Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade – Jesus.

14 04 2012

Religião é Ação na Caridade...

Por acaso essa semana me deparei com um Blog no qual defendia a missa em Latin no Brasil. Intrigado com esse fato comecei a refletir sobre as religiões, filosofias, e como é importante uma constante autocrítica diante da força de uma sociedade formada.

 Nesse contexto nada mais razoável que busquemos a palavra do Mestre Jesus para nos aconselhar nessa reflexão.

_ Afinal, estou na religião de melhor proveito…

Aquela que leva seus seguidoras a produzir boas ações dentro da caridade social – Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.

_ Como saber se estamos no caminho errado…

Pelas ações que praticamos e pelas ações dos grupos a qual estamos ligados. Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo.

_ Como descobrir se as atitudes, procedimentos e rituais ensinados são realmente úteis…

Pela utilidade que resultam nas pessoas e para a sociedade. E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.

_Como saber se estamos fazendo o certo…

Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

E diante do mal já praticado somente o amor na forma da caridade para resgatá-los. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados.

_ Diante do materialismo como proceder…

Para a vida material a felicidade relativa está na posse do necessário; para a vida moral, a pureza da consciência e a fé no futuro.

 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

Sendo assim finalizo esse convite a reflexão com as quatro primeiras questões do Livro dos Espíritos, onde Allan Kardec formula ao Espírito da Verdade (Jesus) a seguinte pergunta…

1 ) O que é Deus?

– Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas.

 2 ) O que devemos entender por infinito?

– O que não tem começo nem fim; o desconhecido; tudo o que é’ desconhecido é infinito.

3) Poderíamos dizer que Deus é infinito?

– Definição incompleta. Pobreza da linguagem dos homens, que é insuficiente para definir as coisas que estão acima de sua inteligência.

 ( Deus é infinito em suas perfeições, mas o infinito é uma abstração. Dizer que Deus é infinito é tomar o atributo2 de uma coisa por ela própria, é definir uma coisa que não é conhecida por uma outra igualmente desconhecida.)

4. Onde podemos encontrar a prova da existência de Deus?

– Num axioma que aplicais às vossas ciências: não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo o que não é obra do homem, e a vossa razão vos responderá.

(Para acreditar em Deus, basta ao homem lançar os olhos sobre as obras da criação. O universo existe, portanto ele tem uma causa. Duvidar da existência de Deus seria negar que todo efeito tem uma causa e admitir que o nada pôde fazer alguma coisa.)

 Referências —————————————————-

Biblia on line

http://ie6.bibliaonline.com.br/acf

Livro dos Espíritos *

http://www.portaldoespirito.com.br/arquivos/o-livro-dos-espiritos.pdf?attredirects=0

Mas, quando vier o Consolador *, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.  ( João 15:26)





Doe Palavras

22 06 2010

Repassando:

Doe palavras

“A tecnologia dos tempos atuais presenteia-nos, por vezes, com oportunidades inigualáveis.

Você já pensou em doar palavras de consolo, de amizade, de incentivo?

Pois é, hoje isso já é possível – doar palavras.

Um hospital brasileiro, especializado no tratamento a pacientes com câncer, lançou uma campanha inspiradora. Chama-se: Doe palavras.

Qualquer um de nós acessa o site da instituição e lá encontra o convite: enviar palavras de fraternidade aos pacientes atendidos pelo hospital.

Digita-se uma mensagem curta e, dentro de algum tempo, essas palavras chegam ao ambiente de tratamento, através de televisores espalhados por todo hospital.

As mensagens aparecem sempre com assinatura, assim, os pacientes podem saber quem as endereçou e quando o fez.

As frases são belíssimas, inspiradas, amorosas, mostrando uma face de nosso povo que, por vezes, permanece desconhecida – a face da fraternidade.

Eis alguns exemplos:

Muita fé, esperança e coragem. Amanhã será melhor do que hoje. Um beijo para cada um de vocês! Enviada por Victoria.

Esteja em paz com você mesmo. Esse é o único caminho da vida. Acredite, ame e fique em paz, tudo vai melhorar. Enviada por Alexandre.

A maior fortaleza do homem é resistir aos impactos da vida. Levantar a cabeça e seguir em frente sem ressentimentos. Enviada por Felipe.

Recebam uma vibração calorosa em seu coração. Tenham uma boa noite! Enviada por José.

Uma após outra vão surgindo nas telas de projeção do centro médico, mostrando que as pessoas ainda se importam umas com as outras.

Milhares de quilômetros de distância desaparecem.

Alguém do outro lado do mundo poderá acessar, escrever, e dizer: Eu me importo com você. Ou ainda: Eu sei o que você está passando, pois já passei por isso. Força, amigo!

Os pessimistas de plantão poderão dizer que a tecnologia está nos afastando uns dos outros, mas esta é uma das muitas provas do contrário.

Se a vontade e o coração desejarem, a tecnologia opera milagres no bem.

É exatamente isso que o projeto: doepalavras.com.br busca alcançar.

Segundo eles mesmos explicam, esse é o objetivo do projeto: usar a inteligência coletiva para gerar um grande fluxo de mensagens do bem, e levar toda essa força para dentro do hospital.

Vale a pena participar. Vale a pena criar movimentos que aproximem as pessoas.

É tempo do bem mostrar a sua força.”

Redação do Momento Espírita

http://www.doepalavras.com.br/





A procura de um amor

19 12 2008

O egoísmo gera solidão. O primeiro ato para se acabar com a solidão, logo, é acabar com o egoísmo !

No link abaixo podemos ler mais sobre o egoísmo:

http://ideiaespirita.blogspot.com/2008/12/ainda-propsito-do-tema-egosmo-to-difcil.html

Muitas pessoas ficam a vida inteira a procura de um amor, um namorado, um amigo e muitas vezes não conseguem nem uma pequena amizade. É difícil muitas vezes entender como pode existir pessoas com um grande número de amigos e relacionamentos e outras pessoas sem ninguém.

Em muitos casos, mesmo em contato social com outras pessoas não conseguem criar vínculos de amizade. Quem não conhece uma pessoa solitária ? Eu conheço várias pessoas, e não é por aparência ou falta de dinheiro. Então, o que seria?

Pessoalmente tenho uma teoria da causa do problema de solidão. Duas correntes seriam basicamente responsáveis por esse comportamento. Ao meu ver pode ser uma causa espiritual e outra causa educacional.

A primeira verifica-se como resultado de um efeito de vidas passadas onde o indivíduo aproveitou suas relações interpessoais para gerar excessos e causar danos ao próximo e a si mesmo. Assim nessa vida se está colhendo frutos desse desvio de conduta do passado – vivendo uma vida solitária onde parece que as pessoas o repulsam e nada acontece. Inclusive há relatos de espíritos que eram em vidas passadas fisicamente lindíssimos e por usarem mal sua beleza física reencarnam numa vida futura com corpos muito feios.

A segunda acredito que seja a mais forte, a de cunho educacional. Infância sem carinho, com pais problemáticos, sem receber a devida atenção. Depois a falta de convívio com outras crianças também pode criar dificuldade de socialização. Por isso defendo que, além da presença intensa dos pais,  uma Creche bem organizada e cuidada é muito importante para o futuro da criança. Assim desde pequena mantém contato com outras crianças, com grupos sociais, conhecendo desde o início os problemas e prazeres de estar vivendo em grupo. Aprende a se defender de uma mordida do colega, do empurrão de outro e brinca sempre em grupo, criando vivências facilitadores de interpessoalidade no futuro.

A comunicação assim é primordial nas relações interpessoais, desenvolvida bastante com a convivência com outras pessoas desde a pequena infância e com a influências diretamente dos pais.

Contudo mesmo assim nunca é tarde para mudanças. Se o problema é espiritual, como saber? Não se pode saber. Se o problema é educacional, como resolver? Não podemos voltar a trás.

Mas devemos ter a certeza que sempre podemos começar agora e fazer um novo começo, como nos sugere Chico Xavier em psicografia. Na maioria dos casos os problemas podem ser combatidos. Se for espiritual, combatemos com a caridade para ganhar créditos e apagar nossas maldades do passado. Se for educacional, começemos agora novas medidas educaticas, cursos, estudos de linguagem, gramática, oratória, teatro.

Certeza absoluta podemos ter de uma coisa – em todos os casos a necessidade da ação, do movimento de nosso corpo para o desconhecido, para a sociedade, para o contato com as pessoas é totalmente necessário. Seja engajando-se em uma religião, seja iniciando um curso universitário, curso de dicção, de teatro, de canto… quem é muito tímido e sem assunto pode começar com um curso de canto, um instrumento musical – a música produzida com sentimento atinge a alma e nos faz luz.

Espero que todos possamos estar nos auto-avaliando para buscar sempre crescer nossos relacionamentos com responsabilidade e ética – assim forma-se amigos para mais de uma vida.

CIFRA para violão da música – A Fórmula do Amor – Leo Jaime

Intro: G D Em7 D

G       D            Em7      D
Eu tenho o gesto exato, sei como devo andar
G     D            Em7      D
Aprendi nos filmes pra um dia usar
C             Cmaj7
Um certo ar cruel de quem sabe o que quer
Am7                     D
Tenho tudo planejado pra te impressionar
G    D         Em7      D
Luz de fim de tarde, meu rosto em contra-luz
G       D           Em7       D
Não posso compreender, não faz nenhum efeito
C          Cmaj7
A minha aparição será que errei na mão
Am7                          D
As coisas são mais fáceis na televisão

PRE-CHORUS:
Bm7                 C
Mantenho o passo alguém me vê
G          C
Nada acontece, não sei porque
G                   C
Se eu não perdi nenhum detalhe
D
Onde foi que eu errei

G      D          C        D
Ainda encontro a fórmula do amor
G      D          C        D
Ainda encontro a fórmula do amor
Ebº    Em7
Ainda encontro, ô, ô, ô,
C              G     D
A fórmula, a fórmula do amor

(break 2 compassos)

[intro]

Eu tenho a pose exata pra me fotografar
Aprendi nos livros pra um dia usar
Um certo ar cruel, de sabe o que quer
Tenho tudo ensaiado pra te conquistar

Eu tenho um bom papo e sei até dançar
Não posso compreender, não faz nenhum efeito
A minha aparição será que errei na mão
As coisas são mais fáceis na televisão

Eu jogo um charme, alguém me vê
Nada acontece, não sei porque
Se eu não perdi nenhum detalhe
Onde foi que eu errei

Ainda encontro a fórmula do amor
Ainda encontro a fórmula do amor
Ainda encontro a fórmula, a fórmula do amor

[Intro de novo, depois volta primeiro bridge e vai pro final…]