Resistindo a tentação

24 01 2017

jeanne.jpgTentação é um estímulo ou indução a um ato que pareça atraente, ainda que seja inapropriado ou contradiga alguma norma ou convenção social sendo, consequentemente, proibido. A definição de tentação pode ser aplicada a uma ampla gama de ações (por exemplo, o desrespeito a uma restrição alimentar, a trapaça, a ostentação de artigos de luxo, a procrastinação. (Wikipédia)

Quando se estuda a Doutrina Espírita, verifica-se a necessidade de vigilância de nossos atos, pois todos geram consequências, mesmo o ato de não fazer simplesmente nada! Sim, toda causa tem efeitos. Deixar a oportunidade de praticar o bem é fazer o mal !

Analisando assim nossas ações diárias, verificamos suas reações. Muitas delas podem com certeza produzir reações negativas para nossa própria pessoa. Ainda assim, fazemos. Seja por afinidade a elas, por vício, ou mesmo por desejar, gostar, ter prazer, apenas querer e pronto!

Traições, consumo de produtos maléficos a saúde, indo desde fofocas no trabalho a excessos de todos os tipos, sexo de risco, desrespeito ao patrimônio alheio, etc. Tudo isso para satisfazer o nosso “querer”.

Assim – tais atos que gostamos de fazer, mas que sabemos produzir efeitos negativos – são as tentações !

Para compreender melhor tal situação, adentremos na visão Espírita sobre o assunto:

Nunca estamos sozinho, nesse exato momento, uma gama variada de espíritos está ao nosso lado, nos observando, influindo sugestões em nossas mentes. Verifica-se que muitos dos pensamentos dos indivíduos, não são de origem própria, mas sugestões de espíritos próximos. Tal fato está reportado facilmente na Codificação e nos livros psicografados por Chico Xavier.

Assim, resistir a uma tentação, não é fácil. Primeiro porque simplesmente gostamos dela ! Mas sabemos que produz efeitos negativos ! Então decidimos não realizá-la – vamos resistir !

Mas nesse momento entra em cena as sugestões dos espíritos que também se beneficiavam de  alguma forma com a prática de tal ação. Os segundos passam e surgem pensamentos, e até imagens mentais nos levando a prática da tentação !

Podem pensar:

_ Sinistro !

Mas é.

Então, o que fazer ?

Ai vai minha receita:

  1. Na emergência, mude de ambiente, faça outra coisa imediatamente que também tenha prazer, mas que não seja nocivo: ai vai desde cantar, tocar violão, andar de bicicleta…
  2. Reorganize seu tempo para que não tenha mais tempo ! Faça uma agenda forte de atividades produtivas, participe de grupos de estudo, instituições, esportes, trabalhos voluntários nos horários livres ! Depois de um tempo nesse ritmo, olhe para trás e veja o verdadeiro sentido de viver – ao perceber que você fará falta em algum desses grupos ou atividades ! Isso irá motivá-lo a fazer ainda mais.
  3. Faça o Culto do Evangelho no Lar.

Interessante notar que todos esses itens, o primeiro emergencial e os dois seguintes a médio e longo prazos, se instaurados como rotina, irão também afastar os espíritos, aqueles que querem te empurrar para as atividades tentadoras… e aos poucos, são substituídos por espíritos com ideais mais nobres!

Não se espante se “do nada” surgirem ideias brilhantes e ótimas oportunidades profissionais e pessoais em sua vida !

Anúncios




Diante do medo !

6 05 2014

“A dúvida infunde medo e impede a plena conexão com Deus em nossa intimidade.”

Num estudo sobre Espiritismo, uma pessoa estudiosa estava alertando os ouvintes sobre os espíritos inferiores, que são atraídos muitas vezes por deslizes nossos em momentos de fraqueza. E desse momento em diante passam a nos seguir para tentar nos influenciar através de pensamentos com objetivos de aproveitar nossas energias e fluidos materiais. Nesse momento em tom de alerta falava sobre tais espíritos – vampiros … que na realidade foram pessoas que eram muito ligadas ao campo material das sensações no pós morte continuam buscando absorver tais sensações através de nós que ainda estamos no corpo material. Complicado para leigos no assunto e mais assustador ainda para que não tinha conhecimento espírita.

Então foi comentado que tais espíritos nos acompanhariam até nossas residências criando problemas de todos os tipos e até mesmo obsessões espirituais…

Pude perceber muitos olhos arregalados.

Então não pude omitir minha opinião. Existem tais espíritos “desinformados da obra Divina” buscando obsediar espíritos vivos num copo físico – Sim. Mas também temos o Culto no Lar que faz de nossa residência um verdadeiro Forte contra a presença de tais espíritos.

Basta uma vez por semana, em um mesmo dia e horário, passar a reunir a família, ou mesmo sozinho, para estudar o Evangelho Segundo o Espiritismo com suporte da Bíblia e outros livros, mesmo de outras religiões – pois este é um conselho para todos. Agindo dessa forma, com estudos sistemáticos no Lar, os bons amigos do Alto estarão presentes em nossa residência, estaremos acendendo uma grande vela na escuridão do mundo, auxiliando não apenas nossa residência, mas também os vizinho e toda a rua.

O medo só é aniquilado com a dissolução das dúvidas. Com a Doutrina Espírita em estudo sistemático de suas obras temos claramente descortinado todas as fantasias que chamam de paranormal, temos claramente exposto as mensagens de Jesus em sua essência  mais pura, e temos ainda a produção de toda uma filosofia de busca moral baseada em método científico. E através da reforma íntima levantamos a espada contra nós mesmos em processo de lapidação das más tendências subindo a cada dia mais para o alto da Criação.

E ainda com todas as informações passamos a produzir uma fé na Criação baseada na lógica e nas revelações de Jesus (Espírito da Verdade) por Allan Kardec.

Muitos estão até hoje esperando a volta do Cristo, mas ele já voltou e deu uma grande “entrevista” para Allan Kardec produzir “O Livro dos Espíritos” e todas as outras obras da Codificação Espírita. Uma pena poucos aproveitarem, seja por preconceito antes mesmo de ler pelo menos esta primeira obra, seja por falta de tempo. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça…. e na atualidade, quem tem olhos para ler, estude.

Mais detalhes sobre o Culto no Lar….

https://joanadarc.wordpress.com/category/culto-no-lar/

Mais sobre reforma íntima

https://joanadarc.wordpress.com/2007/05/15/bases-para-nossa-reforma-intima-num-mundo-sem-educacao/





Cansaço, desânimo, falta de atenção. Saiba o por quê.

27 03 2014

Esses sintomas podem ser de ordem físico, causados principalmente pelo estresse, problemas na tireoide, falta de uma alimentação balanceada, problemas com sono, ansiedade.

Contudo também podem ser de ordem espiritual, causados por obsessões espirituais.

Tratamos aqui a segunda hipótese – obviamente a mais polêmica. Para quem não acredita em espíritos ou na vida após a morte, tais fatos simplesmente não existem. Contudo com a observação dos relatos atuais, das facilidades dos meios de comunicação, onde as provas sobre o mundo espiritual são a cada dia mais acessíveis, basta procurar informações.

É um assunto complexo em termos de estudo da Doutrina Espírita. Para quem não conhece a Doutrina aconselho a ler esse artigo primeiro.  https://joanadarc.wordpress.com/?s=o+que+%C3%A9+espiritismo

Uma questão complexa está nos vícios. Para entendermos como o vício possui uma relação intensa com o mundo espiritual, devemos saber sobre a lei de sintonia. No mundo espiritual, não conversamos pelo som. Mas sim pelo pensamento. Devemos ter bem em mente essa situação. Não há como fingir. Dessa forma – ao produzir um pensamento – o espírito gera uma sintonia, uma vibração, uma faixa de energia que irá se ligar com outros espíritos dessa mesma faixa, fazendo conexões.

Da mesma forma ocorre nos espíritos que estão presos ao corpo físico, encarnados, ou seja nós mesmos. Apesar de, na maioria das vezes não podermos ver os espíritos (tem gente que vê), ao pensarmos em alguma coisa estamos criando um link, ou seja, dando um grito no plano espiritual. Sim, um grito mesmo, bem alto e constante, numa faixa determinada de onda, como uma rádio. Obviamente, aqueles espíritos sábios não irão querer escutando um funk do “leco leco leco…”. Dessa forma o tipo de pensamento estará de acordo como o grau de evolução do espírito.

Essa parte é importante, pois existem muitos tipos de espíritos. Os maus, os ignorantes, os que ainda se ligam as coisas materiais, os que estão ainda errando, mas buscam melhores… os bons, os superiores… e por aí vai até chegar aos puros – nosso objetivo. No Livro dos Espíritos tem um capítulo sobre esse assunto que vale a pena a leitura.

Dessa forma, quando praticamos ações de cunho estritamente material, principalmente na ordem das sensações, estamos nos ligando a espíritos inferiores. Tais espíritos ainda absorvem a energia que liberamos nessas situações. Muitos autores esotéricos chamam de vampiros. Mas em resumo, geralmente são apenas espíritos humanos que tinham como objetivo de vida desfrutar de prazeres, desencarnam e continuam estacionados como zumbis das trevas, na ignorância de Deus. Na série de livros do autor espiritual André Luiz, psicografado por Chico Xavier, temos com detalhes essas questões. Vale a pena começar pela obra Nosso Lar e depois entrar na obra Missionários da Luz.

Nessa situação de sintonia, pode surgir os vícios. Que são as forças dos espíritos inferiores em NOSSA MENTE nos influenciando e nos levando a praticar atos repetitivos ligados ao sexo, álcool e drogas, onde eles absorvem nossa energia ao liberarmos as mesmas. Quando Jesus recomendou “Orar e vigiai” – sabiamente estava nos ensinando a nos proteger dessas influências negativas e destruidoras. E tudo pode começar apenas com uma masturbação rotineira, promiscuidade, pornografia, tudo atraindo cada vez mais espíritos até transformar o indivíduo em um fantoche.

Os jovens são alvos fáceis desse tipo de obsessão espiritual, muitos pais ainda incentivam a pornografia e o uso da internet sem controle com tempo livre de sobra. O prazer solitário viciante alimenta as obsessões. A energia do centro genésico que é responsável pela concentração e criatividade é subtraída diariamente produzindo uma pessoa com problemas de memória, concentração, fraqueza. Para se aprofundar nesse assunto existe uma apostila muito interessante no site BV Espírita (Centros de Energia Vital) abaixo.

A Epífase e os Centros de Energia Vital . pdf

Parar e observar nossa rotina, pensamentos e ações é algo muito mais importante do que se imagina. Ideias brilhantes, sucesso profissional, bem estar pessoal, tudo isso pode mudar completamente. Nossas companhias espirituais podem ser cruciais em todos os momentos de nossas vidas. Mas tudo isso depende apenas de cada um de nós buscar uma melhora moral em mudança de comportamento. Para isso temos um remédio de apoio infalível – a prática da caridade em qualquer uma de suas formas.

Abaixo um vídeo sobre sintonia. Sucesso para todos.





Sexo Divino

1 10 2010

A Dirigente do Grupo Espírita a qual frequento nos disse uma frase que nunca esqueci: ” O sexo é divino, devemos divinizar o sexo.”

Ao contrário do que muitos imaginam, criando fundos demoníacos, o sexo é divino e deve ser tratado como uma prática de Deus. Essa é a visão da Doutrina Espírita pelo que tenho estudado até agora. Devemos divinizar o sexo em nossa prática.

Através de sexo o ser humano tem a chance de sentir-se como um pouquinho  do sentimento de criação de Deus – pela maternidade e paternidade. Como um ensaio para nossa elevação somos convidados através do sexo a gerar filhos  com responsabilidade e ser chamados como Pai ou Mãe.

Assim como pode o sexo ser um tema proibido na Doutrina Espírita? Como pode não falar de sexo abertamente com nossos filhos ou amigos? E por outro lado, como levar consciência e responsabilidade a prática do sexo sem divulgar o conhecimento? Impossível não falar sobre o sexo.

Contudo o tema deve ser tratado e estudado com profundidade através de estudos sistemáticos e não apenas com comentários frequentes, mas superficiais demonstrando uma abertura de diálogo franca, mas sem conhecimento devido. Dessa forma torna-se até mesmo prejudicial.

Todos estamos sujeitos pela lei da atração a pensamentos de todos os tipos em relação ao sexo. A sociedade e muitos “psicólogos” pregam o liberalismo muitas vezes irresponsável que é amplamente potencializado pelos espíritos promíscuos, ditos vampiros por alguns autores.

Logo, tudo nos é permitido, mas nem tudo nos convém é uma frase da antiguidade que serve de base para tal. Nossa obrigação é filtrar com força máxima essa grande energia do sexo, praticá-lo com responsabilidade e amor divinizando o ato e canalizar o excedente para atividade produtiva.

O Equilíbrio é necessário, pois os desvios são muitos e fáceis de entrar neles – pois quem não gosta de prazer? Mas tudo no campo das sensações é temporário. O prazer passa rápido e nesse momento urge o equilíbrio com a razão. Aliando ainda o agradecimento ao criador pelo momento e a busca pela canalização de nossas energias excedentes para outras atividades torna-se necessário para não cairmos em vícios, desvios e obsessões.

Tudo está muito fácil na atualidade. Meninas e meninas entram no mundo pornográfico por dinheiro e fama, imagens “pesadas” são de fácil acesso a todos via internet. Crianças descuidadas acessam e assistem filmes e fotos. E por ai vai.

Assim o Espiritismo sabe muito bem que a linha do sexo equilibrado é fina e fácil de cair dela. Todos os dias somos bombardeados com milhões de pensamentos para o sexo por espíritos menos elevados. O equilíbrio é um exercício contínuo. Então as Casas Espíritas trabalham com cautela no assunto, mas sempre buscando estudos sistemáticos baseados em obras de Chico Xavier pelo menos uma vez ao ano e com palestras e evangelização dos jovens com mais frequência.

Muitas informações nesse campo ainda não estamos preparados para conhecer, mas a educação sexual é tema fundamental a ser tratado por todos.

Já diante dos desvios – mantemos o respeito e a distância necessária de sua prática – pois não sabemos que tipo de provas aqueles indivíduos estão passando. Quando o desvio ocorre com um familiar o respeito deve ser igualmente aplicado.

Muitos pais não criam limites com seus filhos e assim abrem portas para comportamentos errôneos no futuro. Depois querem expulsá-los de casa. No campo das provas e expiações existem laços invisíveis que vinculam familiares onde a melhor posição a tomar é o respeito e da prática do bom exemplo.

O sexo divinizado com amor não há perdas de energia e sim troca delas com o parceiro.

Links:

Visão Espírita da Sexualidade:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/sexualidade/visao-espirita-da-sexualidade.html

Sobre a Masturbação:

http://www.scribd.com/doc/3102519/Espiritismo-Como-Encarar-A-Masturbacao-A-Luz-Do-Espiritismo

Educação Sexual:

http://blog-espiritismo.blogspot.com/2009/11/educacao-sexual-por-osvaldo-magro-filho.html

Videos:

Ermínio Brasileiro

Palestra:

###    Traumas afetivos ###

A mídia costuma divulgar as grandes tragédias coletivas, como enchentes e guerras.
Ela também trata com frequência de eventos ruidosos, a exemplo de assassinatos, assaltos e outros crimes violentos.
Entretanto, há um gênero de conduta discreta e bastante comum, que causa enorme número de vítimas.
Trata-se das lesões afetivas.
As relações humanas nem sempre se estabelecem com o critério desejável.
Movidas por carências ou mesmo por leviandade, as criaturas estabelecem vínculos sem grandes reflexões.
Elas se conhecem em variados ambientes, como no trabalho, em clubes, em bares ou mesmo pela internet.
Sem indagar da existência de real afinidade, permitem-se importantes intimidades.
O conhecimento da essência de alguém demanda tempo e convivência.
Ninguém se mostra como é em rápidos e reduzidos contatos.
Por conta da afoiteza em estabelecer vínculos, é comum o desespero em extingui-los.
Nesse jogo de conhecer, provar e descartar, as pessoas são tratadas como objetos.
Contudo, o ser humano sempre é merecedor de respeito.
Por mais que se apresente frágil e lamentável, em seus hábitos, trata-se de uma criatura de Deus.
A ninguém é lícito iludir o semelhante.
Por vezes, a criatura a quem se experimenta, no jogo dos sentidos, possui graves problemas íntimos.
Como enferma emocional, deveria ser alvo dos maiores cuidados.
Quem a despreza assume grave responsabilidade em face da vida.
As angústias que a vítima vivenciar, os atos que vier a praticar a partir dos maus tratos recebidos, serão debitados a quem lhes deu causa.
É muito importante refletir a respeito das expectativas que se suscita no semelhante.
Pouco importa que os costumes sociais sejam corrompidos e que condutas levianas pareçam comuns.
Cada um responde pelo que faz.
Quem lesiona afetivamente o semelhante vincula-se a ele.
Na conformidade da ordem cósmica, a consideração e a fraternidade devem reger o relacionamento humano.
Aquele que se afasta desses critérios candidata-se a importantes padecimentos.
Trata-se da vida a ministrar os ensinamentos necessários para a educação de cada Espírito.
Assim, ninguém lesa o semelhante sem se lesar também.
Quem provoca sentimentos de inferioridade e rejeição desenvolve complexos semelhantes.
Até que repare o mal que causou, não terá paz e nem plenitude.
Se forem muitas as lesões afetivas perpetradas, imenso será o esforço necessário para cicatrizá-las.
Convém refletir sobre isso, antes de iniciar e terminar relações, sem maiores critérios.
Afinal, será preciso reparar com esforço todo o prejuízo causado com leviandade.
Redação do Momento Espírita.
Em 07.10.2010





Download fácil – Filmes e imagens de Sexo e pornografia. E as reações disso ?

22 03 2009

Banco de dados inteiros com muitos gigas de fotos e filmes pornográficos não é muito incomum na casa de pais de adolescentes onde se têm acesso livre a internet.

Qual o adolescente que não tem a curiosidade e vontade de ir em busca de material pornográfico? A internet é de uma facilidade extrema nesse assunto. Basta ir ao google e digitar uma palavra chave compatível com o objetivo e pimba – já está lá estampado a foto daquela musa temporária como veio ao mundo.

Assim o jovem conectado a internet de hoje está totalmente acessível a esses conteúdos e mais ainda, através de câmeras (webcam) ainda podem interagir com outras pessoas com objetivos menos dignos incomuns para boa coisa não fazer.

Esses dias um colega de trabalho me falou _ ” Qual a graça da internet sem umas mulheres peladas!” … Depois de umas semanas veio com seu notebook para eu formatar dizendo que estava cheio de vírus…

Muitos pais ainda estimulam os filhos homens geralmente (quero ver um pai estimular uma filha!) a ver pornografias sem ao menos pensar no que isso pode gerar para uma criança.

Primeiramente devemos saber que o sexo é um grande gerador de energia. Temos uma energia muito grande graças ao sexo, e essa energia está disponível para usarmos, não necessariamente através do sexo. Artistas, poetas, atletas, empresários, estudantes a utilizam muitas vezes sem saber, como fonte inspiradora, energética e para raciocínio.

E as pessoas que utilizam a energia sexual indevidamente, principalmente através dos excessos, acabam por gastar toda essa energia em vão. Muitas vezes se sentem cansadas, com falta de memória, desatentas, com sono e até mesmo queda de cabelo. Geralmente procuram prazeres solitários devido à grande exposição a pornografias. Momento esse de grande importância a intervenção dos pais de forma sutil para adicionar atividades extras ocupando o tempo do jovem de preferência de forma integral, evitando momentos diante da internet.

Seguidamente, preciso informar que atividades sexuais criam um tipo de vibração onde se sintonizam espíritos de ordem inferior¹. Esse alerta é importante, pois a maioria das pessoas desconhecem a vida espiritual² por ser simplesmente invisível. Contudo suas influências são constantes em nossas mentes em forma de pensamentos e consequentemente em ações.

Grande parte dos vícios humanos é potencializada por influências de espíritos desinformados e obsessores³ causando grandes transtornos para suas vítimas.

Em reação a exposição de pornografia e consequente masturbação-sexo em excesso temos portanto o surgimento de más companhias espirituais gerando vícios, fraqueza física, fracassos profissionais e pessoais…. e ainda as boas inspirações não acontecem. Muitos fracassos profissionais vêm daí.
Poderia relatar com muito mais precisão e detalhes, contudo poucas pessoas estão preparadas para esse tipo de informação. Caso realmente alguém possa ter interesse em estudo nesse campo sugiro inicialmente a obra “Vida e Sexo” de Chico Xavier e “O Livro dos Espíritos” – a codificação básica Espírita por Allan Kardec. Posteriormente a obra de André Luiz.

O sexo é bom, necessário ao equilíbrio emocional e saudável se feito com amor e respeito a si mesmo e ao próximo. Assim vivenciado com sentimento de amor verdadeiro vai gerar trocas de energias restauradoras e  respeito espiritual no qual se mantem a privacidade.

marytodd

1) Espíritos de ordem inferior – Espíritos são almas que não possuem mais corpo físico. Os espíritos podem ser considerados, para facilidade de entendimento, princípio de energia inteligente de pessoas que já morreram. Todos ao morrermos continuamos nossa vida em espírito. O número de espíritos é muito grande e são de diversos graus de evolução. Assim como existem pessoas boas e más, inteligentes e primitivas na Terra, os espíritos também existem dessa mesma forma.

2) Vida espiritual – Ao desencarnarmos (morrermos) iremos deixar de viver no mundo material e passaremos a viver no mundo espiritual. Lembraremos de todas as nossas existências materiais, de nossos ensinamentos, teremos chance de ter contato com nosso espírito protetor e outros que já estão no plano espiritual. A Doutrina Espírita veio nos revelar as leis do universo e como se apresenta o mundo espiritual no qual todos somos regidos – através das obras básicas da codificação disponíveis para download no link ao final.

3) Espíritos Obsessores – São espíritos de ordem inferior sem conhecimento moral que se ligam a espíritos encarnados, como nós, para sugerir idéias igualmente inferiores ligada ao campo das sensações físicas para passar a sugar nossa energia que geramos e muitas vezes nossa energia vital. Alguns autores o classificam como vampiros por exatamente sugar nossa energia – que seria equivalente a nosso sangue físico. Eles são atraídos pelos nossos pensamentos baixos quando são habituais no campo das sensações. Outra forma de espíritos obsessores seria o caso de espíritos que foram nossas “vítimas” em vidas passadas e que agora nos procuram. Por isso ao orarmos o Pai-Nosso – Jesus em sua infinita sabedoria nos sugere orar:  “Pai, Perdoa as nossas ofensas” mesmo sem lembrarmos de nenhuma ofensa. Certamente em vidas passadas ofendemos a muitos. Mais detalhes na categoria “obsessões espirituais” desse blog.

Conteúdos relacionados:

Interferências Espirituais em nossas vidas:

https://joanadarc.wordpress.com/2009/01/08/interferencias-espirituais-em-nossas-vidas/

Vigilância:

https://joanadarc.wordpress.com/2007/11/12/vigilancia/

Bases para nossa Reforma Íntima:

https://joanadarc.wordpress.com/2007/05/15/bases-para-nossa-reforma-intima-num-mundo-sem-educacao/

Sexo, ações, pensamentos e obsessões:

https://joanadarc.wordpress.com/2007/04/30/46/

Download da Obra da Codificação Espírita:

http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/index.html

OBS: O tema sexo é bastante polêmico e procurado na internet. Para se ter uma idéia em um dia essa publicação alcançou 24 visitas nas estatísticas desse blog. Se foram em sua maioria com o intuito de fazer download de arquivos pornográficos espero pelo menos ter oferecido um pouco de esclarecimentos das consequências de tal ato:

Título Visualizações
Neste Natal – Monte um aeromodelo de Iso 26
Download fácil – Filmes e imagens de Sex 24
Relatório Final de Estágio para professo 24
Aeromodelos de isopor da Segunda Guerra 16
Estudo 10
A Paixão de Cristo por Mel Gibson 7
Fotos & Videos 7
Autor 7
Bases para nossa Reforma Íntima 6

Que todos fiquem com Deus !

————————————————————————–

Traumas afetivos

A mídia costuma divulgar as grandes tragédias coletivas, como enchentes e guerras.

Ela também trata com frequência de eventos ruidosos, a exemplo de assassinatos, assaltos e outros crimes violentos.

Entretanto, há um gênero de conduta discreta e bastante comum, que causa enorme número de vítimas.

Trata-se das lesões afetivas.

As relações humanas nem sempre se estabelecem com o critério desejável.

Movidas por carências ou mesmo por leviandade, as criaturas estabelecem vínculos sem grandes reflexões.

Elas se conhecem em variados ambientes, como no trabalho, em clubes, em bares ou mesmo pela internet.

Sem indagar da existência de real afinidade, permitem-se importantes intimidades.

O conhecimento da essência de alguém demanda tempo e convivência.

Ninguém se mostra como é em rápidos e reduzidos contatos.

Por conta da afoiteza em estabelecer vínculos, é comum o desespero em extingui-los.

Nesse jogo de conhecer, provar e descartar, as pessoas são tratadas como objetos.

Contudo, o ser humano sempre é merecedor de respeito.

Por mais que se apresente frágil e lamentável, em seus hábitos, trata-se de uma criatura de Deus.

A ninguém é lícito iludir o semelhante.

Por vezes, a criatura a quem se experimenta, no jogo dos sentidos, possui graves problemas íntimos.

Como enferma emocional, deveria ser alvo dos maiores cuidados.

Quem a despreza assume grave responsabilidade em face da vida.

As angústias que a vítima vivenciar, os atos que vier a praticar a partir dos maus tratos recebidos, serão debitados a quem lhes deu causa.

É muito importante refletir a respeito das expectativas que se suscita no semelhante.

Pouco importa que os costumes sociais sejam corrompidos e que condutas levianas pareçam comuns.

Cada um responde pelo que faz.

Quem lesiona afetivamente o semelhante vincula-se a ele.

Na conformidade da ordem cósmica, a consideração e a fraternidade devem reger o relacionamento humano.

Aquele que se afasta desses critérios candidata-se a importantes padecimentos.

Trata-se da vida a ministrar os ensinamentos necessários para a educação de cada Espírito.

Assim, ninguém lesa o semelhante sem se lesar também.

Quem provoca sentimentos de inferioridade e rejeição desenvolve complexos semelhantes.

Até que repare o mal que causou, não terá paz e nem plenitude.

Se forem muitas as lesões afetivas perpetradas, imenso será o esforço necessário para cicatrizá-las.

Convém refletir sobre isso, antes de iniciar e terminar relações, sem maiores critérios.

Afinal, será preciso reparar com esforço todo o prejuízo causado com leviandade.

Redação do Momento Espírita.

Em 07.10.2010.





Droga, Sexo e Rock´n´Roll ?

10 07 2007

Levei um choque ao ler uma notícia hoje referente a uma cantora americana querendo aparecer na mídia. E conseguiu. Apenas com uma declaração apelativa: “A cantora americana Pink disse, em entrevista ao jornal britânico Daily Star, que a experiência com sexo e drogas são fundamentais a uma estrela de rock. ”

Os artistas em geral precisam ter consciência de que o sucesso rápido também passa rápido. Amanhã ninguém mais vai se lembrar dessa declaração ou de outro golpe de marketing qualquer. Contudo muitos jovens podem seguir o caminho errado devido a esse golpe de marketing. Então espiritualmente ela está se comprometendo com o que afirma.

Temos declarações tão belas do nosso Cazuza, um comprovado artista que foi as últimas conseqüências do sexo, drogas e rock – dizendo justamente o contrário – Meu sex and drugs, não tem nenhum rock’n’roll – pois o rock não é feito de sexo nem muito menos de drogas. Rock é música é alma, é espírito livre.

Cazuza doente Ideologia (c/cifra) – Cazuza

Am7          Em7              Am7   Em7
Meu partido, é um coração partido
             Am7   Em7           Am7   Em7
E as ilusões,     estão todas perdidas
                 Dm7                     
Os meus sonhos, foram todos vendidos
                              Am7
Tão barato que eu nem acredito, ah, eu nem acredito
        Em7                  G                  C7+
Que aquele garoto que ia mudar o mundo, mudar o mundo
     Em7                 G           D
Frequenta agora as festas do "Grand Monde"
Am7         G                D
Meus heróis morreram de overdose
Am7      G               D
Meus inimigos estão no poder
     F        Dm7           Am7
Ideologia, eu quero uma pra viver
      Em7                        Am7   Em7
O meu prazer,    agora é risco de vida
         Am7             Em7             Am7   Em7
Meu sex and drugs, não tem nenhum rock'n'roll
          Dm7                          
Eu vou pagar a conta do analista
                               Am7
Pra nunca mais ter que saber quem sou eu

Ah, saber quem eu sou
            Em7           G                      C7+
Pois aquele garoto que ia mudar o mundo, mudar o mundo
         Em7         G                     D
Agora assiste a tudo em cima do muro, em cima do muro
Am7              G         D
Meus heróis morreram de overdose
Am7         G            D
Meus inimigos estão no poder
      F         Dm7          Am7
Ideologia, eu quero uma pra viver
    F    E7        D       SOLO
Ideologia,    pra viver
Em7                 G                      C7+
Pois aquele garoto que ia mudar o mundo, mudar o mundo
            Em7         G                      D
Agora assiste a tudo em cima do muro, em cima do muro
Am7           G           D
Meus heróis morreram de overdose
Am7     G               D
Meus inimigos estão no poder
 F            Dm7           Am7
Ideologia, eu quero uma pra viver

Cazuza Feliz Que o caminho errado de Cazuza faça com que muitos jovens evitem todos os tipos de drogas e excessos e assim fazendo-o se sentir melhor no plano espiritual, pois estará vendo que sua vida tão curta está servindo de alerta aos jovens.

caz.jpg Portanto, estejam certos que o espírito do Cazuza estará mais feliz quando for mostrado ele em sofrimento para que sirva de exemplo para os jovens não o seguirem.

Lutemos por um rock´n´roll de energia pura da alma e espírito com letras construtivas e significativas! O artista deve estar muito atento aos seus pensamentos e atitudes, visto que acaba por influenciar a muitos com suas ações e exemplos.

O artista que tem a sensibilidade, dom de criação e trabalha com ações verdadeiras – com certeza conseguirá resultados a frente; e ainda terá como ajuda bons amigos no plano espiritual caso esteja em sintonia com eles, através de pensamentos acima das sensações, prazeres e ambições deste mundo. Estejam certos, contudo, de que o dinheiro ou sucesso muitas vezes é uma prova ao espírito, e das mais difíceis.

Clip de homenagem a Cazuza no Youtube.

—————-

Fantoches Lembrei de uma situação – Era uma sexta-feira e estava no meu carro com um médium. Ele tinha a capacidade de ver os espíritos. Paramos no sinal onde existia um bar na esquina com muitas pessoas, inclusive com mesas nas calçadas. Ele fitou por um momento as pessoas e me disse:

– Olha se soubesse o que eu vejo nos bares… Muitos espíritos atrasados ficam junto as pessoas que estão bebendo, para absorver a energia produzida pelo consumo das bebidas alcoólicas. E podem causar até mesmo obsessões caso se afinem a pessoa seguindo-as até suas casas. Ficam sugerindo – como se fosse um voz contínua na mente – a pessoa a beber, a usar drogas, a fumar e outras coisas relativo a prazeres mundanos, para que possam absorver essas energias.

Perguntei então como se proteger desse perigo de obsessão. E me respondeu que as pessoas que fazem culto no lar ou outra forma de oração familiar em casa já é uma boa proteção em suas residências. E depende muito da vontade e pensamento do próprio indivíduo. Os espíritos inferiores só se prendem a quem também possui pensamentos inferiores, em sexo, dinheiro, cobiça, desejos e excessos. Se apresentarem esses tipos de pensamentos constantemente, os espíritos atrasados e desinformados das leis do universo se vinculam a eles, causando vícios fortes e fazendo essas pessoas a serem verdadeiros fantoches.

Portanto devemos vigiar nossos pensamentos e manter a mente ocupada para que possamos estar elevando as forças mentais para boas atividades.

Sucesso a todos.





Sexo, ações, pensamentos e obsessões

30 04 2007

“Menores aliciados no Norte e Nordeste são obrigados a virar travesti em SP. Na capital, jovens de Belém passam por humilhações e procedimentos perigosos. Travesti diz que pagou ‘multa’ de R$ 1 mil para cafetão para poder deixar as ruas.”G1.

A cada dia, as dificuldades, a ausência de educação nas famílias, a invasão dos programas de Tvs e pornografias invertem os valores da sociedade. O sonho de muitas meninas hoje em dia é ter um ensaio sensual publicado numa revista! Fortifiquemos a educação, critiquemos os meios de comunicação, levemos nossos jovens a freqüentar uma filosofia de vida baseada no amor ao próximo e com valor aos tesouros espirituais.

Um exemplo posso contar: Em minha cidade existe um mendingo – mulher, em estado lastimável nas ruas, por mais que se faça não quer ir para um abrigo. Um médium já me disse, ela foi no passado uma mulher linda, das mais belas de sua região. Usou a beleza para prostituição, foi cafetina, deu golpes, apropriou-se de crianças levando-as a prostituição ficou rica. Agora está ai nessa nova vida, pagando pelo que fez no passado.

Assunto vasto referente ao sexo. Devemos estudar a Lei da Atração já mencionada neste blog para compreendermos melhor todas as questões envolvidas. De forma bem simples, seria o seguinte: assim como os espíritos afins se atraem pelo pensamento, nossos pensamentos atraem os espíritos se sintonizados com os interesses deles. Se pensamos em sexo, espíritos inferiores, primitivos estarão ao nosso lado, nos assistindo, vibrando e se alimentando de nossa energia sexual.

Muitas pessoas buscam chamar espíritos fazendo sexo tântrico – o que pode levar a obsessões. Pornografias em excesso também. Práticas sexuais rotineiras também. Tudo relativo a excessos o sujeito já pode estar sendo ou vir a ser vítima de uma obsessão.

Uma obsessão é quando um espírito de má indole, sem conhecimento espiritual, se liga ao nosso fluido nos dirigindo, feito fantoches, interiorizando-nos pensamentos, nos levando a vícios de todos os tipos, principalmente sexo, bebidas e drogas.

Todos temos tendência a gostar de sexo. Quem não gosta? E essa é a porta de entrada pela afinidade para esses irmãozinhos equivocados se unirem ao nossos pensamentos e prejudicar nossas vidas. Os contos eróticos, blog de fotos de sexo, vídeos caseiros e até exibições no msn, todos são tão populares na internet hoje em dia que com certeza é um grande meio de criarmos pensamentos a serem sintonizados com espíritos afins ao sexo (chamados de vampiros pelo fato de absorver nossas energias). Devemos ter muito cuidados com nossos hábitos principalmente com as facilidades da internet com download de fotos de sexo, filmes caseiros, filmes piratas, etc. Esses espíritos geralmente não são nada sensuais muito menos bonitos.

