A Paixão de Cristo por Mel Gibson

14 01 2008

Jesus O filme A Paixão de Cristo talvez seja o mais importante filme já feito sobre a vida de Jesus. Apesar de mostrar apenas o seu martírio em suas últimas horas, o filme possui “flashs” em que os envolvidos no momento lembram de passagens da vida de Jesus.Pessoalmente, três trechos do filme me marcaram muito: quando Maria tenta socorrer Jesus na cruz com “flashs” de sua infância; a traição-arrependida de Judas (nosso homenageado neste blog) e quando Jesus anuncia a vinda no futuro do Consolador, do Espírito da Verdade, onde suas palavras não seriam mais ditas através de parábolas, mas diretamente explicada com bases científicas e filosóficas: O ESPIRITISMO.

O arrependimento de Judas ficou muito claro, pois ele o entregou pensando que Jesus iria reagir e com todos os seus poderes iria arrasar com exércitos e reis para tomar o que seria de seu direito. Infelizmente Judas não “captou a mensagem”, pois o reino de Jesus não é deste mundo, não é material e sim espiritual.

E também fica evidenciado na mensagem de Jesus a certeza da vinda futura do Espiritismo – o Consolador. Diga-se que toda obra Espírita originou-se do plano espiritual, sendo a obra principal ( O Livro dos Espíritos) organizada e codificada por Allan Kardec – utilizando vários médiuns de locais diferentes onde as mesmas perguntas eram feitas ao Espírito da Verdade e comparadas para sua exata precisão e veracidade. Creio que esse filme seja um convite para uma análise dessa obra que recebemos há apenas 150 anos. Assim consta nessa publicação o download no link ao final.

JOÃO 16,7 – “Todavia, digo-vos a verdade, convém-vos que eu vá; pois se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. “

JOÃO 15,23 – “Quando vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que do Pai procede, esse dará testemunho de mim;”

Portanto, com certeza o filme A Paixão de Cristo é imperdível seja qual for a ideologia pessoal de cada um.

Anúncios