Financiamento da Casa Própria pela Caixa e ajuda pela oração !

12 09 2009

Muito comum nos dias de hoje o financiamento da casa própria via Caixa Econômica Federal ou outro banco com o mesmo tipo de financiamento. Com juros na faixa de 9 % ao ano (setembro/2009) temos opçoes de divisão até em 360 parcelas (30 anos).

Mas fica a pergunta: Como saber se podemos realmente iniciar um financiamento desse porte?

Existe uma simulação no site em que colocamos o valor do bem a ser comprado e o sistema informa o valor das parcelas e o valor da entrada. O Link para essa simulação está abaixo:

http://www8.caixa.gov.br/siopiinternet/simulaOperacaoInternet.do?method=inicializarCasoUso

Geralmente para se obter um financiamento de R$ 100.000,00 deve-se entrar com R$ 20.000,00 gerando parcelas na faixa de R$ 800,00. Nesse momento é comum verificar a grande dificuldade de muitos obterem o valor da entrada, mesmo que reduzindo o valor do imóvel para menos. Contudo quanto maior o sinal melhor seria, pois as parcelas podem ser menores ou em menos tempo o financiamento.

Um planejamento orçamentário nesso momento é de grande importância. Talvez a melhor estratégia inicial seria poupar o valor da parcela durante alguns anos para abrir um montante de entrada, e dessa forma, simular na prática como seria viver sem essa parcela que deveria ser paga ao banco caso o financiamento existisse.

Tendo sucesso nessa prática, certamente já teria um passo prático importante na aquisição da casa própria.

Mas não se deve parar por ai, pois o trabalho honesto e bem feito certamente gera boas reações como um aumento da renda.

Contudo muitos nesse caso, sem motivação, começam a orar pedindo a Deus uma casa própria sem mais nenhum esforço para realizar esse sonho. Ou ainda por falta de conhecimento, persistem em orações por bens materiais que muitas vezes não sabemos se realmente merecemos por isso. Assim como orar ?

Quem tem algum conhecimento espiritualista sabe que nunca estamos sozinhos, que temos “protetores invisíveis” encarregados por cada um de nós nesse mundo. Contudo devemos ter sintonia com eles para poder melhor recebermos todos os benefícios vindo do alto.

Assim com uma fé raciocinada por estudos em fontes criadas em bases científicas acabamos por desenvolver uma fé muito concreta no abstratismo do invisível podendo orar com muita certeza.

Pode-se verificar isso na pergunta 470 da obra “Livro dos Espíritos” de Allan Kardec onde se tem uma importante mensagem relativo ao emprego da oração para nos livrarmos de companhias espirituais menos elevadas e passarmos a estar afinados com nossos protetores:

479. A prece é meio eficiente para a cura da obsessão?

“A prece é em tudo um poderoso auxílio. Mas, crede que não basta que alguém murmure algumas palavras, para que obtenha o que deseja. Deus assiste os que obram, não os que se limitam a pedir. É, pois, indispensável que o obsidiado faça, por sua parte, o que se torne necessário para destruir em si mesmo a causa da atração dos maus Espíritos.”

Ou seja, a oração é certamente um eficiênte pedido de socorro. Contudo temos algumas indicações de como devemos proceder para receber o auxílio devido:

1) Praticar a caridade, dedicar o tempo em uma atividade útil a sociedade, trabalhar produtivamente, não esperar as coisas acontecerem, mas sempre agir e buscar fazer o necessário para atingir o objetivo.

2) Identificar em nós mesmos, nossos defeitos e más tendências – que são portas abertas para companhias espirituais menos louváveis. Quem não tem um defeito? Todos somos ainda muito longe da divinidade. Contudo devemos sempre buscá-la. A reforma íntima seria exatamente esse processo de auto-correção.

Abaixo deixo um vídeo do médium Divaldo Franco sobre o poder a oração na vida da mãe Mônica com relação ao seu filho Agostinho (Santo Agostinho) e posterior explicação de como orar corretamente:

Assim oremos, contudo aliando ação prática do trabalho produtivo a mudança de condutas para o bem comum.

Certamente muitas coisas que pedimos pode simplesmente não acontecer. Mas não é por culpa dos Deuses, de Jesus ou dos nossos protetores, mas por nossa simples culpa. Pois em relação ao bens materiais temos a lei da causa e efeito gerando merecimento futuro.

Tudo o que praticamos em ações irá refletir em nós mesmos no futuro. Assim tudo o que nos acontece de bom ou ruim são reações de nossas práticas em vidas passadas. Quem praticou da corrupção ou exploração em vidas anteriores, nessa vida certamente está tendo muitas dificuldades monetárias… Mas como não temos como saber o que praticamos em vidas anteriores é nosso dever nos esforçar o máximo em todos os momentos, orar para estarmos em boas companhias espirituais e praticar a caridade para alançar o perdão. (é dando que se recebe…)

Desejo que Deus ilumine a todos.

LINKS:

Provas da reencarnação:

https://joanadarc.wordpress.com/2008/11/17/provas-da-reencarnacao/

Mecanismos do perdão – Lei a ação e reação:

https://joanadarc.wordpress.com/2008/07/18/os-mecanismos-do-perdao/

Livro dos Espíritos – Download:

http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/les/o-livro-dos-espiritos.pdf

Anúncios