Como eliminar mofo no armário ! Resumão.

2 08 2017

Infelizmente me deparei com um tremendo mau cheiro vindo do armário. Anteriormente uma roupa foi destruída por traças ! Já era o indício e eu não acreditava que isso estava acontecendo comigo. No mundo moderno onde temos pouco espaço os armários geralmente são bem cheios, acima da capacidade de ventilação…

Logo em seguida descobrimos a origem de todos os problemas, do outro lado da parede do armário tinha um banheiro, e analisando bem, percebi um pequeno vazamento em um dos azulejos! Pronto o caos estava tomado. Por um lado aliviei por descobrir a origem do problema no armário, contudo um quebra-quebra iminente e muita poeira estava por vir…

Mas um aprendizado: Quando tiver um vazamento no azulejo do banheiro geralmente o problema é na junção da torneira ou na conexão do tubo do chuveiro. Mais uma: 80 % de chance de ser na segunda hipótese.

Infelizmente começamos a quebrar na junção da torneira e verificamos que estava tudo ok. Partimos para a junção do chuveiro, verificamos que era de plástico e pimba: havia uma rachadura. Trocou a peça e resolvido.

Agora o tratamento do armário:

Muitos artigos na internet sobre o assunto! Verifiquei que muitos copiam dos outros só para tentar ganhar um dinheirinho com propaganda, infelizmente essa ganancia está dificultando o encontro de boas informações ! Muitos blogs, sites clonados um dos outros. Nada de novo. Por isso resolvi aqui unificar todas as melhores informações sérias em um único e singelo artigo.

Segue roteiro para acabar com o mofo do armário:

  1. Acabe com a origem do problema. Procure vazamentos nas paredes vizinhas, e até mesmo nas paredes do teto, alguma infiltração. Solucione ! Se esse primeiro passo não for feito nada irá resolver o seu problema.
  2. Roupas: Retire todas do armário para limpeza. Lave por precaução. Mas caso o mofo e bolor esteja na roupa, ferva a roupa em água com bicarbonato de sódio colocando 2 colheres de chá de bicarbonato para 1 litro de água. Tenha cuidado pois alguns tecidos não suportam altas temperaturas, verifique na etiqueta da roupa! Depois que a mancha sumir pode lavar normalmente na máquina ou à mão.
  3. Armário: Limpe tudo com vinagre ! Terá que repetir essa limpeza com frequência mensal inicialmente. Nesse quesito todos os blogs e sites são unanimes na sua eficiência. Pode ferver o vinagre e deixar num vaso com boca larga agindo no armário fechado por no mínimo de uma hora para penetrar melhor.
  4. Um aspecto interessante em armários embutidos seria usar antes de colocá-lo um forro de isopor na parede ou algum tipo de revestimento próprio para isso.
  5. Consiga um medidor de umidade e coloque no quarto. Se o mesmo ultrapassar 70 % não vai adiantar ficar colocando pacotinho de giz, carvão ou outro tipo de material, pois ao abrir a porta do armário o umidade entra e não há mágica que consiga manter  o mesmo com baixa umidade. Nesses ambientes hostis a solução é organização: colocar pouca roupa no armário, evitar empilhar as roupas, procurar revesar os locais e manter cabides afastados um pouco um dos outros. Gavetas forre com plástico. Roupas dentro de plásticos individuais. Roupas que não se usam com frequência coloque em caixas e tire do armário. Mantenha no armário o que realmente gira. Nem precisa falar: o que não usa, doe a quem precisa.
  6. Em ambientes após correção de vazamentos, a parede geralmente continua úmida. Deixe o armário vazio até que a umidade saia totalmente. Abra todas as janelas, dia e noite por no mínimo uma semana. No inverno pode ser pior o tempo para secar.
  7. Uma dica que funciona muito bem para prevenir o mofo é durante a noite, ao ligar o ar condicionado ou o aquecedor, manter as portas abertas dos armários, pois tanto um quanto o outro retiram a umidade do ar com muita eficiência.
  8. E em casos pós-conserto de vazamentos, durante o dia, pode deixar as janelas abertas e durante a noite após limpar com vinagre – ligar o ar condicionado na temperatura mínima. Se tiver um medidor de umidade pode reparar que a medição pode cair até 40 % ou mais.  Após essa rotina é importante limpar as telas do ar condicionado. Certifique-se de utilizar filtros HEPA e trocá-los com regularidade.
  9. Para armários de madeira, uma boa opção é após a limpeza, lixá-los já sem umidade e utilizar verniz antifungo em todo o armário, espere secar e passe outra camada.

Links Consultados

https://www.2quartos.com/mofo-umidade-armarios-embutidos-como-tirar/

https://rainydays.com.br/dica-para-tirar-bolor-e-mofo-da-roupa/

http://blogs.gazetaonline.com.br/dicasdalucy/2011/06/02/acabe-com-o-mofo-nos-armarios/

http://www.casamaisfacil.com.br/como-evitar-mofo-na-madeira/

Limpeza Mental – Agora convido para uma reflexão sobre o tema, mas num ponto de vista diferente, buscando olhar para dentro de nossa alma, do nosso “eu”:

Todos temos um pouco de mofo e bolor dentro de nós mesmos. Tal lado negro e sombrio muitas vezes é abafado para ninguém ver. Mas acredite, o mau cheiro está presente. E pior, ele atrais sombras que – em todos os casos – atrapalham nossas vidas. Essa sujeira criada em nossa alma é proveniente da preguiça, do ócio, do comodismo, da alienação, da falta de atitude, do egoísmo, da promiscuidade, dos excessos, e de muitas outras más tendências que nos impedem de praticar ações para com a sociedade. Assim criamos mofo e bolor dentro de nossa alma.

Como resolver esse mofo interno ? Como acabar com o bolor que nos impede de progredir? Simples:

1 – Localize o mal. O autoconhecimento é uma arma poderosa para detectar o lado sombrio de nós mesmos.

2 – Crie novos bons hábitos para substituir os maus hábitos.

3 – Geralmente inicialmente nos simpatizamos com tais atitudes propícias ao mofo e bolor mental ! Não é fácil substituir sem querer renovar e limpar. Motive-se, pesquise, estude ! Saia do sofá !

4 – Aja sempre pensando nos efeitos dos atos. Tudo é possível, mas nem tudo nos convém.

5 – Tenha contato com a natureza para arejar a mente diariamente !

6 – Participe de atividades em prol social, beneficente. Fora e também dentro de sua família !

7 – Dedique-se a uma atividade principal, mas sempre tenha um sonho vivo e guarde um tempo rotineiramente para alimentá-lo. A fé é a certeza que toda causa tem um efeito, e agir agora é plantar sementes para o futuro. Tenha fé ao agir. Faça o bem.

8 – Volte ao passo (1) e realimente todo o processo, que é contínuo ! Sabendo que não fazer nada, já é criadouro de bolor e mofo mental. Desligue a tv.

Exercícios e atitudes como essas acima limpam nossa mente e evitam pensamentos ruins e atitudes que possam nos prejudicar de alguma forma. Tem alguma sugestão de como limpar nossa alma de “pensamentos poluídos” ? Deixe sua mensagem. Sucesso !

 

 

Anúncios