Vigilância

12 11 2007

“Escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal na Operação Furacão teriam flagrado pedido do ministro Paulo Medina, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), aos examinadores do concurso para que aprovassem o candidato Leonardo Bechara Stancioli, seu parente.”
http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2007/04/25/materia.2007-04-25.4071003895/view

“Suspeitas de quebra de sigilo e fraude para beneficiar filhos, noras, genros e sobrinhos de desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro poderão anular o concurso público para juiz no estado.”
http://conjur.estadao.com.br/static/text/53720,1

“O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) entregou hoje ao secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, um relatório sobre o caso de doping da nadadora Rebeca Gusmão. O caso, agora, deve ser investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde Pública.”
http://www.atarde.com.br/esporte/noticia.jsf?id=805456

Todos nós brasileiros devemos ter muito mais vigilância no campo das ações profissionais e materiais. O brasileiro está acostumado com a propaganda da impunidade, com a propaganda de bandidos que se dão bem, com políticos que roubam e não são punidos, com a publicidade do “jeitinho brasileiro”!
Esquecem, porém, que toda ação possui reação. Ou seja, toda ação negativa – invariavelmente recebe de volta uma reação igualmente negativa, seja no dia seguinte, no ano seguinte, ou até mesmo numa reencarnação seguinte…

Vale dizer que, se não acredita em reencarnação reflita na seguinte questão: Se Deus é tão bom para todos, como nascem pessoas em família ricas e outras em famílias paupérrimas? Como umas nascem com deficiências físicas e outras com grande perfeição e beleza? Resposta dada pelas ações dos indivíduos em vidas passadas sendo refletidas no nascimento da próxima vida. (lei da ação e reação)

Mas voltando ao assunto, devemos nos vigiar nas ciladas que a vida pode apresentar como forma de conseguir algo de maneira mais fácil. Não apenas grandes erros – como desvios de verbas públicas, mas em atos corriqueiros do dia-a-dia como o “furar fila”, dirigir com imprudência, adulterar algum documento, comprar documentos e títulos, falsificar carteiras estudantis, e outras pequenas “corrupções” do dia-a-dia.

Assim procedendo, mesmo que não sejam descobertos os “jeitinhos”, estamos certamente nos compromentendo na lei da ação e reação.

Além disso, invariavelmente estaremos prejudicando alguém com esses “jeitinhos”. Assim procedendo estamos nos comprometendo de forma carmática com as pessoas prejudicadas e obrigatoriamente iremos pagar por isso.

Não é tarefa fácil evitar e resistir a essas pequenas “corrupções” do dia-a-dia. A sociedade brasileira aliada com a impunidade judicial acaba por incentivar-nos a sua prática. Porém temos que começar a ter orgulho, no sentido benéfico da palavra, de buscarmos ser absolutamente honestos e conscientes de nossos atos.
Estejamos sempre nos questionando:

_ O que faço é correto, honesto e ético?
_ Estou prejudicando alguém com minha atitude?
_ O que estou fazendo, gostaria que fizessem comigo?
_ Quando morrer vou lembrar dessa atitude com medo ou receio ou estou em paz comigo mesmo?

Lembramos uma pergunta de Allan Kardec feita ao Espírito da Verdade no Livro dos Espíritos na questão 922:

“922 – A felicidade terrena é relativa à posição de cada um; o que basta à felicidade de um faz a infelicidade de outro. Existe, entretanto, uma medida de felicidade comum a todos os homens?

– Para a vida material, é a posse do necessário; para a vida moral, a
pureza da consciência e a fé no futuro.”

Que tenhamos a força moral de dizer NÃO as oportunidades fraudulentas que surgem como PROVAS do verdadeiro sucesso em nossas vidas!
1 Não queiramos encontrar no plano espiritual todas as pessoas que prejudicamos – nos cobrando reparação !

Anúncios

Ações

Information

One response

12 06 2009

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: