Fé contra o estresse

15 08 2007

stress Ao assistir uma palestra sobre estresse no meu grupo, comecei a fazer um pequeno resumo esquematizando do que era dito pelo palestrante ao mesmo tempo complementando com pensamentos próprios. Segue resume então:

Existem dois tipos de estresse. Um negativo outro positivo.

O estresse positivo é normal, motivador, produtor de ações consistente. Mesmo sob pressão não causa mal se canalizado corretamente com alegria e controle. As reações físicas, como o aumento da pressão arterial, batimentos cardíacos, nervosismo é controlada com o foco na fé, no otimismo, na confiança, na alegria de fazer, no prazer. A energia física portanto é totalmente canalizada para a atividade com afinco. O produto final é recompensador e motivo de mais alegria. A pessoa para agir dessa forma possui as seguintes características: perdoa facilmente, paciente, possui fé, alegre, com auto-estima alta, tem metas bem definidas, procura sempre se organizar, e em caso de ambiente profissional – estar no lugar correto e possui vocação para a atividade que se dispõe a praticar.

O estresse negativo é uma anormalidade, atrapalhando a produção de ações e conseqüentemente do produto final objetivado. As reações físicas são descontroladas e constantes gerando ansiedade, preocupação, medo, desordem mental e física. Não há canalização dessa energia descontrolada e negativa acumulando e causando doenças e desgaste físico e mental. O produto final é falho e até mesmo nulo. A pessoa que possui o estresse negativo necessita urgentemente de uma auto-avaliação e de reforma íntima. Possui características negativas afloradas, como a auto-estima baixa, dificuldade em perdoar, falta de fé, descontrole emocional e ainda orgulhosa muitas vezes em não admitir a si mesmo seus defeitos. Ainda não possui uma meta de vida bem definida, causando muitas dúvidas e insegurança nas ações.

Como solução básica listamos aqui algumas sugestões:

1) “Conheça-te a ti mesmo”, com nos dizia Sócrates. Busque em si seus dons, tendências boas para desenvolver e acertar na vida e tendências negativas para corrigi-las.

2) Viva o aqui e agora sempre com fé e certeza que estará sempre amparado pelo plano espiritual no desenvolvimento e ação de tarefas construtivas.

3) Tenha uma meta de vida bem definida, escrita como um diário e suas ações a cada dia para alcançá-la.

4) Desenvolva a paciência, pois muitos acontecimentos estressantes são provas que devem ser superadas.

5) Tenha seu limite bem definido e sua capacidade igualmente sábia para evitar dar “saltos maiores que a perna”.

6) Esforce-se para não guardar sentimentos e praticar a comunicação clara e sempre em todas as situações, evitando dúvidas. A dúvida é geradora de ansiedade, preocupações e medos.

7) Se trabalha em uma atividade que não goste, apenas pela necessidade, e o que tem vocação não é rentável, não desista dos sonhos. Busque desenvolver em paralelo o que tem prazer como um hobby mesmo que em poucos minutos diários. Toda ação gera reação.

8) Pratique caridade, uma palavra consoladora, doar seu tempo a uma conversa, a uma pessoa solitária, uma atenção muitas vezes vale mais que dinheiro.

9) Coloque-se sempre no lugar do próximo em suas ações.

10) Eleve o pensamento acima dos problemas materiais, pois como nos diz Maria, mãe do nosso Mestre Jesus: Tudo passa.

Portanto aqui está mais um item que devemos controlar em nossa reforma íntima: a nossa fé ao combate do estresse ao serviço do controle emocional.

Sucesso a todos !

Anúncios

Ações

Information

3 responses

10 09 2009
Francisco Vilton

olá eu, particularmente achei muito sabio esse texto paraben

3 11 2009
Sara

As vezes tento mas nâo consigo

4 11 2009
Claudinho

O controle do estresse é uma atitude aliada a nossa própria reforma íntima, por isso a grande dificuldade. Criar um controle pessoal de nossas próprias atitudes necessita muita dedicação, persistência e paciência. E as mudanças de atitudes são mais duras ainda, mas necessárias para nosso próprio bem estar.
Ninguém chega ao topo sem o esforço da subida. Evitando saltos para não tropeçar, de degrau em degrau, chegamos lá.

VERBOS CRISTÃOS

Esperar sem revolta.

Sentir sem maldade.

Conhecer sem desprezar.

Cooperar sem desajustar.

Melhorar sem exigir.

Perseverar no melhor sem esmorecer.

Silenciar sem desajudar.

Servir sem escravizar-se.

Ensinar sem ferir.

Viver buscando a luz sem a aflição no fim.

Progredir constantemente sem deixar de ser simples.

pelo Espírito André Luiz – Do livro: Visão Nova, Médium: Francisco Cândido Xavier – Espíritos Diversos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: