“Livro dos Espíritos” – uma leitura de vital importância neste Natal.

24 12 2007

Neste Dia de Nascimento de Jesus (prefiro assim já que Natal está ultimamente como sinônimo de presentes, comidas, bebidas e excessos) essencialmente devemos nos reunir em nome de Jesus em orações e estudos para que nosso lar esteja com muita luz. E o “Livro dos Espíritos” há poucos 150 anos nos trás em palavras francas e diretas as explicações das mensagens de amor que Jesus nos trouxe há 2000 anos.

Assim fica o convite para o aprofundamento cristão com a leitura do “Livro dos Espíritos”. Sua análise e estudo sério deve ser missão de cada um de nós, mesmo que seja para criticá-lo. E buscando anular todas as dúvidas que poderiam ser colocadas em questão uma matéria no Reformador de Julho de 2007 de Alexandre Fontes da Fonseca em especial me chamou a atenção em homenagem aos 150 anos do Espiritismo: “Uma análise matemática do Método do Controle Universal do Ensino dos Espíritos”

Nada mais do que uma excelente explicação da metodologia que Allan Kardec usou para que o “Livro dos Espíritos” e toda sua obra tivesse garantia absoluta de autenticidade espiritual.

Afinal por que deveríamos acreditar que o conteúdo dessa obra não foi mera criação e invenção dos médiuns ? Quem garante que realmente é de conteúdo espiritual? Como Allan Kardec teve certeza que o conteúdo seria obra inteiramente dos espíritos e não da imaginação de cada médium utilizado?

Bem nessa reportagem está a resposta. Infelizmente é praticamente impossível fazer um resumo completo. Posso assegurar pela leitura porém, que matematicamente pela utilização de mais de 11 médiuns na elaboração do Livro dos Espíritos resultam em segurança de probabilidade real do conteúdo, visto que uma mesma pergunta era feita a cada um desses médiuns, que se localizavam em lugares distintos e as respostas eram colocadas lado a lado para finalmente serem aprovadas. Como podemos verificar nas próprias palavras de Allan Kardec no Evangelho Segundo o Espiritismo no 9° parágrafo do item II da Introdução e no Livro dos Médiuns na nota do item XXVIII, cap. XXXI:

“Uma só garantia séria existe para o ensino dos Espíritos: a concordância que haja entre as revelações que eles façam espontaneamente, servindo-se de grande número de médiuns estranhos uns aos outros e em vários lugares.”
“A melhor garantia de que um princípio é a expressão da verdade se encontra em ser ensinado e revelado por diferentes Espíritos, como o concurso de médiuns deversos, desconhecidos uns dos outros e em lugares vários, e em ser, aos demais, confirmado pela razão e sanionado pela adesão do maior número..”

O Reformador é uma Revista de Espiritismo Cristão mensal fundada em 21 de janeiro de 1883 e para conseguir sua assinatura basta enviar um e-mail para <assinaturas.reformador@febrasil.org.br> a custo anual de R$ 35,00 apenas.

Quem quiser essa matéria completa envie um comentário e informe o e-mail para poder enviar o texto integralmente.

Bons Estudos !

Download do Livro dos Espíritos:

Download Livro dos Esp�ritos