Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade – Jesus.

14 04 2012

Religião é Ação na Caridade...

Por acaso essa semana me deparei com um Blog no qual defendia a missa em Latin no Brasil. Intrigado com esse fato comecei a refletir sobre as religiões, filosofias, e como é importante uma constante autocrítica diante da força de uma sociedade formada.

 Nesse contexto nada mais razoável que busquemos a palavra do Mestre Jesus para nos aconselhar nessa reflexão.

_ Afinal, estou na religião de melhor proveito…

Aquela que leva seus seguidoras a produzir boas ações dentro da caridade social – Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.

_ Como saber se estamos no caminho errado…

Pelas ações que praticamos e pelas ações dos grupos a qual estamos ligados. Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo.

_ Como descobrir se as atitudes, procedimentos e rituais ensinados são realmente úteis…

Pela utilidade que resultam nas pessoas e para a sociedade. E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.

_Como saber se estamos fazendo o certo…

Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

E diante do mal já praticado somente o amor na forma da caridade para resgatá-los. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados.

_ Diante do materialismo como proceder…

Para a vida material a felicidade relativa está na posse do necessário; para a vida moral, a pureza da consciência e a fé no futuro.

 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

Sendo assim finalizo esse convite a reflexão com as quatro primeiras questões do Livro dos Espíritos, onde Allan Kardec formula ao Espírito da Verdade (Jesus) a seguinte pergunta…

1 ) O que é Deus?

– Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas.

 2 ) O que devemos entender por infinito?

– O que não tem começo nem fim; o desconhecido; tudo o que é’ desconhecido é infinito.

3) Poderíamos dizer que Deus é infinito?

– Definição incompleta. Pobreza da linguagem dos homens, que é insuficiente para definir as coisas que estão acima de sua inteligência.

 ( Deus é infinito em suas perfeições, mas o infinito é uma abstração. Dizer que Deus é infinito é tomar o atributo2 de uma coisa por ela própria, é definir uma coisa que não é conhecida por uma outra igualmente desconhecida.)

4. Onde podemos encontrar a prova da existência de Deus?

– Num axioma que aplicais às vossas ciências: não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo o que não é obra do homem, e a vossa razão vos responderá.

(Para acreditar em Deus, basta ao homem lançar os olhos sobre as obras da criação. O universo existe, portanto ele tem uma causa. Duvidar da existência de Deus seria negar que todo efeito tem uma causa e admitir que o nada pôde fazer alguma coisa.)

 Referências —————————————————-

Biblia on line

http://ie6.bibliaonline.com.br/acf

Livro dos Espíritos *

http://www.portaldoespirito.com.br/arquivos/o-livro-dos-espiritos.pdf?attredirects=0

Mas, quando vier o Consolador *, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.  ( João 15:26)

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: