Provas da Reencarnação. Galileu demorou mas venceu!

17 11 2008

Música tema do filme “Minha vida na outra vida”

Muitas pessoas não querem pensar sobre o assunto reencarnação. Talvez por falta de tempo, por simplesmente não pensar no assunto espiritual  ou até mesmo por colocar em cheque toda uma filosofia que se segue há anos evitando quebrar paradigmas e dogmas.

Jenny Cockell quebrou paradigmas

Jenny Cockell quebrou paradigmas

Uma coisa é certa –  é inegável a existência da reencarnação. Seja comprovado pela observação dos fatos ou até mesmo em relatos reais – como o caso do filme “Minha vida na outra vida”  que relata o ocorrido com Janny Cockell. Vejamos a sinopse do site da Interfilmes.com

http://www.interfilmes.com/filme_17015_Minha.Vida.na.Outra.Vida-(Yesterday.s.Children).html

foto

“Pela primeira vez na história, um filme retrata, com fidelidade, lógica e respeito, a reencarnação, tema de interesse de milhões de pessoas em todo o mundo. Baseado em fatos reais relatos no livro autobiográfico de Jenny Cockell, Minha Vida na Outra Vida conta a história de Jenny, uma mulher do interior dos Estados Unidos, que tem visões, sonhos e lembranças de sua última encarnação, como Mary, uma mulher irlandesa que faleceu na década de 30. Intrigada, Jenny sai em busca de seus filhos da vida passada. Tem início uma jornada emocionante. Jenny é magistralmente interpretada pela renomada atriz Jane Seymour, de Em Algum Lugar do Passado. Só, que desta vez, não se trata de ficção, mas de realidade. Neste DVD, você pode ver o filme na versão dublada ou legendada. O DVD traz o filme com áudio original em inglês e legendas em português e também o áudio dublado em português.”

Quantos aos fatos, podemos verificar observando as crianças, suas tendências e dons, pois são em maioria adquiridos por vivências nas áreas específicas em vidas passadas. Quem não conhece uma criança que tem uma grande facilidade em tocar piano ou fazer cálculos matemáticos. São aprendizagens anteriores revelando agora como facilitadores e aptidões.

“Ethan Bortnick aprendeu a tocar aos 3, ouvindo Mozart. Filho de ucranianos virou celebridade e encanta profissionais. G1

As “más tendências” também. Muitos desde cedo apresentam tendências a atos negativos e errados, pois no passado tiveram essas vivências e agora os pais estão encarregados de corrigí-los pela educação.

Sem falar nas pessoas que nascem com problemas mentais, deficiências diversas e outras doenças; Pois essas pessoas e familiares delas devem ter a alegria de estar nessa vida reparando erros do passado. Numa próxima encarnação estarão em situação melhor se aproveitarem todos com resignação seus problemas atuais. Nosso Pai Celeste é bom para todos, puro amor. Todos os problemas que nos acontecem são efeitos de nossas próprias ações e pagamos por isso – Com ferro fere, com ferro será ferido…

Assim tudo se encaixa, pois todos os atos que praticamos iremos receber de volta nessa vida ou numa vida futura. Logo, se a humanidade um dia soubesse dessa lei com certeza iria pensar muito antes de fazer algo negativo contra o próximo ou a si mesmo. A certeza de que cedo ou tarde receberemos os nosso próprios atos na mesma intensidade contra nós mesmos é de extrema importância para se evitar sofrimentos futuros.

A lei da ação e reação descoberto por Isaac Newton, que gera bases lógicas para a Lei da Causa e Efeito onde o Espiritismo nos ensina que devemos aplicá-la em nossas vidas para levar razão a nossa fé. Afirmar que em uma reação não existe uma ação anterior é um absurdo físico. Do mesmo modo, tentar detectar um efeito sem uma causa anterior, é ir contra a natureza.

Lex III: Actioni contrariam semper et aequalem esse reactionem: sine corporum duorum actiones in se mutuo semper esse aequales et in partes contrarias dirigi.

“A toda ação há sempre oposta uma reação igual, ou, as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas a partes opostas.” Isaac Newton

Um dia toda a humanidade irá conhecer e aplicar a lei da causa e efeito em suas relações de vida e o mundo irá passar por uma revolução moral onde todos irão apenas praticar boas ações ao próximo, com respeito e amor.

Mesmo diante de todas essas evidências, muitos ainda buscam contestar a reencarnação com o pensamento de que sempre nascem mais pessoas do que morrem, assim como poderia existir reencarnação se o número de nascimentos é maior a cada dia?

Diante desse questionamento devemos saber que o número de espíritos no planeta Terra é muito grande, muito maior do que o número de pessoas encarnadas – tendo assim uma fila grande para nascer disponível. Mesmo assim ainda devemos saber que espíritos mais elevados não estão presos a este planeta, estão livres no universo. Esse planeta é só um grão de areia…

“Tenho a impressão de ter sido uma criança brincando à beira-mar, divertindo-me em descobrir uma pedrinha mais lisa ou uma concha mais bonita que as outras, enquanto o imenso oceano da verdade continua misterioso diante de meus olhos.” Isaac Newton.

A simplicidade das minhas palavras com certeza gerarão dúvidas e até mesmo críticas, por isso, antes de mais nada, gostaria de sugerir uma leitura atenta da codificação Espírita onde o tema está bem detalhado e organizado com bases científicas pelo codificador Allan Kardec.

Deixo o convite para leitura da obra “Livro dos Espíritos” proveniente dos espíritos e codificada por Allan Kardec e também para assistir o filme “Minha vida na outra vida” – Nota 10 em qualidade e conteúdo.

Outro fato verídico está no relato de James Huston Jr. Uma incrível e real história de reencarnação que impressionou milhares de norte-americanos. James Leininger, uma criança de apenas 2 anos, tem pesadelos horripilantes e, por causa deles, consegue falar sobre pessoas e cenas com uma riqueza de detalhes assustadora. Preocupados, seus pais começam uma busca incansável atrás da verdade por trás das palavras de James. O resultado é a descoberta da história de James Huston Jr., piloto norte-americano que morreu na Segunda Guerra Mundial. E quanto mais revelavam sobre o falecido combatente, mais Bruce e Andrea se convenciam da impressionante ligação entre este e seu filho. A Volta é o relato da história que comoveu milhares de telespectadores da rede de televisão norte-americana ABC .O livro sobre esse relato já se encontra a venda em português. Imperdível.

Abaixo um vídeo técnico sobre como a reencarnação a cada dia está sendo mais evidente e outro produzido pela Rede Globo com enfoque superficial.

Um dia essa publicação sobre reencarnação será algo bastante primitivo, como quando ainda pensávamos que todos os planetas, inclusive o sol rodavam ao redor da Terra… Galileu revelou suas provas e foi condenado pela Inquisição e forçado a abjurar toda e qualquer defesa de sua tese. Mas a verdade veio a tona pela ciência um dia.

A ciência não quer destruir religiões. Contudo a verdade não pode ser ocultada por muito tempo e devem ser utilizadas para aperfeiçoar as religiões.

A Doutrina Espírita não veio para roubar “fieis”, mas para divulgar verdades e oferecer recursos filosóficos para a ciência. E também para que as religiões possam retificar suas teses e melhor trabalharem, pois a reencarnação está em nós mesmos.

Em 1856 a Doutrina Espírita revelou que existe a reencarnação. Nos dias atuais, a ciência já começa a comprovar sua realidade…


Outros Links sobre a reencarnação:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/paulosns/reencarnacao-a-prova-definitiva.html

http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=2644

Abaixo um vídeo de Raul Teixeira sobre a Lei da Reencarnação, que certamente irá fechar muito bem o assunto para que o leitor possa refletir sobre o assunto e tirar suas próprias conclusões.

 





Filho, você está feliz ? (Pergunta errada)

22 07 2015
Missão dos Pais

Missão dos Pais

Muitos responsáveis e pais perguntam aos filhos se eles estão felizes.

Contudo, primeiramente nós temos que saber realmente o que é a felicidade, pois no mundo atual, os valores estão invertidos.

Em muitos casos, uma resposta positiva que se está feliz, pode na realidade ser um grande equivoco.

Vou explicar com um exemplo.

Imagine um jovem alegre e vaidoso, o Joãozinho. Ele foi educado para ser uma pessoa de sucesso, cursou com dificuldade o ensino técnico, conseguiu desde cedo trabalho para conseguir continuar os estudos, fez faculdade e luta a todo custo para comprar um carro importado como o primo rico que já nasceu em berço de ouro. A Felicidade para Joãozinho é conseguir seu carro importado, viver viajando pelo Brasil, curtindo cada fim de semana num lugar diferente e ainda sobrar muito dinheiro para sair e festejar com amigos.

O pai dele pargunta, está feliz, Joãozinho ? Ele diz que está quase, só falta pouco para comprar o carro e sair curtindo…

Coitado do Joãozinho…

Pois para saber realmente o que é felicidade devemos ver as consequências de nossas ações, e para ter a real capacidade de distinguir o que é realmente feliz ou infeliz para o homem, é preciso se transportar para além dessa vida, porque é lá que os efeitos se fazem sentir.

A INFELICIDADE está na alegria, no prazer, na fama, na agitação por shows, noites e viagens sem fim, é a  louca satisfação da vaidade, que fazem calar a consciência numa ilusória fabrica de passa-tempos modernos que comprimem a verdadeira missão do homem culminando no futuro em profunda depressão, depois, que o momento se partiu e a oportunidade foi desperdiçada.

Assim, muitos acontecimentos que parecem felizes naquele momento, possuem consequências muito negativas no futuro. E muitos acontecimentos tristes e infelizes, cessam com a vida e encontram compensações positivas na vida futura…

Somos espíritos imortais, praticamos ações a todos instantes e colhemos seus efeitos no futuro nesta e nas próximas reencarnações. Logo, passar por uma situação triste agora pode significar uma libertação no futuro. E ficar curtindo a vida “adoidado”, numa surreal felicidade momentânea, pode significar perda de tempo ou até mesmo colher espinhos em uma reencarnação futura.

O problema da perda de tempo é que muitos ficam a vida toda perdendo o tempo…

A felicidade verdadeira, portanto, está nas ações que praticamos para o bem comum e para nosso melhoramento como pessoa, baseado na manutenção da paz do nosso coração, da calma e fé no futuro – sempre em busca de descobrir e cumprir nossa verdadeira missão nessa rápida passagem material. Logo, tenhamos coragem e que possamos agir, sofrer, esforçar, – seja em estar devotando trabalho a família, seja cumprindo diversos deveres que Deus nos confiou.

Assim, nessa vida atual, antes de perguntar se alguém está feliz, é melhor questionar …

Filho você sabe o que é ser feliz ?

 

Referências ——————————————————————————————-

Kardec Allan, O Evangelho Segundo o Espiritismo. Tradução Salvador Gentile, Revisão Elias Barbosa. Araras, SP, IDE, 365° Edição, 2009. 1804-1869. Capítulo V.

Links Recomendados

Provas da Reencarnação 1

Provas da Reencarnação 2

Download “Evangelho Segundo o Espiritismo

 





Nossa meta de vida para os próximos 500 anos.

7 06 2015

Muitos ao verificar o título desse pequeno artigo pode achar que isso é loucura… Mas vamos com calma…

No artigo anterior, sobre algumas dicas baseadas na Doutrina Espírita para passar em concursos públicos, falei sobre “ter objetivo bem definido” a nível profissional. Saber qual área seguir, qual concurso investir, e finalmente quais matérias essenciais estudar, mesmo sem previsão de concurso específico, com isso, o concurseiro estará com uma boa base geral para atingir a meta.

“Não faça com que a pressa de colher estrague o seu momento de plantar” (Teilhard de Chardin)

Contudo com os esclarecimentos da Doutrina Espírita, verificamos que todos nós já tivemos vivências anteriores a esta vida e estamos a cada segundo gerando efeitos para o futuro. Mas não apenas o futuro a curto, médio e longo prazo desta vida… E sim gerando efeitos para vidas futuras com nossas ações de agora.

Mesmo para quem já tem conhecimento da Doutrina Espírita, muitos ainda não pensaram sobre isso. Mas o planejamento é muito importante para nossa própria felicidade. Registrar num diário um planejamento de ações e atitudes certamente irá ajudar o indivíduo a colher bons frutos no futuro.

 Na obra “Livro dos Espíritos”, encontramos a seguinte recomendação do Espírito Santo Agostinho:

“Fazei o que eu fazia quando vivi na Terra: no fim de cada dia interrogava a minha consciência. Passava em revista o que havia feito e perguntava a mim mesmo se não tinha faltado ao cumprimento de algum dever. Se ninguém teria tido motivo para se queixar de mim. Foi assim que cheguei a me conhecer e ver o que em mim necessitava de reforma.”

Para quem não conhece a Doutrina Espírita, talvez tenha que primeiramente avaliar a questão da reencarnação, pois é um assunto mais polêmico e muitos tem resistência em admitir tal possibilidade. Mesmo olhando para nós mesmos, verificando que todos temos boas e más tendências desde o nascimento, é difícil compreender que tais vivências registradas no subconsciente desde o nascimento na realidade foram adquiridas em vidas passadas a esta. Para quem busca se aprofundar no tema reencarnação para refletir sobre o assunto temos o artigo  Provas da Reencarnação.

Com essa questão refletida podemos então iniciar um planejamento não apenas de dez, vinte ou cinquenta anos a frente, mas podemos pensar em planejar o que queremos para nós por quinhentos, oitocentos, mil anos a frente !

A felicidade é a busca de todos os seres humanos, mesmo sendo um conceito diverso para cada tipo de pessoa, todos queremos ser felizes de um certo jeito. Mas o que é felicidade e como consegui-la ?

Para isso temos uma receita nos fornecida pelos próprios Espíritos Superiores no Livro dos Espíritos na pergunta 922 de Allan Kardec:

922 – A felicidade terrena é relativa à posição de cada um; o que é suficiente para a felicidade de um faz a desgraça de outro. Há, entretanto, uma medida comum de felicidade para todos os homens?

  R:   – Para a vida material, a posse do necessário; para a vida moral, a consciência pura e a fé no futuro.

Com essa importante receita podemos planejar uma vida com equilíbrio. Não adianta o indivíduo conseguir boa vida material desonestamente agora para depois necessitar resgatar tal dívida como miserável em outra reencarnação… A verdadeira felicidade não está nos objetos materiais. Como muitos objetos de adoração capitalista são difíceis de alcançar, como Iates e mansões, é comum pensarmos que “possuir ” tais objetos é a felicidade.

Então podemos começar a escrever um esboço de como alcançar a meta da felicidade plena, a felicidade que ainda não é possível sentir nesse planeta, mas que pode ser construída desde agora, mesmo se já praticamos muitas faltas no passado.

Para alavancar essa meta nos próximos 500 anos temos que começar já com algumas medidas para serem praticadas durante nossa vida de agora:

1) superar nossos defeitos – disciplinando-os;

2) resgatar dívidas pretéritas – sem revolta;

3) resistir com sucessos em nossas provações;

4) praticar caridade verdadeiramente.

Parece simples, mas não é.

O orgulho que todos temos, geralmente nos impede de ver e sentir nossos próprios defeitos. As relações de casamento e convívio familiar – que são as maiores chances de descobrir nossos defeitos – são desperdiçadas com intolerância e incompreensão.

Quando sofremos uma perda física ou material geralmente nos revoltamos até mesmo contra Deus e nos afastamos de todo o benefício do Alto. A maior concentração de renda é buscada a todo o custo gerando um sentimento de amargor, pois dinheiro nunca é muito.

Quando surgem oportunidades de tirar vantagem alheia, receber uma propina, burlar uma Lei, usar notas frias, praticar pequenos delitos (não respeitar direitos autorias, furar uma fila,etc) geralmente caímos na tentação, pois “se eu não fizer, outro faz” …

E assim ficamos ainda mais distantes da verdadeira meta de real felicidade, pois estamos gerando novas situações negativas para nossa própria vida futura, com mais dor e perdas… dessa forma se não for nessa vida teremos que resgatar nas próximas, pois a colheita é obrigatória.

Nesse período de quinhentos anos, se tivermos sorte e muita vontade, poderemos reencarnar algumas vezes e ter a chance de resgatar mais dívidas e melhorar ainda mais nosso ser moral e intelectual para nossa própria evolução, encurtando a distância da real felicidade.

Lembrando ainda que ” o amor cobre uma multidão de pecados”, dessa forma podemos iniciar agora com a prática do bem em suas inúmeras formas as ações que irão buscar o verdadeiro perdão e resgate de nossas faltas.

PERDAO

A Doutrina Espírita promove inúmeros recursos através do Verdadeiro Centro Espírita – atuando como um agente facilitador de nossa busca pela felicidade, dispondo a oferta de trabalho voluntário para nos engajarmos e fornecendo estudos sistemáticos sobre tudo que o plano espiritual busca nos ensinar. Planejar uma rota segura para os próximos quinhentos anos, fica mais fácil… e a verdadeira felicidade, mais perto.

—————————————————–

https://joanadarc.wordpress.com/?s=felicidade

 





Por que as expiações coletivas acontecem. Infelizmente ainda temos exemplos…

28 11 2011

28/11/2011 06h47 – Atualizado em 28/11/2011 11h11

Motorista de ônibus é linchado após passar mal e bater veículo em SP

Coletivo bateu em três carros e em três motos em Sapopemba.
Pessoas que estavam em baile funk espancaram condutor. (G1)

####### Antes de mais nada, deixa-se claro que o objetivo desse artigo não é  julgar ninguém, apenas trazer a tona o conhecimento das consequências desses infelizes atos humanos para reflexão.

Quando vimos assustados muitas pessoas se acidentarem ao mesmo tempo, como ocorre no caso de queda de aviões, ou mesmo incêndios, ou outros tipos de catástrofes, onde muitas pessoas acabam – juntas – sofrendo um revés ficamos a meditar sobre o por quê.

E está ai, no título infeliz acima, um exemplo claro desse por quê.

“Com ferro fere, com ferro será ferido”

Já temos em outros artigos desse blog a teoria da ação e reação bem detalhada. Sabe-se assim que toda ação praticada possui obrigatoriamente uma reação em sentido contrário na mesma intensidade. É a terceira lei de Isaac Newton.

Dessa forma verifica-se um grupo de pessoas praticando uma ação de matar alguém de forma bárbara, como nessa terrível covardia. Será que nenhum deles pensou nas consequências? O que estão plantando com isso?

Pela lei da ação e reação sabemos que essas pessoas terão de volta aquilo que praticaram. Portanto, nessa vida ou ainda numa próxima etapa literalmente pagarão sua dívida, pois a evolução é uma lei obrigatória.

E se não tiverem uma conduta absolutamente positiva para contrabalançar esse terrível mal praticado durante essa vida, terão exatamente o mesmo nível infelicidade.

Certamente se tivermos a ação de plantar, teremos colheita. Mas dependendo do que estamos plantamos – colheremos bons frutos ou dor nos espinhos das ervas daninhas.

Nosso futuro depende absolutamente das nossa ações que produzimos. Simples assim.

Não adianta pedir perdão a um falecido ou família. Muito menos um religioso, por mais hierarquia e pureza de coração que possa ter.

Praticar ações no bem é a única forma de amenizar o futuro doloroso criado por pessoas que praticaram um determinado mal.

Desse modo, os acidentes que verificam-se com grupo de pessoas pode-se levar em consideração a grande possibilidade de estarem quitando suas dívidas de atos passados para continuar sua evolução.

Infelizmente uma grande quantidade de pessoas ainda não aprenderam a amar ao próximo como a si mesmo, nem muito menos fazer ao próximo o que gostariam que vos fizessem…

Mas não pensemos que não estamos também inocentes diante da violência alheia, pois antes dessa existência tivemos outras vidas – e ações foram plantadas nas quais ainda estamos colhendo.

Assim, para todos nós que nem lembramos do que fizemos de errado em vidas passadas, para amenizar o que temos pela frente, devemos incondicionalmente praticar o bem em ações – o quanto antes melhor.

Quem quiser se aprofundar no assunto, que foi colocado aqui de forma bastante resumida e insuficiente certamente, indico os links abaixo :

Lei da Ação e Reação:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/orson/acao-e-reacao.html

http://www.ceismael.com.br/artigo/acao-e-reacao.htm

Provas da Existência de Vidas Passadas e Reencarnação:

celst.com/documents/ROTEIRO2.pdf

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/paulosns/reencarnacao-a-prova-definitiva.html

https://joanadarc.wordpress.com/tag/provas-da-reencarnacao/

Vídeo sobre Lei da Ação e Reação – causa e efeito:





Estado norte-americano da Geórgia executa o condenado Troy Davis. Até quando a pena de morte?

22 09 2011

A grandiosidade do espírito de Jesus já esteve nesse planeta como um de nós para justamente nos dizer a importância do amor!

Amem ao próximo como eu vos amei!

Na época foi brutalmente morto pregado na cruz. E mesmo assim perdoou toda a humanidade por essa barbárie, pois “não sabem o que fazem”.

Hoje, sabemos o que estamos fazendo. Basta ter um mínimo de espiritualidade em atenção ao nosso exemplo maior – Jesus.

Perdoar uma vez, sete vezes? Não, setenta vezes sete !

Amar ao próximo como a nós mesmos significa que não devemos praticar mal a ninguém. Nem que esse irmão seja um grande assassino.

Em 1853 o Espiritismo veio a Terra, através da Codificação Espírita em seus livros, como Jesus previu há dois mil anos atrás. E nessas revelações de Jesus – nos  informa por detalhes o que está por trás de suas parábolas, revela o mundo espiritual, nos mostra a realidade espiritual que nos cerca, embora abafada pelo preconceito do mundo até hoje.

Mas vamos ao que interessa…

Dessa forma devemos saber que, igualmente como a terceira lei de Isaac Newton rege os objetos físicos,  a lei da causa e efeito faz com que qualquer ação nossa contra o próximo estaremos provocando reações iguais contra nós mesmos.

O “amar ao próximo como a nós mesmos” e o “com ferro fere, com ferro será ferido” é um grande alerta de Jesus para que não sofremos no futuro ao praticar alguma ação negativa contra outrem, seja essa pessoa quem for.

Pela lei da causa e efeito teremos de volta tudo o que praticamos ! Por que acham que muitas crianças nascem com deficiências físicas? Nosso Pai Celeste não quer isso, e seria totalmente injusto uns nascerem saudáveis e outros com doenças gravíssimas ou com deficiências físicas…

A reencarnação é um fato provado por pessoas que lembram de momentos, nomes e detalhes das vidas anteriores, basta investigar esses casos (links ao final). Sem contar nossas boas e más tendências que desde pequeninos trazemos das nossas vivências de vidas anteriores.

E nessa total falta de informação Cristã, alguns Estado dos Estados Unidos e de outros países ainda praticam a pena de morte. No Brasil, informalmente, ainda existem milhões de assassinatos por ano por “justiceiros”…

Espiritualmente – é preferível ser assassinado do que matar alguém.

A Doutrina Espírita, que deveria ser a luz Cristã para todas as religiões e  toda a humanidade – não está sendo aproveitada como deveria.

Apesar do Chico Xavier ter vivido no Brasil, provando a psicografia, logo provando também a comunicação com pessoas já falecidas, muitos simplesmente não tem tempo para pesquisar sobre o assunto…

…Mas para ir além da busca da saúde,  num verdadeiro culto ao corpo perecível  – muitos dedicam todo o tempo livre – gastando exagerados recursos financeiros diante da fome de outras milhares pessoas carentes.

Onde está o nosso tempo para a nossa instrução espiritual ?

A morte é uma certeza a todos.

No caso americano o seu presidente decepcionou e lavou as mãos – “O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se recusou a intervir para impedir a execução de Troy Davis, informou seu porta-voz Jay Carney, destacando que o caso diz respeito ao estado da Geórgia e não ao poder federal.”   G1

Até quando o absurdo da pena de morte ?

Podem matar o corpo, mas nunca o espírito ! Que Jesus faça toda humanidade refletir sobre suas próprias ações. Assim seja.

Por ser a Doutrina Espírita um assunto muito complexo e para não haver dúvidas nos resumos  apontados nesse singelo artigo, sugiro leitura mais detalhadas dos seguintes pontos abaixo:

Pena de Morte sob a Ótica do Espiritismo:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/violencia/pena-de-morte-sob-a-otica.html

Download de obras Espíritas

http://www.espirito.org.br/portal/download/index.html

Provas da Reencarnação

https://joanadarc.wordpress.com/2008/11/17/provas-da-reencarnacao/





Ressuscitar ou Reencarnar ? Ambos.

25 07 2010

Ressuscitar antes, Jesus provou, agora temos condições intelectuais e espirituais suficientes para entender o termo reencarnar. Vejamos:

reencarnar re-encarnar   – v. tr.
Fazer entrar uma alma num corpo, que não era o que ocupava numa existência anterior.

ressuscitar – v. tr.
1. Fazer voltar da morte à vida.
2. Fig. Restaurar, fazer reviver.
v. intr.
3. Voltar da morte à vida; ressurgir.
4. Aparecer novamente.
5. Por ext. Restabelecer-se de uma doença muito grave.
6. Escapar a um perigo mortal.

Há um pouco mais de 2000 anos atrás Jesus veio ensinar a humanidade as noções de amor e vida. Mas como transmitir ensinamentos tão elevados para uma humanidade ainda sem conhecimentos intelectuais desenvolvidos, com uma ciência ainda encoberta?

Da melhor maneira o Mestre através de parábolas transmitiu toda sua mensagem de amor, com didática única, em assuntos transversais, pedagogia atualíssima – sempre vinculando seus ensinamentos com as realidades das pessoas ali atentas às suas palavras.

Podemos comprovar isso na linda parábola do Semeador, onde as sementes caíam ao longo do caminho, no espinho, nas pedras e na terra fértil e assim ensinou de forma perfeita uma lição de amor com a realidade daquele povo. Todos sabiam da natureza do plantio e portanto aprenderam com facilidade aquela mensagem de vida.

Assim Jesus ensina também que todos nós somos espíritos em um corpo físico, a morada de Deus. Provisória até a morte para a ressurreição. Mas nenhuma parábola seria capaz de transmitir algo tão profundo como a vida após a morte. E Jesus anunciou – Serei morto e ressuscitarei ! – todos perplexos não sabiam o que pensar. Como provar que nosso espírito ainda vive após a morte?

E Jesus na sua maior lição ressuscitou no terceiro dia provando a Thomé que o tocasse sua mão para ver que realmente era ele.

“Felizes os que nunca me viram e acreditam !”

Contudo como Jesus iria ensinar ainda que além do espírito viver após a morte do corpo físico também pode reencarnar nascendo novamente em um novo corpo para quitar dívidas e passar por novas provas morais?

Não provou isso naquele momento mas informou que iria enviar para a humanidade o consolador e prometeu que viria para transmitir toda as verdades de forma direta, sem parábolas.

Assim nos envia o Espiritismo em 1856- a mensagem do Espírito da Verdade para que todos nós – com todo nosso conhecimento científico de nossa atualidade – possamos aprender sua última e completa lição.

Mesmo assim enquanto ainda em corpo físico na Terra Jesus nos revela nas passagens abaixo nos dando pistas que a reencarnação é um fato:

“Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão.” (João, 16,5)

“…e os que praticaram o bem irão para a ressurreição da vida, e aqueles que praticaram o mal, ressuscitarão para serem condenados.” João 5,29

Que possamos a cada dia, aprender mais as lições de nosso Mestre Jesus, entrando em contato com a Obra Espirita – O Livro dos Espíritos, O Evangelho Segundo o Espiritismo e todas as outras mensagens codificadas por Allan Kardec.

Que assim seja.

No vídeo abaixo temos o caso nos EUA que está em muita evidência no momento no Brasil por finalmente lançarem o livro do caso traduzido. Foi o caso de um garoto que lembrou de toda sua vida anterior e os pais comprovaram.





Financiamento da Casa Própria pela Caixa e ajuda pela oração !

12 09 2009

Muito comum nos dias de hoje o financiamento da casa própria via Caixa Econômica Federal ou outro banco com o mesmo tipo de financiamento. Com juros na faixa de 9 % ao ano (setembro/2009) temos opçoes de divisão até em 360 parcelas (30 anos).

Mas fica a pergunta: Como saber se podemos realmente iniciar um financiamento desse porte?

Existe uma simulação no site em que colocamos o valor do bem a ser comprado e o sistema informa o valor das parcelas e o valor da entrada. O Link para essa simulação está abaixo:

http://www8.caixa.gov.br/siopiinternet/simulaOperacaoInternet.do?method=inicializarCasoUso

Geralmente para se obter um financiamento de R$ 100.000,00 deve-se entrar com R$ 20.000,00 gerando parcelas na faixa de R$ 800,00. Nesse momento é comum verificar a grande dificuldade de muitos obterem o valor da entrada, mesmo que reduzindo o valor do imóvel para menos. Contudo quanto maior o sinal melhor seria, pois as parcelas podem ser menores ou em menos tempo o financiamento.

Um planejamento orçamentário nesso momento é de grande importância. Talvez a melhor estratégia inicial seria poupar o valor da parcela durante alguns anos para abrir um montante de entrada, e dessa forma, simular na prática como seria viver sem essa parcela que deveria ser paga ao banco caso o financiamento existisse.

Tendo sucesso nessa prática, certamente já teria um passo prático importante na aquisição da casa própria.

Mas não se deve parar por ai, pois o trabalho honesto e bem feito certamente gera boas reações como um aumento da renda.

Contudo muitos nesse caso, sem motivação, começam a orar pedindo a Deus uma casa própria sem mais nenhum esforço para realizar esse sonho. Ou ainda por falta de conhecimento, persistem em orações por bens materiais que muitas vezes não sabemos se realmente merecemos por isso. Assim como orar ?

Quem tem algum conhecimento espiritualista sabe que nunca estamos sozinhos, que temos “protetores invisíveis” encarregados por cada um de nós nesse mundo. Contudo devemos ter sintonia com eles para poder melhor recebermos todos os benefícios vindo do alto.

Assim com uma fé raciocinada por estudos em fontes criadas em bases científicas acabamos por desenvolver uma fé muito concreta no abstratismo do invisível podendo orar com muita certeza.

Pode-se verificar isso na pergunta 470 da obra “Livro dos Espíritos” de Allan Kardec onde se tem uma importante mensagem relativo ao emprego da oração para nos livrarmos de companhias espirituais menos elevadas e passarmos a estar afinados com nossos protetores:

479. A prece é meio eficiente para a cura da obsessão?

“A prece é em tudo um poderoso auxílio. Mas, crede que não basta que alguém murmure algumas palavras, para que obtenha o que deseja. Deus assiste os que obram, não os que se limitam a pedir. É, pois, indispensável que o obsidiado faça, por sua parte, o que se torne necessário para destruir em si mesmo a causa da atração dos maus Espíritos.”

Ou seja, a oração é certamente um eficiênte pedido de socorro. Contudo temos algumas indicações de como devemos proceder para receber o auxílio devido:

1) Praticar a caridade, dedicar o tempo em uma atividade útil a sociedade, trabalhar produtivamente, não esperar as coisas acontecerem, mas sempre agir e buscar fazer o necessário para atingir o objetivo.

2) Identificar em nós mesmos, nossos defeitos e más tendências – que são portas abertas para companhias espirituais menos louváveis. Quem não tem um defeito? Todos somos ainda muito longe da divinidade. Contudo devemos sempre buscá-la. A reforma íntima seria exatamente esse processo de auto-correção.

Abaixo deixo um vídeo do médium Divaldo Franco sobre o poder a oração na vida da mãe Mônica com relação ao seu filho Agostinho (Santo Agostinho) e posterior explicação de como orar corretamente:

Assim oremos, contudo aliando ação prática do trabalho produtivo a mudança de condutas para o bem comum.

Certamente muitas coisas que pedimos pode simplesmente não acontecer. Mas não é por culpa dos Deuses, de Jesus ou dos nossos protetores, mas por nossa simples culpa. Pois em relação ao bens materiais temos a lei da causa e efeito gerando merecimento futuro.

Tudo o que praticamos em ações irá refletir em nós mesmos no futuro. Assim tudo o que nos acontece de bom ou ruim são reações de nossas práticas em vidas passadas. Quem praticou da corrupção ou exploração em vidas anteriores, nessa vida certamente está tendo muitas dificuldades monetárias… Mas como não temos como saber o que praticamos em vidas anteriores é nosso dever nos esforçar o máximo em todos os momentos, orar para estarmos em boas companhias espirituais e praticar a caridade para alançar o perdão. (é dando que se recebe…)

Desejo que Deus ilumine a todos.

LINKS:

Provas da reencarnação:

https://joanadarc.wordpress.com/2008/11/17/provas-da-reencarnacao/

Mecanismos do perdão – Lei a ação e reação:

https://joanadarc.wordpress.com/2008/07/18/os-mecanismos-do-perdao/

Livro dos Espíritos – Download:

http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/les/o-livro-dos-espiritos.pdf





Gripe Suína, das aves e outras Pandemias. O que realmente devemos saber urgênte!

4 08 2009

O PLANETA ATUAL

O mundo atual e sua produção em larga escala de um tipo de produto vegetal e animal somente (monocultura) aliado ao desmatamento certamente está criando um cenário pavoroso que tende a piorar cada vez mais nesse planeta. Ninguém mais consegue plantar sem usar defensivos agrícolas danosos para todos. Poucos conseguem criar animais sem vacinas em larga escala e um alto controle veterinário.

E agora as conseqüências da ganância do homem chega a ele próprio. O inicio das reações de décadas de danos ao meio ambiente começa a sua colheita. E mesmo que o homem parasse agora com toda a poluição e desmatamento ainda sim teríamos que sofrer com essas reações, pois o início delas ocorreram desde a revolução industrial.

TODA AÇÃO POSSUI REAÇÕES

Foram mais de 700 mortos pela gripe suína no mundo, quando ainda estavam fazendo uma contagem séria, e a tendência é ainda mais tenebrosa. Infelizmente o futuro da humanidade é de muito mais sofrimento e mortes. Não precisa ser adivinho para saber o que vêm por ai. Basta usar a lógica matemática. Enquanto estiverem produzindo e desmatando irracionalmente, enquanto existirem “depósitos” de milhões de animais de uma mesma raça aglomerados sendo “cevados por hormônios” para alimento humano, doenças e mais doenças surgirão para o homem – que fica sempre a um passo atrás da solução – correndo atrás de remédios químicos depois de centenas de mortes a cada pandemia.

Solução? Inúmeras. Contudo enquanto o egoísmo ainda estiver acima de tudo estamos longe do fim.

O QUE DEVEMOS SABER URGENTE ?

A educação ambiental, higiene pessoal, alimentação sadia, hábitos saudáveis, na busca de um sistema imunológico forte, tudo é essencial. Contudo o mais urgente não é nada agradável para muitos, por simples medo. Devemos saber o que somos, de onde vimos e para onde vamos. Enfim, devemos estudar de modo científico a vida e principalmente a morte.

Pelo mundo que estamos vivenciando certamente devemos ter mais conhecimento sobre nossa existência nesse planeta. Desde antes do nascimento até depois da morte. E a Doutrina Espírita nos livros publicados que formam sua obra são bases fundamentadas em pesquisas científicas sobre esse assunto. É uma obra onde todos, de todas as filosofias e religiões devem buscar estudar e reavaliar seus paradigmas.

Quem não conheçe o Chico Xavier, uma pessoa humilde, com quarta séria primária, onde através de psicografias publicou mais de 400 livros . Desde poesias até explicações detalhadas de como é a vida no mundo espiritual.

Antes de mais nada devemos afastar o aspecto temível da morte. Existem pessoas que transferem o assunto para um futuro remoto. Contudo devemos ter a certeza de que todos morreremos um dia. Isso já é motivo bastante para estudarmos o assunto.

Três obras são de grande importância para que possamos tomar ciência de como é o processo da morte num primeiro momento:

“Livro dos Espíritos”, Allan Kardec – A obra principal da codificação do Espiritismo. Capitulo III iniciando com a pergunta 149.

“Quem tem medo da morte”, Richard Simonetti – De forma simples, objetiva, e didática Simonetti nos revela todos os segredos da morte baseado em estudos da Doutrina Espírita.

“Ninguém Morre”. Francisco Cândido Xavier – Relatos reais de mensagens de pessoas que morreram para seus familiares recebido por psicografia de Chico Xavier.

As sínteses geram grande risco de dúvidas e contestações por justamente faltar maiores detalhes. Contudo mesmo com esse risco deixo aqui alguns pontos que devemos refletir:

  • Somos espíritos eternos. Já existíamos antes de nascer e ao morrer nosso espírito continua vivo, porém sem estar preso a um corpo físico.
  • A morada definitiva dos espíritos situa-se no Plano Espiritual. A vida num corpo físico é um momento transitório evolutivo.
  • Tudo que fizermos enquanto encarnados irá produzir reações contra nós mesmos. Boas atitudes geram boas reações. Más ações igualmente sofrimentos teremos no futuro espiritual e inclusive numa próxima vida. Com ferro fere com ferro será ferido, assim se gera carmas…
  • Nosso Pai Celeste é puro amor igualmente para todos nós. Todos os nossos sofrimentos, de nascença ou não são devidos a atitudes nossas em vidas passadas, e não por maldade dos Deuses.
  • A reencarnação é deduzida pelos sofrimentos que nos acontecem, pois são reações de atitudes indevidas nossas em vidas passadas; e também deduzida pelas nossas boas e más tendências, que são reflexos de vivências nossas em vidas anteriores. Quem não viu aquele garoto de 3 anos tocando piano clássico? Certamente foi um grande músico em vida anterior.
  • Quanto mais conhecimento dessas realidades, mais fácil será o passagem para o plano espiritual, pois todo conhecimento afasta o medo.
  • A pior morte de todas é o suicídio, onde o espírito irá continuar a receber todas as sensações e dores de sua morte até sua energia vital findar, indo para uma zona obscura. Orações em favor deles ajudam muito.
  • Ao nascermos, passamos por um processo de esquecimento de todas as vidas anteriores para que possamos ter o mérito de passar por essa curta vida material produzindo boas ações.
  • Ao morrermos, aos poucos nos lembramos de todas as nossas vidas anteriores e do que inicialmente idealizávamos fazer enquanto num corpo físico. Grandes decepções surgem desse momento. Devemos estar preparados para acertar aos poucos.
  • Quem conhece a obra de Francisco Cândido Xavier, o Chico, certamente sabe que a vida após a morte existe. Fica o convite para conhecer um pouco da obra.
  • Ao morrermos, muitos ainda pensam que estão vivos, pois a energia de nosso espírito, o perispírito, toma forma de nossa última encarnação. Assim devemos ter o hábito de orar, pois todos temos um espírito protetor – um “anjo da guarda”.
  • Criou muitas dúvidas ainda? Quer acabar com o medo da morte e se preparar para quando chegar esse momento? Fica o convite para o estudo da Doutrina Espírita. Download da obra básica da codificação nos links ao lado e abaixo alguns vídeos interessantes:

Livro dos Espíritos:

Chico Xavier:

Richard Simonetti

Mensagem de Dr. Bezerra de Menezes:

“Cristãos decididos
…Estamos sendo convocados pelos Espíritos nobres para ser os lábios pelos quais a palavra de Jesus chegue aos corações empedernidos.
Estamos sendo convocados para ser os braços do Mestre, que afaguem, que se alonguem na direção dos mais aflitos, dos combalidos, dos enfraquecidos na luta.
Estamos colocados na postura do bom samaritano, a fim de podermos ser aquele que socorra o caído na estrada de Jericó da atualidade.
Nunca houve na história da sociedade terrena tantas conquistas de natureza intelectual e tecnológica!
Nunca houve tanta demonstração de humanismo, de solidariedade, tanta luta pelos direitos humanos!
É necessário, agora, que os cristãos decididos arregacem as mangas e ajam em nome de Jesus.
Em qualquer circunstância, que se interroguem: – em meu lugar que faria Jesus?
E, faça-o, conforme o amoroso Companheiro dos que não têm companheiros, faria.
Filhos da alma!
Estamos saturados de tecnologia de ponta, graças, à qual, as imagens viajam no mundo quase com a velocidade do pensamento, e a dor galopa desesperada o dorso da humanidade em desalinho.
O Espiritismo veio como Consolador para erradicar as causas das lágrimas.
Sois os herdeiros do Evangelho dos primeiros dias, vivenciando-o à última hora.
Estais convidados a impregnar o mundo com ternura, utilizando-vos da compaixão.
Periodicamente, neste planeta de provas e expiações, as mentes em desalinho vitalizam microorganismos viróticos que dão lugar a pandemias  destruidoras.
Recordemo-nos das pestes que assolaram o mundo: a peste negra, a peste bubônica, as gripes espanhola, a asiática e a deste momento de preocupações, porque as mentes dominadas pelo ódio, pelo ressentimento, geram fatores propiciatórios à manifestação de pandemias desta e de outra natureza.
Só o amor, meus filhos, possui o antídoto para anular esses terríveis e devastadores acontecimentos, desses flagelos que fazem parte da necessidade da evolução.
Sede vós aquele que ama.
Sede vós, cada um de vós, aquele que instaura o Reino de Deus no coração e dilata-o em direção da família, do lugar de trabalho, de toda a sociedade.
Não postergueis o dever de servir para amanhã, para mais tarde.
Fazei o bem hoje, agora, onde quer que se faça necessário.
As mães afro-descendentes, as mães de todas as raças, em um coro uníssono, sob o apoio da Mãe Santíssima, oram pela transformação da Terra em Mundo de Regeneração.
Sede-lhes filhos dóceis à sua voz quão dócil foi o Crucificado Galileu que, ao despedir-se da Terra, elegeu-a mãe do evangelista do amor, por extensão, a Mãe Sublime da Humanidade.
Muita paz, meus filhos.
Que o Senhor de bênçãos nos abençoe.
O servidor humílimo e paternal de sempre,
Bezerra”

(Mensagem psicofônica recebida pelo médium Divaldo Pereira Franco, ao final da conferência pública em torno da maternidade, realizada no Grupo Espírita André Luiz, no Rio de Janeiro, na noite de 13 de agosto de 2009.)





Por que não ganho mais dinheiro e os projetos que busco não acontecem em minha vida?

21 08 2008

OBEDIÊNCIA

“Almejas realizar, influenciar, servir…

Afirmas-te, porém, sob constrições e dificuldades de toda sorte.

Observa, no entanto, o trem da vida em que viajas. Carro que transporta, poltrona que guarda, prato que serve o fruto que alimenta, não surgiram sem começo. E todas essas utilidades, em se formando, para se mostrarem proveitosas, obedecem e obedeceram, na construção, na ordem, no tipo, na estrutura…

Se algo esperas edificar, não te afastes das exigências do início.

E, depois do primeiro passo, se aspiras à vitória no objetivo, segue, dia a dia, no trato da obediência.”

Ideal Espírita – Emmanuel.

Com freqüência vimos pessoas bem sucedidas, até mesmo antigos colegas de curso em posições favoráveis financeiramente, e nos perguntamos o por quê de não termos conseguido mais sucesso em nossa vida?

Por outro lado, também vimos pessoas altamente qualificadas sem conseguir uma boa renda… E ainda mais, vimos pessoas com qualidades incríveis, esportistas que poderiam estar atualmente tentando ouro na Olimpíada da China e não conseguem nem um mísero patrocínio para sair de sua cidade do interior…

A resposta está em nós mesmos: Muitas vezes na preguiça de estudar, trabalhar, buscar, no tempo desperdiçado nas inutilidades, nas oportunidades que deixamos passar… Pois tudo para alcançar um fim deve-se ter um começo e seguir com obediência e disciplina, como nos alerta o espírito de Emmanuel no texto acima.

Isso mesmo – Espírito Emmanuel – pois esse texto acima foi psicografado por uma pessoa que possui o dom de “emprestar” o punho a uma pessoa já falecida para escrever mensagens para nós – espíritos encarnados. Essa pessoa foi o inquestionável Chico Xavier.

Contudo, ainda se faz necessário que saibamos mais um dos motivos por não se conseguir os sucessos desejados: Nossas ações no passado. Logo, observando as pessoas, pode-se notar que aparentamos ter um ponto máximo de sucesso. Muitos chamam a isso de destino ou carma.

Mas o que é destino, como seria esse ponto máximo de sucesso? Seria algo fixo ou poderíamos alterar nosso destino para melhor ?

Na realidade isso ocorre devido as nossas atitudes em vidas passadas. Pela lei da causa e efeito, sabe-se que todos os efeitos atuais existem causas anteriores. Estudando os corpos, Isaac Newton nos deu a dica com sua terceira lei, mas precisou da vinda do Espiritismo para nos dizer que as relações de causa e efeito são aplicadas em nossas vidas e não apenas nos acontecimentos da natureza.

Assim se praticamos ações negativas para as pessoas de nosso campo de ação em vidas passadas recebemos agora as reações dessas nossas atitudes em forma de fracassos, restrições orçamentárias, dificuldades de todos os tipos – exatamente como produzimos nas pessoas em nossas vidas anteriores. E não é uma punição, mas sim aprendizado e resgate !

E ainda mais, se simplesmente deixamos de ajudar as pessoas mais necessitadas que surgiram em nossas vidas – perdemos a chance de melhorar o nosso próprio “teto” máximo de sucesso. Pois é dando que se recebe !

Quanto mais egoísta no campo material fomos em vidas passadas menos renda teremos nessa vida atual. E se fizermos o mesmo nessa vida atual, estamos obviamente trabalhando negativamente com o nosso próprio futuro.  Simples e lógico essa aplicação na lei da ação e reação. Surge então ainda um bom questionamento…

E nessa vida estou sendo egoísta?

Como será minha próxima vida pelo que estou fazendo agora? (…)

Na atualidade a maioria das pessoas desse planeta ainda desconhecem essa lei universal que rege as nossas relações. Infelizmente muitas religiões buscam a melhora do ser humano, a busca por ações boas, por amor entre os povos, mas ainda não explicam por que se deve fazer o bem. Então o egoísmo prevalece.

Devemos assim, todos, divulgar, estudar e aproveitar os ensinamentos dos Espíritos Superiores nos livros codificados por Allan Kardec para dentre outras, por exemplo, os religiosos possam explicar a seus fieis o que acontece se o indivíduo fizer algo negativo com um próximo qualquer – Pois agindo assim ele estará na realidade se comprometendo em receber de alguma forma o que praticou com o seu irmãozinho no futuro, nem que seja ainda numa vida futura. Vejam como é sério.

Portanto esse mecanismo pode-se assim explicar uma das faces do tão temível “destino” ou “acaso” : São reações de nossas ações em vidas passadas.

Contudo não sabemos qual é o nosso “ponto máximo” de sucesso material. Logo nunca devemos desistir de nada e sempre persistir com disciplina e dedicação. Todo sentimento e conhecimento nunca se perdem, são eternos. Mesmo não conseguindo o sucesso que se almeja nessa vida estamos criando aptidões para as próximas vidas. Mesmo com o esquecimento do passado ao nascer mantemos nossas tendências vivenciadas anteriormente. Ou pensam que nossos dons de nascença surgem assim do nada?

Vejam bem, aquela criança sábia em matemática, ou aquele garoto que já nasceu cantando e tocando instrumentos musicais, ou ainda aquela menina que pinta quadros belíssimos…. são experiências que foram desenvolvidas em vidas passadas e agora essas pessoas tem muito mais facilidades nessas tarefas. Para quem tem resistência em aceitar a possibilidade de reencarnação – essa lógica pode ser considerada uma das provas para sua validação.

Afinal se Deus é tão bom para todos como pode alguém nascer miserável e outra em uma família riquíssima? Não é coincidência podem ter certeza.

Ou seja, primeiramente, só atingiremos um ponto máximo de renda ou sucesso que nos é permitido se nos dedicarmos, se iniciarmos hoje ações produtivas com perseverança, garra e vocação antes de tudo.

Em segundo, devemos seguir a sugestão do espírito de Emmanuel – que nos convida para a caridade e a servir ao próximo – pois com a caridade estamos fazendo o bem ao próximo e compensando todo o mal que fizemos em vidas passadas abrindo novas perspectivas de sucesso na vida atual e futura. Esse é o maior caminho para nossa redenção, para conseguirmos o verdadeiro perdão que Jesus quis e quer nos ensinar – o perdão pelas ações de amor ao próximo.

Sendo assim, lembramos que não devemos apenas procurar o sucesso material, pois nos momentos graves que o planeta está vivendo, o sucesso espiritual deve ser sempre o mais buscado. “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam” nos disse Jesus.

Ao buscar alguma atividade, esteja certo de estar dentro do seu limite físico, de seus ideais, se não está prejudicando ninguém – nem mesmo a natureza – assim, além do sucesso material, estará ajudando a toda sociedade e conseguindo talvez o mais importante disso tudo: muitos momentos de felicidade e paz de consciência…

….não esquecendo que tudo tem um início, mas para ter um fim sempre se deve ter obediência !

Quanto aos outros motivos para não se conseguir sucesso? Bem aí já é outro estudo, mas deixo um texto muito profundo do Espírito de Joanna de Ângelis psicografado por Divaldo P. Franco:

D I A S    D E   S O M B R A

“A luz divina envolve-me, e rompe as trevas exteriores que teimavam sitiar-me na amargura. Deixo-me clarear, e todas as dificuldades se desfazem, ensejando-me ver melhor o programa da existência. O pessimismo desaparece e a irritação se acaba. Estou destinado ao êxito, que buscarei com a mente enriquecida de entusiasmo. Banho-me de luz externa e sou luz interior.”

Coincidentemente, há dias que se caracterizam pela sucessão de ocorrências desagradáveis. Nada parece dar certo.

Todas as atividades, se confundem, e os fatos se apresentam deprimentes, perturbadores.

A cada nova tentativa de ação, outros insucessos ocorrem, como se os fenômenos naturais transcorressem de forma contrária.

Nessas ocasiões as contrariedades aumentam, e o pessimismo se instala nas mentes e na emoção, levando-as a lembranças negativas com presságios deprimentes.

Quem lhe padece a injunção tende ao desânimo, e refugia-se em padrões psicológicos de auto-aflição, de infelicidade, de desprezo por si mesmo.

Sente-se sitiado por forças descomunais, contra as quais não pode lutar, deixando-se arrastar pelas correntes contrárias, envenenando-se com o mau humor.

São esses, dias de provas, e não para desencanto; de desafio, e não para a cessação do esforço.

Quando recrudescem as dificuldades, maior deve ser o investimento de energias, e mais cuidadosa a aplicação do valor moral na batalha.

Desistindo-se sem lutar, mais rápido se dá o fracasso, e quando se vai ao enfrentamento com idéias de perda, parte do labor já está perdido.

Nesses dias sombrios, que acontecem periodicamente, e às vezes se tornam contínuos, vigia mais e reflexiona com cuidado.

Um insucesso é normal, ou mesmo mais de um, num campo de variadas atividades.

Todavia, a intérmina sucessão deles pode ter gênese em fatores espirituais perniciosos, cujas personagens se interessam em prejudicar-te, abrindo espaços mentais e emocionais para intercâmbio nefasto contigo, de caráter obsessivo.

Quanto mais te irritares e te entregares à depressão, mais forte se te fará p cerco e mais ocorrências infelizes tomarão forma.

Não te debatas até a exaustão, nadando contra a correnteza. Vence-lhe o fluxo, contornando a direção das águas velozes.

Há mentes espirituais maldosas, que te acompanham, interessadas no teu fracasso.

Reage-lhes à insídia mediante a oração, o pensamento otimista, a irrestrita confiança em Deus.

Rompe o moto-contínuo dos desacertos, mudando de paisagem mental, de forma que não vitalizes o agente perturbador.

Ouve uma música enriquecedora, que te leve a reminiscências agradáveis ou a planificações animadoras.

Lê uma página edificante do Evangelho ou de outra Obra de conteúdo nobre, a fim de te renovares emocionalmente.

Afasta-te do bulício e repousa; contempla uma região que te arranque do estado desanimador.

Pensa no teu futuro ditoso, que te aguarda.

Eleva-te a Deus com unção e romperás cadeias da aflição.

Há sempre Sol brilhando além das nuvens sombrias, e, quando ele é colocado no mundo íntimo, nenhuma ameaça de trevas consegue apagar-lhe, ou sequer diminuir-lhe a intensidade da luz.

Segue-lhe a claridade e vence o teu dia de insucessos, confiante e tranqüilo.

pelo Espírito Joanna de Ângelis – Psicografia de Divaldo P. Franco – Momentos de Saúde

SUCESSO A TODOS !

Continue lendo para saber como aumentar o nosso sucesso :

https://joanadarc.wordpress.com/2014/06/04/como-aumentar-a-criatividade-e-ter-mais-sucesso-em-todos-os-setores-de-nossas-vidas-vejamos-os-efeitos-do-culto-no-lar/

———————————————————

Links para Donwload gratuito e referências bibliográficas:

A Felicidade – http://www.espirito.org.br/portal/palestras/ceecp/felicidade.html

Doutrina Espírita –http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/index.html

Wikipédia – Isaac Newton – http://pt.wikipedia.org/wiki/Isaac_newton

Portal do Espirito – http://www.espirito.org.br/

Download Audios – http://www.espirito.org.br/portal/download/audio/index.html





Anjos da Guarda & Doris Guisse sendo amparada…

27 04 2007

G1 Apresentadora caiu do oitavo andar sobre o telhado da garagem ao tentar salvar o gatinho da família. (G1)

A Doris, que Jesus possa estar iluminando seu ser espiritual para que descubra nesse renascimento muitas forças contínuas para a caridade e amor, estando assim mais próxima de Deus.

Aproveitando esse acidente vamos tirar algumas lições.

Todos nós temos um Anjo da Guarda responsável por nós – um espírito mais elevado que nós – com a missão de nos guiar e proteger enquanto estivermos encarnados ao nosso corpinho. Um trabalhador do meu grupo já foi atropelado, voou longe e caiu no chão. Quando houve esse acontecimento mais de um médium do meu grupo em conversa informal, me disse que o espírito protetor unido a outros espíritos tiveram que trabalhar muito, se mobilizando para que o acidente não tivesse maiores conseqüências. E realmente não teve. Assim também acredito que no caso da Doris Giesse ocorreu o mesmo. Não era a sua hora e houve com certeza grande mobilização de espíritos não apenas superiores, mas afins a ela, que guiaram sua queda.

Desse assunto portanto enumeramos alguns itens que devemos estar cientes a respeito de nosso “anjo da guarda”:

– Lei da Atração: A comunicação no plano espiritual se dá através do pensamento. E pela lei da atração, de acordo com nossos pensamentos, estaremos atraindo para perto de nós espíritos afins a eles. Se pensamos de forma constante em sexo, maldades e sentimentos ruins, com certeza ao nosso lado estará espíritos inferiores a nós mesmos sugerindo em nossa mente todos os tipos de obscuridades e erros, podendo até mesmo criar uma obsessão espiritual. Se pensamos em boas ações, no nosso trabalho, com fé, estaremos sintonizados com espíritos igualmente bons e principalmente ligados ao nosso espírito protetor. Exercitemos nossos pensamentos, não é por acaso que Jesus nos recomenda: “Orai e Vigiai!!!” – pois devemos vigiar os pensamentos. E orar para que os pensamentos ruins se afastem.

– Todos nós temos um Anjo da Guarda e nós podemos ouvi-lo, pois muitos dos nossos pensamentos são provenientes do nosso protetor que está imputando em nossa mente para no ajudar e guiar.

– O Anjo da Guarda sempre nos ouve, pois todos os nossos pensamentos são acessíveis a ele. Nos comunicamos através de pensamentos. Por isso quando pensamos coisas ruins ele se afasta, pois não se afina com eles; e ficamos a mercê de espíritos menos informados, que não se importam com o nosso bem, e até possíveis obsessores. Devemos ter cuidado, pois também eles, podem imputar pensamentos em nossa mente! Muitas ações nossas infelizes são praticadas devido a estarem nos impulsionando, principalmente ligadas aos excessos como sexo, drogas, depressões… Um bom combate a isso é a música. Cantar nos liga a uma faixa de freqüência mais elevada. E o melhor combate chama-se caridade, pois o ócio das horas vagas nos leva a maus pensamentos.

– Como saber se os nossos pensamentos são proveniente de uma sugestão do nosso anjo da guarda, de um espírito inferior, ou mesmo de nossa mente? Jesus já nos dizia para amar ao próximo como a si mesmo, pois nos colocando sempre no lugar do próximo. E imaginando as reações que possam resultar pela prática desses pensamentos ao próximo podemos distinguir pensamentos bons dos maus.

– Muitas vezes o nosso Anjo da Guarda quer nos ajudar, mas não pode – pois muitos acidentes graves são necessários para quitarmos uma má ação nossa no passado e assim estarmos livre dessa dívida. Muitos acontecimentos ruins e doenças, na verdade, é a cura de nosso espírito – nossa pessoa futura! Mas também o Anjo da Guarda não vai nos ajudar se agirmos com imprudência, pois o livre-arbítrio existe e não nos livra de acidentes se estamos procurando. Como por exemplo, pela prática de esportes pra lá de radicais sem cuidados necessários, “pegas” de corrida de carro nas ruas, desafios, excesso de velocidade, e etc. Toda imprudência já entra no campo do suicídio.

– Com a certeza da existência do nosso Anjo da Guarda, não vamos ignorá-lo, conversemos com ele, todos os dias, como um amigo invisível que é. Antes de nascermos todos nós somos ajudados por eles e sabemos de muitas provas e expiações que iremos enfrentar na Terra. Daí alguns sonhos reveladores antes de algum acidente inevitável (Lembram-se do grupo Mamonas onde um integrante sonhou com queda de avião um dia antes?). E como um treinador-amigo combinamos com nosso Anjo da Guarda que faríamos tudo de bom, aceitaríamos nossos sofrimentos e aproveitaríamos o máximo de nossas riquezas. Ao reencontrá-lo não fiquemos envergonhados de nossas ações improdutivas, impaciência, ira e falta de fé.

Outro assunto é referente às especulações. Muitas pessoas gostam de especular acidentes correlacionando com depressão, suicídio, etc. Pois digo uma coisa: Nunca devemos ter pensamentos pré-determinados ou supostos sobre alguma coisa e principalmente sobre alguém! Assim procedendo em pensamentos, sem o saber da verdade, estaremos vibrando e sintonizando negativamente atraindo a nós mesmos maus espíritos.

Mas como forma de alerta geral, gostaria de teclar algumas coisas sobre depressão e suicídio:

Primeiro que o suicídio é uma das piores mortes que alguém pode realizar. O resultado no plano espiritual irá ser terrível. Na verdade a pessoa não irá ver nenhum anjinho nem muito menos Jesus, Maria, nem mesmo seu espírito protetor – iluminado, puro, sorrindo !! NÃO ! Irá direto para uma zona onde se encontram todos os suicidas. Isso por ainda terem vida (energia vital), mas seu espírito já estar solto do corpo, já se decompondo. Além de ver seu corpo no estado que deixou, irá vê-lo se deteriorando ao poucos, sentirá todas as dores e sensações da forma de sua morte por todo o tempo de vida que ainda iria ter. Além disso irá estar junto com outros suicidas nas formas que ficaram ao morrer – mutilados, cortados, quebrados… Um verdadeiro filme de terror real para seu espírito. E terá que reencarnar com muitos problemas para quitar sua ação auto destrutiva. Muitos dos que possuem doenças mentais, síndromes, foram suicidas no pretérito. O alerta está dado.

Outro assunto complexo é a depressão. Toda pessoa que sofre de depressão, além dos remédios e tratamento médico, deveria passar por um tratamento numa casa espírita séria (filiada a FEB). As obsessões podem ser uma grande causa de depressão. Espíritos a quem nós fizemos mal no passado ou mesmo nessa vida podem estar 24 horas nos atacando pela menor chance que possa surgir. Uma das causas chama-se aborto. Deve-se tomar muito cuidado com os métodos contraceptivos. Alguns não são recomendados, pois não pode haver a fecundação. Caso haja a fecundação já existe vida, e o cancelamento disso é aborto. Muitas depressões são causadas por abortos que as mulheres fazem, sem mesmo saber. O espírito que iria vir se revolta e torna-se um inimigo no plano espiritual.

A melhor solução para obsessões ainda chama-se caridade, ações para o bem. Mas no caso da depressão, a própria doença impede o ser desse ato. É um caso muito difícil em que toda família deve ajudar, seja por meio de orações individuais, reuniões familiares para oração e estudo (culto no lar) sempre no mesmo horário e com freqüência certa, além de muito carinho, compreensão e cuidados. Para maior esclarecimento sobre depressão na visão espírita de forma completa clique em http://www.jesusdenazare.org/pdf/Depress%E3o-Artigo.PDF

Que um dia todos possam estar cientes das leis de Deus, do Universo, com a fé raciocinada que o Espiritismo fornece – pois é uma fé baseada em estudos doutrinados em bases científicas e filosóficas vindo do Espírito da Verdade, enviado por Jesus.

Se alguém tiver um amigo com essas possibilidades divulguem essas palavras e o link abaixo citado, já estará fazendo uma grande caridade.

Referências:

Livro dos Espíritos (download)

Leitura para as crianças: Aprenda a conversar com seu Anjo. Raul Teixeira.

Outros Links:

http://www.nenossolar.com.br/ciencias/artdvies.html

http://www.jesusdenazare.org/biblioteca.htm