Casa mal assombrada: O Espiritismo Explica !

13 03 2015
Casa das Irmãs Fox

Casa das Irmãs Fox

O Início

Uma das situações que fazem as pessoas terem preconceito em relação a Doutrina Espírita é a questão do medo de assombração. Ou do receito em ver um “espírito” ou em não deixar os mortos descansar, ou até mesmo, apenas pronunciar a palavra “morte” outras ficam de mal humor.

Mas os fatos do mundo espiritual estão presentes diariamente em nossas vidas através dos espíritos protetores e de toda a influência que surgem em nossos pensamentos! E na maioria das vezes nem nos damos conta dessa influência. Saiba que muitos pensamentos em nossa mente – não são nossos – mas na realidade são produzidos por espíritos.

Além do mais, os fenômenos espíritas são cada vez mais aceitos pela sociedade, principalmente no Brasil, onde através de médiuns de muita bondade, como Chico Xavier, no início, e agora outros tantos ilustres, nos trazem mensagens de conforto e revelações importantes para nossa melhora íntima – que é o objetivo da Doutrina.

E finalmente, um dia também seremos apenas espíritos, sem o corpo físico, é um fato.

Não é fácil entender tudo isso, mas pelo menos nesse artigo abordaremos o tema “assombração”  e assim podermos começar a substituir o sentimento de preconceito e medo do assunto pelo conhecimento dos fatos, e assim saber o que é realidade ou mentira e os porquês.

O próprio começo da própria Doutrina Espírita foi no intuito de estudar os fenômenos tidos como sobrenaturais que aconteciam em Paris, como o caso das Irmãs Fox e as mesas girantes, onde Allan Kardec começou sua pesquisa científica, como podemos assistir no vídeo abaixo seus apontamentos iniciais.

Dessa forma Allan Kardec pode constatar que tais fenômenos eram causadas por espíritos tentando se comunicar. Iniciando-se assim a Codificação da Doutrina Espírita e todo seu estudo dos fatos, baseado na metodologia científica da observação, repetição e constatação.

Casas Mal Assombradas – Meus Apontamentos

Pré-requisitos:

O que posso explicar sobre o assunto, baseado em tudo que estudei até agora, é bem detalhado na Codificação de Allan Kardec “Livro dos Médiuns” onde relata todas as possibilidades de mediunidade (contato de espíritos com o mundo material). É uma leitura essencial para entender todas as possibilidades naturais inexplicadas, ainda, pela ciência.

A existência dos espíritos entre nós é uma realidade. Se ainda tem dúvida quanto a isso seria interessante ler a obra básica “Livro dos Espíritos” e ainda assistir as vídeo aulas sobre iniciação ao Espiritismo no link abaixo.

http://www.tvespirita.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12:teste&catid=4:cursos&Itemid=5

Agora se quer saber por que eles ficam perambulando por aqui e não vão para o “Céu” ou “Inferno” já é uma questão mais profunda. Caso queiram investigar essa questão aconselho o livro “Céu e Inferno” de Allan Kardec.

Meus Apontamentos

Mas voltando ao assunto, vamos a definição: Casas mal assombradas são ambientes onde existem a presença de espíritos desencarnados e tais espíritos conseguem influenciar fisicamente objetos, criar a sensação de “tato” físico além da produção da mais variada forma de interferência no ambiente.  Em casos mais raros o espírito pode se materializar e tornar-se visível.

Contudo os espíritos para conseguirem atuar no meio material é necessário que eles se utilizem da “energia” de um ser material, ou melhor, de uma pessoa viva (encarnada). Dificilmente há casas mal assombradas onde não há pessoas “vivas”. Sem elas não há doação dessa energia, que no Espiritismo chama-se de Fluido. E não é qualquer pessoa que consegue esse feito. Na Doutrina Espírita chamamos de médiuns, as pessoas capazes de produzir tais fenômenos.

Contudo, pode ocorrer de um apartamento vizinho ter uma pessoa com mediunidade e assim estar produzindo fenômenos em outro apartamento ao lado, onde não há nenhum médium. Tudo isso é possível.

A situação é mais complicada para a pessoa (viva) que é médium. Nesse caso, onde quer que ela esteja, essa pessoa poderá ver espíritos, vultos, efeitos físicos, vozes e tudo mais a todo instante. Se conhece alguém assim, escrevi um artigo sobre isso, antes de chamarem-a de louca, peça pra ler, acredito que irá ajudar :

https://joanadarc.wordpress.com/2008/06/06/sexto-sentido-loucura-de-quem-ve-e-escuta-espiritos-sem-conhecer-o-espiritismo/

Dessa forma existem realmente Casas mal assombradas de verdade! Mas não há nada de fantástico nisso – são fenômenos da natureza ainda não explicados pela ciência – que ainda engatinha nos conhecimentos do plano espiritual.

Logicamente que há muita fraude. A pessoa que estudou o “Livro dos Médiuns” consegue uma boa base teórica para distinguir o que é falso.

O assunto é emocionante e somente a Doutrina Espírita, através das revelações dos próprios espíritos, em psicografia, fornece material para tais explicações. Facilmente pode-se estudar tais assuntos pelos livros indicados e ainda pelas psicografias de Chico Xavier em suas mais de quatrocentas obras.

No vídeo abaixo temos o assunto tratado em forma de entrevista com mais detalhes.

No Link abaixo, trato a questão da pessoa que é médium, e como é importante tais pessoas buscarem o apoio da Doutrina Espírita e Grupos Espíritas para seu próprio equilíbrio:

https://joanadarc.wordpress.com/2008/06/06/sexto-sentido-loucura-de-quem-ve-e-escuta-espiritos-sem-conhecer-o-espiritismo/

Casa mal assombrada na visão espírita, uma referência:

http://grupoallankardec.blogspot.com.br/2012/08/casa-mal-assombrada-na-visao-espirita.html

Bons estudos !

 


Ações

Information

One response

11 10 2017
Isabela

Assombrada caps fantasma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: