemos assim, que o futuro depende de nosso bom exemplo em nosso Lar diante não apenas de nossa família, mas de nossa própria consciência.

Sucesso a todos e boas ações !

Notícias com indícios de futuros mendigos em próximas reencarnações:

LINK

http://www.mczero.org/





Conteúdos Transversais, Brasil, Educação.

18 05 2007

brazil.png

CONTEÚDOS TRANSVERSAIS

Tamanha a falta de educação básica familiar entre as crianças na escola tanto pública quanto privada que a ordem do dia nas universidades formadoras de professores é utilizar de conteúdos transversais dos mais básicos. Ou seja, enquanto se processa uma aula de matemática seria ideal que o professor pudesse colocar entre um capítulo e outro assuntos como filosofia, meio ambiente, trabalho, consumo (conteúdo transversal), mas acaba tendo que trabalhar quase que essencialmente assuntos como saúde, motivação, respeito, moral e ética.

Em comunidades mais carentes não se percebe nem a educação mais básica de todas: a higiene pessoal. Se as crianças não são educadas para cuidar do próprio corpo, como cuidar do meio ambiente ???!!! A sociedade necessita de educação urgente! E os políticos não precisam se preocupar, pois a educação está tão ruim que não vão correr o risco de criar pessoas críticas com votos conscientes. O povo brasileiro, muito carente de tudo, está muito longe disso. Precisam de conhecimentos básicos. Os conteúdos transversais estão cada vez mais simplistas, mostrando boas maneiras, higiene, lições de moral, motivação. Coisas que já deveriam vir para a escola pela educação na família.

A medicina avança, existem hospitais públicos de excelência. A engenharia avança com obras grandiosas no meio público: pontes e até mesmo usinas nucleares sem necessidade pelo risco que oferece. E a educação… coitadinha… não evolui. Salários defasados, escolas em péssimas condições; nas comunidades mais carentes as escolas são as menores, com poucas quadras de esportes e até mesmo poucas escolas.

Educação é o futuro. Educação é a cidadania viva em ação. Desenvolvimento sem Educação é crescer desgovernado, é destruição. Grande responsabilidade espiritual possui o Ministro da Educação, Governadores, Prefeitos e o Presidente por essa falta de investimentos e atenções. Que possam estar sendo iluminados para revolucionarem a educação brasileira! Mas enquanto isso, hoje, a carga é de cada um que está envolvido no processo educacional. Cada professor deve ter a sua missão profissional de desenvolver a sua revolução em sala de aula para que possa estar com sua consciência tranqüila por estar fazendo o seu melhor.

Com um pouco mais de educação poderíamos evitar as notícias abaixo publicadas no G1 dessa semana:

Portanto, verifica-se a grande responsabilidade dos nossos governantes políticos. Pois são os gerentes de recursos e produtores de ações para reverter a atual situação da educação brasileira. Lembramos os ensinamentos de Emmanuel através de Chico Xavier – nos explicando que não fazer o bem é uma prática do mal. Não basta evitar o mal ou não fazê-lo. Devemos com o máximo de nossas forças praticar, produzir sempre o bem. Não vou nem entrar nas conseqüências dos políticos que praticam corrupção, pois a consequência desses atos no plano espiritual é desastrosa para si próprio.

BRASIL MELHOR

Tomo a liberdade de publicar aqui abaixo o informativo do Sr. Reinaldo Cafeo que sintetiza toda situação do Brasil no momento com a queda do dolar:

Boletim por REINALDO CAFEO

Nº – 18/05/2007
___________________________________________________________________________

Câmbio: transformar ameaças em oportunidades

O indicativo em relação ao preço da moeda norte-americana é que não ultrapassará ao longo deste ano os R$ 2,00. Alguns cenários apontam, no curto prazo, para um piso de R$ 1,80, para em seguida voltar a se aproximar de R$ 2,00.

Se isso é verdadeiro, partindo do princípio que intervenções no mercado do câmbio por parte da autoridade monetária pouco ou nenhum efeito trará, chegou à hora de mudar o rumo da discussão.

Um país que consegue inflação abaixo de 4% ao ano; que tem a melhora de classificação de risco, a um passo de ser classificado no nível de investimento; que, dada à nova metodologia do cálculo do Produto Interno Bruto melhorou sua relação dívida/PIB; que possui uma democracia consolidada; enfim que demonstra possuir “robustez” econômica tem que aproveitar esse momento para avançar.

Se para os exportadores, notadamente os de setores mais competitivos, é impraticável um câmbio abaixo de R$ 2,00, afloram as deficiências internas. De um lado é preciso investir em produtividade. Muitas empresas já o fazem. De outro lado é setor público que precisa mudar.

O chamado custo Brasil, fruto da ineficiência interna, retira por completo a competitividade internacional. Carga tributária elevada, juros nas alturas, excesso de burocracia, leis trabalhistas ultrapassadas, sistema político ineficiente, são alguns exemplos dos pontos a atacar. Isso sem falar da necessária “revolução”
educacional.

Em resumo: se o câmbio nos patamares atuais pode representar ameaças, há por outro lado inúmeras oportunidades, que permitiriam, finalmente, sustentar nosso crescimento.

Reinaldo Cafeo – 44 anos, economista, professor universitário, pós-graduado em Engenharia Econômica, mestre em Comunicação. Atualmente, é Conselheiro do Conselho Regional de Economia – CORECON, consultor empresarial nas áreas econômico-financeira, diretor da Associação Comercial e Industrial de Bauru, perito habilitado para atuar em processos na Justiça do Trabalho e Cível (perícia econômico-financeira), vice-diretor da Faculdade de Ciências Econômicas, comentarista econômico da TV GLOBO e da 94fm Bauru e Diretor do Escritório de Economia ECONOMIA Online.

___________________________________________________________________________





Games Educativos – Desenvolvento o lúdico na aprendizagem

16 05 2007

Brasil Alegria Já critiquei neste blog os jogos violentos que existem hoje em dia. Mas qual a solução? Jogos educativos. Pelo menos com crianças na faixa de zero a 12 anos devemos utilizar de jogos sem violência para que a partir dos doze, possa procurar por si só o melhor. E digo zero porque hoje mesmo entrei em uma página muito interessante onde o professor Victor M. Sant´Anna ensina seu bebê a ler…

http://www.geocities.com/victorsantanna/alteduc.html

No link abaixo um download de um excelente jogo sobre números, cores em inglês:

http://baixaki.ig.com.br/download/Rays-Letters-and-Numbers.htm

Lista de jogos do infantis e educativos:

http://baixaki.ig.com.br/categorias/cat71_1.htm

http://www.matematicarlos.com.br/jogos_matematicos.htm

Programas educativos de matemática mais complexos nos links abaixo:

http://www.mat.ufrgs.br/~edumatec/software/softw.htm

http://www.matematicarlos.com.br/softwares.htm

Jogos diversos infantis:

http://sitededicas.uol.com.br/linkshr.htm

On-Line (pela internet):

http://www.mrjogos.com.br/games-gratis-online/Infantil/

http://www.matematicarlos.com.br/jogos_matematicos_on_line.htm

Lembre-se: Todas as crianças que surgem em nossas vidas são oportunidades de evoluirmos através de uma boa educação e bom exemplo transmitido aos pequeninos.

E quem não se recorda de como ficávamos felizes com aquele adulto que doava um pouco de tempo para uma brincadeira quando éramos criança? Portanto, não vale apenas colocar um joguinho novo ou mesmo comprar um video-game e não estar presente brincando junto ! O interessante e construtivo para a criança é justamente na parceria, no brincar com o incentivo do adulto, principalmente o ponto de referência das crianças – os pais.

————————-

Abaixo deixo umas dicas obtidas na internet – referência bibliográfica no final:

1

Dicas sobre como transformar as atividades de rotina em atividades de aprendizagem

2

Fale, ouça, leia, brinque. A aprendizagem começa com a rotina do dia-a-dia

3

As crianças iniciam a aprendizagem com o nascimento

4

A criança, a partir do momento em que vem ao mundo, começa a aprender sobre sua família, o ambiente que a cerca e a descobrir suas surpreendentes aptidões. À medida que cresce, toda experiência contribui para aumentar seus conhecimentos e sua autoconfiança.

5

Ao entrar para o jardim-de-infância, ela passa a aplicar tudo aquilo que aprendeu. A professora do jardim-de-infância a convida para ver livros, fazer desenhos, contar histórias e fazer novos amigos. A professora do jardim-de-infância observa e anota o progresso da criança – identificando aptidões que a ajudem a se sair bem na escola. Caso ela note a falta de alguma aptidão, planejará atividades que ajudem a criança a desenvolvê-la.

Como mãe ou pai, você pode ajudar seu filho a se preparar para ser bem sucedido na escola. Este folheto contém muitas atividades que podem fazer parte da sua rotina diária, e ajudar seu filho a progredir em áreas importantes do desenvolvimento, necessárias no jardim-de-infância.

– Desenvolvimento Pessoal e Social

– Linguagem e Aptidão Literária

– Desenvolvimento Cognitivo em:

– Raciocínio Matemático

– Raciocínio Científico

– Estudos Sociais

– As Artes

– Desenvolvimento Físico

Comece hoje, usando as seguintes sugestões de atividades.

6

Linguagem e aptidão literária

A linguagem e a aptidão literária englobam todas as aptidões que ajudam a criança a ler, escrever e a expressar suas idéias através da linguagem falada.

7

Você pode usar essas atividades para ajudar seu filho a desenvolver a linguagem e a aptidão literária

– Fale com seu filho desde o nascimento. Mesmo ainda bebê, a criança aprende os sons da linguagem e o ritmo da conversa.

– Responda quando seu filho começar a balbuciar as primeiras palavras. Ele está tentando aprender a falar e precisa do seu incentivo.

– Brinque com as palavras – as que rimam, expressões bobinhas, brincadeiras como “Lá vai uma barquinha carregada de…”

– Leia todos os dias para seu filho. Mesma na tenra infância, a criança tira grande proveito da intimidade da leitura diária, e de estar ouvindo novas palavras enquanto você mostra as ilustrações.

– Faça perguntas sobre os livros que lêem juntos, pergunte sobre as ilustrações e sobre o que acontece em seguida.

– Forneça o material necessário para que seu filho “escreva” listas, histórias e sinais, mesmo que não passem de simples rabiscos.

– Deixe seu filho falar e responder quando estiver com outras pessoas ao invés de falar por ele ou chamar sua atenção para que responda logo.

8

Desenvolvimento pessoal e social

O desenvolvimento pessoal e social inclui as aptidões necessárias para que a criança compreenda e saiba lidar com seus sentimentos, interagir com outras pessoas, e firmar-se como pessoa. O desenvolvimento pessoal e social da criança baseia-se no seu relacionamento com os pais e outras pessoas. Abrange o que a criança acha de si mesma, como se vê como aprendiz, e o seu senso de responsabilidade perante si e os outros.

9

Você pode ajudar seu filho a desenvolver suas aptidões pessoais e sociais

– Dê atenção ao bebê quando ele chorar. Isso faz com que seu filho sinta que é amado e o ensina a confiar em seus cuidados.

– Aproveite toda oportunidade que tiver para segurar e tocar seu filho com carinho. Fixe o olhar nele e fale suavemente. Isso ajuda a criar o vínculo de que a criança precisa para se sentir segura e estabelecer relacionamentos com outras pessoas.

– Incentive seu filho a tentar novas atividades, e comemore tanto a tentativa quanto um feito bem sucedido (dar os primeiros passos, alimentar-se sozinho, falar a primeira palavra, etc.).

– Mostre orgulho pelos esforços da criança, pendurando os trabalhos de arte na porta da geladeira ou na parede.

– Ajude seu filho a começar a compreender e controlar os sentimentos (depois de uma briga, etc.).

– Ajude-o a compreender como os outros se sentem.

– Ajude seu filho a solucionar problemas, fazendo perguntas pertinentes e deixando-o chegar sozinho à solução, ao invés de simplesmente dar a resposta.

10

Raciocínio matemático

O fundamental para a aprendizagem da matemática é saber entender os números, medidas, padrões e formas. As crianças precisam usar na prática esses conceitos básicos de solução de problemas para trabalharem com a matemática elementar.

11

Os pais podem ajudar os filhos a desenvolver o raciocínio matemático.

– Conte objetos durante os afazeres rotineiros; conte os dedos da criança durante o banho, os botões ou colchetes da roupa, e os passos quando andam juntos.

– Mostre a proporção de objetos, maiores ou menores que outros (livros, brinquedos, sapatos, etc.)

– Separe os objetos por cor ou tamanho – junte todas as meias azuis, ou todas as camisetas.

– Descreva um padrão: pergunte à criança o que vem a seguir em uma seqüência de cubos ou sobre o desenho de uma camiseta, ou um fio de contas.

– Use palavras descritivas, como “mais que” ou “menos que”, e palavras que indiquem posição, como “sob”, “embaixo”, “em cima”.

– Chame atenção para a forma dos objetos, como por exemplo, a caixa do leite é um retângulo e a borda da tigela forma um círculo.

– Mostre para seu filho, enquanto estiver cozinhando, como você usa instrumentos para medir, como xícaras e colheres. Meça a altura dele com uma fita métrica ou uma régua.

– Converse sobre a seqüência do que acontece durante o dia. “Depois do almoço iremos ao parque, e depois fazer compras”.

12

Raciocínio científico

O raciocínio científico envolve explorar o ambiente e aprender a importância de fazer perguntas. É preciso dar oportunidade para que as crianças investiguem o mundo através de observação, descrição, questionamento, formulação de explicações e de conclusões.

13

Você pode ajudar seu filho a desenvolver o raciocínio científico com estas atividades

– Saia para andar e comente sobre sons, cheiros e o que vêem.

– Deixe seu filho brincar na areia e na água.

– Fale sobre o tempo, incentive seu filho a prever as mudanças.

– Estimule seu filho a observar os animais de estimação, pássaros e outros animais, e converse sobre o comportamento deles.

– Ajude seu filho a aprender mais sobre plantas ou animais pelos quais ele mostra interesse.

– Traga objetos de fora para que ele examine, como pedras, folhas, flores e pinhas.

– Use lentes de aumento, binóculos e réguas para estudar os objetos.

– Desperte no seu filho o interesse em observar o movimento dos objetos, em prever o que flutua ou afunda, e aprender que, para virar gelo a água precisa congelar.

14

Estudos sociais

Os estudos sociais referem-se à forma como a criança compreende o mundo à sua volta. Eles começam a entender que são pessoas distintas, a reconhecer e apreciar as diferenças entre as pessoas e a reparar em outras culturas e no mundo que as cerca.

15

Você pode ajudar seu filho a desenvolver o conhecimento de estudos sociais

– Fale sobre as diferenças e semelhanças entre sua família e outras, quantos filhos um casal tem, suas alturas, idades, etc.

– Fale sobre o tipo de emprego que as pessoas da família têm.

– Ajude seu filho a fazer de conta que é alguém que conhece na comunidade, por exemplo, um professor, médico ou vendedor de loja.

– Leve-o às lojas do bairro e converse sobre a função das pessoas no supermercado, no sapateiro, na farmácia, etc.

– Estabeleça e converse sobre as regras da família, como a hora de ir para a cama ou as tarefas domésticas.

– Participe com seu filho de um mutirão de limpeza no bairro e explique porque é importante.

– Leve seu filho a lugares de interesse, como a biblioteca, museus ou lugares históricos e parques.

16

As artes

As artes incluem a participação da criança em dança, teatro, belas artes e música. Envolve a participação ativa da criança e aprender a dar valor ao que está vendo.

17

Você pode ajudar seu filho a desenvolver aptidão pelas artes com estas atividades

– Cante para seu filho. Acompanhe o ritmo batendo palmas.

– Toque música e incentive a criança a dançar e acompanhar cantando.

– Ofereça instrumentos (colheres de madeira, panelas e potes de plástico) para a criança acompanhar o ritmo da música.

– Forneça vários tipos de material de desenho para seu filho usar todos os dias. Peça para ele falar sobre a arte que criou.

– Ajude seu filho a representar sua história preferida, representando os vários personagens.

– Leve seu filho a eventos musicais, apresentações de dança e amostras de arte; muitos são oferecidos gratuitamente pelos centros comunitários, igrejas, feiras e festivais ao ar livre, desfiles e shopping centers.

18

Desenvolvimento físico e saúde

O desenvolvimento físico e a saúde incluem aptidões como segurar um lápis para desenhar e escrever, correr e pular, e saber como ficar longe do perigo e ser sadio.

19

Você pode ajudar seu filho com o desenvolvimento físico e a saúde.

– Jogue bola com seu filho – agarrar, chutar e arremessar a bola.

– Tenha sempre uma variedade de brinquedos pequenos com que a criança possa brincar, como cubos e Legos, peças de encaixar em um tabuleiro, quebra-cabeças que vão ficando mais difíceis.

– Forneça material de arte para que a criança pratique cortar, colar, pintar e desenhar.

– Dê mais tempo para que seu filho termine as tarefas sem ajuda, por exemplo, tempo para lavar as mãos ou vestir o casaco ou atar o cordão dos sapatos.

– Deixe que seu filho ajude nos afazeres domésticos, de acordo com a sua capacidade, como por exemplo, pôr a mesa, pegar o pão para o almoço ou recolher a roupa para lavar.

– Ensine seu filho a fazer um laço – no cordão do sapato ou na fita de um embrulho para presente.

– Coma alimentos saudáveis com seu filho, e explique quais são os alimentos saudáveis e os que não são.

– Ensine seu filho a lavar as mãos e a escovar os dentes.

20

… e, o que é mais importante, elogie seus esforços. Seu apoio servirá de incentivo para que ele explore, questione, goste e aprenda.

Para conferir a variedade de materiais disponíveis através dessas organizações, visite a página na web http://www.countdownMD.org ou ligue para o número gratuito 1-866-752-1614. A página na web fornece informações sobre o preparo da escola, seleção de atendimento infantil, avaliação dos jardins-de-infância e sobre atividades que os pais podem praticar para promover a aprendizagem da criança pequena.

Countdown to Kindergarten: Learning Begins at Birth

Maryland’s Early Childhood Public Engagement Campaign

608 Water Street

Baltimore, Maryland 21202

http://www.countdownMD.org

© 2004 Maryland Committee for Children

Ilustrações: © 2004 Bonnie Matthews

————————-

BRINQUEDO É COISA SÉRIA

A brincadeira tem significados importantes para as crianças.
Na brincadeira, a espontaneidade da criança se faz muito importante.
Não se deve conduzir, portanto, a brincadeira, nem aguardar que a criança utilize os brinquedos que se compre como o fabricante prescreveu.
Dar um brinquedo significa dizer a ela que temos plena certeza de que ela o utilizará adequadamente. É atestado de confiança na sua capacidade.
Equivocamo-nos quando desejamos que nosso filho brinque do jeito que se espera.
Afinal, a sua criatividade é que determinará a melhor maneira de utilizar o que lhe estamos oferecendo.
Como nossos filhos têm, muitas vezes, tendências à agressividade, cumpre não cultivá-las ainda mais.
A escolha do brinquedo é de suma importância.
Brinquedos-armas podem funcionar como agentes indutores de descerramento de valores no plano da memória inconsciente.
Se dermos um brinquedo-tanque motivaremos a criança a vivenciar o clima de guerra; o brinquedo-metralhadora é símbolo de morte; brinquedo-cassetete impulsiona à violência; brinquedo-baralho induz ao vício.
Mas o brinquedo-trator estimula à produção, ao trabalho. O brinquedo-instrumento cirúrgico motiva à valorização da vida.
O brinquedo-ambulância fala da solidariedade. O brinquedo-letras ou números lhe exercitará a inteligência.
Na mesma linha de pensamento, interpretar com leviandade a brincadeira dos pequenos é desconsiderar-lhe a importância.
Assim, quando o filho atinge o pai com o revólver de brinquedo e o pai toma atitude do atingido, que depois se ergue e prossegue a agir, a criança não está aprendendo o que significa “matar”.
Está afirmando o pai que ela não está sendo levada a sério.
Atitude correta é o pai, ao receber os tiros, dizer-lhe que se for morto, não poderá mais providenciar o pão à mesa, nem pagar o sorvete, ou levá-la a passear.
Esta é atitude coerente. Nem sermões. Nem agressão de volta.
Fazer com que a criança perceba que, se o pai levar o tiro, não continuará presente. Aprendizado que se torna positivo.
Tornemos a lembrar que Jesus determinou: “Deixai vir a mim as criancinhas, e não as impeçais, porque delas é o Reino dos Céus”, e não nos permitamos, por pura invigilância, distrair-lhes as mentes com falsas alegrias, sufocar-lhes as virtudes.
Não lhes coloquemos os pés na areia movediça da perturbação.

Você sabia?

…que os filhos são programados na esfera espiritual, antes da reencarnação?
E que nessa programação são levadas em conta as questões crédito-débito, decorrentes das encarnações anteriores?
E que os deveres dos pais em relação aos filhos estão inscritos na sua consciência?

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 17 do livro Uma vida para seu filho, de Bruno Bettelheim, ed. Campus e no texto Dê brinquedos educativos aos seus filhos, da Revista O Espírita, de out/dez. 96.

========================

Que no dia das crianças todos possamos contribuir de alguma forma na formação de todas as crianças que estão acessíveis a nós, utilizando de firmeza nos valores para educar ,mostrando o certo e o errado – e principalmente participando da vida dos pequeninos !

http://www.portaldafamilia.org/datas/criancas/diadascriancas.shtml





Bases para nossa Reforma Íntima

15 05 2007

A maior dificuldade para se fazer a tão falada Reforma Íntima é justamente saber o que devemos nos reformar – o que está de errado em nós? A partir daí então, devemos passar para outra grande dificuldade que é praticar a Reforma em nossa personalidade, em nosso modo de agir e até mesmo no pensar.

Porém essa semana em uma vídeo-palestra de Raul Teixeira pela Federação Espírita do Paraná consegui um roteiro para nossa reforma íntima:

1) Falar sempre de forma INATACÁVEL;

2) Não tomar nada como pessoal;

3) Não fazer suposições ;

4) Fazer o melhor que pudermos com o máximo de nós.

Parece simples, mas não é:

Quantas vezes não comentamos sobre alguém, atacando aquela pessoa com suas más características, más tendências ou condutas; quantas vezes não agredimos diretamente o próximo, geralmente um familiar ou companheiro?

Quantas vezes recebemos críticas que poderiam ser usadas para o nosso melhoramento e levamos para o lado pessoal ficando ainda magoado com aquela pessoa.

Quantas vezes criamos suposições a respeito das pessoas e quando verificamos é algo totalmente diferente.

Quantas vezes deixamos a preguiça adiar projetos, ou entramos em atividades sem a dedicação merecida resultando fracassos profissionais e pessoais!

Independente de crença somos convidados para nossa evolução diariamente em nossas relações na família e no trabalho. Exerçamos nossas vivências diárias para benefício próprio, não atacando ninguém de forma verbal, não tomando nada como pessoal, sem fazer suposições, fazendo sempre o melhor que pudermos sem ultrapassar nossos limites.

“Ante as dificuldades do cotidiano, exerçamos a paciência, não apenas em auxílio aos outros, mas igualmente a favor de nós mesmos.” (Emmanuel. Livro Encontro Marcado.)

LINKS:

http://www.raulteixeira.com/

http://www.feparana.com.br/

Apontamentos:

  • Reforma Íntima – Ato de busca da elevação moral do indivíduo promovido pelo próprio ser.
  • Orgulho – Defeito muito grave de difícil auto-detecção. Geralmente ocorre quando somos intolerantes e não aceitamos nenhuma crítica ou quando revidamos uma agressão para não ouvir comentário do tipo “o que os outros irão pensar se eu não revidar”, por exemplo.
  • Egoísmo – O Maior dos defeitos. Deriva-se dele a maioria dos outros defeitos da humanidade. Dificulta muito a nossa posição mental de estarmos “no lugar do próximo” para diante de nossas ações verificar se agimos corretamente, dentre outras.
  • Religiões – A maior virtude de uma Religião seria promover o melhoramento individual de cada seguidor, fazendo cada um levantar a sua espada contra seus próprios defeitos.

Reforma íntima

R iqueza de atitudes boas
E studo sobre si e o próprio caráter
F erramentas de luz e amor em cada gesto
O ração e vigilância constantes
R esistência ás tentações
M entalização do belo e do que é bom e positivo
A mor a si mesmo

I ntimidade em resguardo das sombras
N ecessária compreensão do que significa o próximo
T rabalho de renovação de valores
I nteriorização do bem em substituição ao mal
M ovimento seguro na direção da luz
A mor, agora, ao próximo

Ademário da Silva


 

Adicionando:

 

VINTE EXERCÍCIOS

Executar alegremente as próprias obrigações.

Silenciar diante da ofensa.

Esquecer o favor prestado.

Exonerar os amigos de qualquer gentileza para conosco.

Emudecer a nossa agressividade.

Não condenar as opiniões que divergem da nossa

Abolir qualquer pergunta maliciosa ou desnecessária.

Repetir informações e ensinamentos sem qualquer azedume.

Treinar a paciência constante.

Ouvir fraternalmente as mágoas dos companheiros sem biografar nossas dores.

Buscar sem afetação o meio de ser mais útil.

Desculpar sem desculpar-se.

Não dizer mal de ninguém.

Buscar a melhor parte das pessoas que nos comungam a experiência.

Alegrar-se com a alegria dos outros.

Não aborrecer quem trabalha.

Ajudar espontaneamente.

Respeitar o serviço alheio.

Reduzir os problemas particulares.

Servir de boa mente quando a enfermidade nos fira.

O aprendiz da experiência terrena que quiser e puder aplicar-se, pelo menos, a alguns dos vinte exercícios aqui propostos, certamente receberá do Divino Mestre, em plena escola da vida, as mais distintas notas no curso da Caridade.

pelo Espírito Scheilla – Do livro: Ideal Espírita, Médium: Francisco Cândido Xavier – Espíritos Diversos.






De bruxa a Santa Joana d´Arc e o Papa Bento XVI

9 05 2007

G1 Há exatos 87 anos Joana D’Arc é canonizada. Francesa lutou entre homens e foi queimada viva na fogueira. Relembre a história da heroína que virou santa há 87 anos (links abaixo).G1

Vale a pena conferir o vídeo disponível no G1 sobre Joana D´Arc:

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL33501-5602,00.html

ou link para colar direto no mediaplayer:

http://playervideo.globo.com/webmedia/GMCMidiaASX?midiaId=673681|banda=N|ext.asx

Aproveitando convido a todos os leitores ao estudo que estou desenvolvendo neste blog sobre a História de Joana d´Arc ditada por ela mesma. Com uma passagem curta, pois nasceu em 06 de Janeiro de 1412 e foi queimada na fogueira com apenas 19 anos em 30 de Maio de 1431 – porém com feitos grandiosos.

Também gostaria de fazer um reflexão aproveitando a visita do Papa Bento XVI ao Brasil:

Papa - fonte G1 Papa Bento XVI e a Igreja Católica Romana.

Coincidências! Devemos ter atenção a elas. Portanto pessoalmente como ex-católico gostaria muito de ver a Igreja Católica renascendo, renovando e atualizando principalmente suas missas – o principal elo com as pessoas. Nessa visita do Papa Bento XVI exatamente no dia em que Joana d´Arc foi elevada ao título de Santa pela Igreja devemos refletir sobre isso.

Vejam que convite Jesus está fazendo a Igreja Católica nesse momento ! Pois quem foi Joana d´Arc? Foi um grande médium com uma missão importantíssima. Possuía a capacidade de ver os espíritos muito elevados que a guiaram em sua missão – “anjos”. A Igreja portanto com a canonização de Joana d´Arc admite a existência de espíritos e de médiuns. Tudo bem que a nomenclatura é diferente. Mas o importante é aproveitar todos os ensinamentos Espíritas que existem na atualidade, nos livros publicados através de médiuns consagrados como o Chico Xavier, e aplicá-lo.

Desde como evangelizar, como criar uma casa Espírita, como doutrinar, as leis do universo, do perdão, as explicações profundas das palavras de Jesus, tudo isso e muito mais – aplicando nas possibilidades da Igreja. Católicos, não quero que mudem de religião, apenas que consultem os ensinamentos que Jesus enviou, através do Espírito da Verdade doutrinado no Livro dos Espíritos por Allan Kardec e outras grandiosas obras do nosso Chico Xavier.

Entendamos o que significa amar vossos inimigos, mostrar a outra face, por que não matar, e todos as interrogações dos nossos sofrimentos de nossas vidas. O Espiritismo é a Terceira Revelação codificada por Allan Kardec por métodos científicos para que possamos evoluir com nossa fé calcada na lógica e no raciocínio crítico.

Assim a missa poderá ter um local para evangelização das crianças separado dos adultos. O momento de sermão do Padre poderá se estender por toda a missa, as leituras repetidas podem ser simplesmente excluídas em nome das palavras de amor inspiradas por cada um e pelo Padre naquele momento, e o perdão será pelas nossas boas ações mudando o sentido para o bem da balança de nossas consciências e não apenas por um gesto e orações repetidas. Com nos diz Emmanuel em psicografia de Chico Xavier “…Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”

Se o problema é acreditar em reencarnação, me respondam uma pergunta: Se Deus é tão justo e bom, por que nascem pessoas deficientes de pais muito saudáveis e sem problemas genéticos algum desde os primórdios? Por que nascem pessoas em famílias na miséria e outros em famílias riquíssimas? Por que uns nascem feios e até deformados enquanto outros lindos, de olhos azuis e corpos esculturais? A nova mensagem de Jesus pelo Espírito da Verdade responde isso – Pela nossas ações em vidas passadas. Pela Lei da ação e reação, quem nasceu feio – aproveitou a beleza no passado de forma errada, quem é deficiente mental – pode ter retirado vidas no passado, quem é miserável – são aqueles corruptos políticos que tanto nos aflige, e por ai vai. Toda ação possui uma reação, nem que seja no futuro, em uma próxima vida – a nossa chance de quitarmos nossas dívidas. Por isso muitos espíritas nos dizem que a Terra é um grande hospital e escola de almas em evolução. Portanto quem nessa vida possui alguma deficiência – fique feliz por estar pagando pelo que fez no passado e tenha fé, pois na próxima vida terá outra chance com saúde!

Logo, torço muito para uma Igreja Católica possa crescer para melhor, transmitindo e evangelizando com muita sabedoria as palavras de Jesus.

Link sobre AÇÃO E REAÇÃO:

http://www.espirito.org.br/PORTAL/ARTIGOS/ORSON/acao-e-reacao.html

Na coluna direita dos links convido a todos a fazerem downloads de livros espíritas, mensagens, audios e etc.

Sucesso a todos.

“Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.”

Jesus Cristo – por João 15,26