“O início de um hábito é como um fio invisível, mas a cada vez que o repetimos o ato reforça o fio, acrescenta-lhe outro filamento, até que se torna um enorme cabo, e nos prende de forma irremediável, no pensamento e ação.” Orison Swett Marden

Se por acaso perceber que só pensa em sexo ou possui algum vicio, creia que possa estar sendo vítima de uma obsessão. É um assunto vastíssimo, por isso deixo alguns links no fim desse post para maiores esclarecimentos.

O QUE FAZER ?

Uma boa dica em relação a um sexo saudável seria evitar fazer sexo nos mesmos dias e horários, evitar contato com pornografias no cotidiano, cuidar bem do corpo, cuidado com excessos, mas talvez o principal seja fazer sexo com amor.

Uma proteção mais abrangente para toda a nossa casa seria o hábito da prática de culto no lar – reunir família para orar, ler a bíblia, livros espíritas, semanalmente num mesmo horário. Se morar só não tem problema, o importante é o bom hábito de estudar. Assim se tem um lar protegido pela luz da oração. Mais abaixo deixo um link com um roteiro para um bom culto no lar.

O QUE É UM ESPÍRITO OBSESSOR ?

Um espírito obsessor, na verdade, é um irmãozinho nosso em desequilíbrio, equivocado ainda sobre suas ações. Pois pela lei da ação e reação todo o mal praticado será convertido contra o praticante. Daí a importância de estudarmos, pois assim fazendo estaremos transmitindo todo esse conhecimento ao nosso obsessor. De preferencia estudemos em voz alta, façamos palestras sobre o evangelho mesmo que não tenha nenhum familiar assistindo. Pois os irmãozinhos equivocados estão ali ouvindo nossa palestra e estudo. Um dia poderão deixar de nos prejudicar com pensamentos ruins e passar a ajudar pela nossa evangelização. Veja que mérito teremos ao evangelizar o que nem vimos. Essa é a fé raciocinada que o Espiritismo pelo estudo nos oferece para nossa evolução.Links

1) OBSESSÃO:

http://www.espirito.org.br/portal/categorias/showlink.asp?CatID=503

http://www.espirito.org.br/portal/palestras/irc-espiritismo/palestras-virtuais/pv190500.html

2) ORAÇÃO NO LAR:

http://www.cvdee.org.br/cel.asp

http://www.espirito.com.br/portal/artigos/diversos/evangelho/evangelho-no-lar.html

3) AÇÃO E REAÇÃO

http://www.espirito.org.br/PORTAL/ARTIGOS/ORSON/acao-e-reacao.html

4) LEI DA ATRAÇÃO ou AFINIDADE ESPIRITUAL

http://www.espirito.org.br/portal/palestras/irc-espiritismo/palestras-virtuais/pv190500.html

=====================

Mensagem: HÁBITOS INFELIZES

Usar pornografia ou palavrões, ainda que estejam supostamente na moda.
Pespegar tapinhas ou cotucões a quem se dirija a palavra.
Comentar desfavoravelmente a situação de qualquer pessoa.
Estender boatos e entretecer conversações negativas.
Falar aos gritos.
Rir descontroladamente.
Aplicar franqueza impiedosa a pretexto de honorificar a verdade.
Escavar o passado alheio, prejudicando ou ferindo os outros.
Comparar comunidades e pessoas, espalhando pessimismo e desprestígio.
Fugir da limpeza.
Queixar-se, por sistema, a propósito de tudo e de todos.
Ignorar conveniências e direitos alheios.
Fixar intencionalmente defeitos e cicatrizes do próximo.
Irritar-se por bagatelas.
Indagar de situações e ligações, cujo sentido não possamos penetrar.
Desrespeitar as pessoas com perguntas desnecessárias.
Contar piadas suscetíveis de machucar os sentimentos de quem ouve.
Zombar dos circunstantes ou chicotear os ausentes.
Analisar os problemas sexuais seja de quem seja.
Deitar conhecimentos fora de lugar e condição, pelo prazer de exibir cultura e competência.
Desprestigiar compromissos e horários.
Viver sem método.
Agitar-se a todo instante, comprometendo o serviço alheio e dificultando a execução dos deveres próprios.
Contar vantagens, sob a desculpa de ser melhor que os demais.
Gastar mais do que se dispõe.
Aguardar honrarias e privilégios.
Não querer sofrer.
Exigir o bem sem trabalho.
Não saber agüentar injúrias ou críticas.
Não procurar dominar-se, explodindo nos menores contratempos.
Desacreditar serviços e instituições.
Fugir de estudar.
Deixar sempre para amanhã a obrigação que se pode cumprir hoje.
Dramatizar doenças e dissabores.
Discutir sem racionar.
Desprezar adversários e endeusar amigos.
Reclamar dos outros aquilo que nós próprios ainda não conseguimos fazer.
Pedir apoio sem dar cooperação.
Condenar os que não possam pensar por nossa cabeça.
Aceitar deveres e largá-los sem consideração nos ombros alheios.

pelo Espírito André Luiz. Francisco Cândido Xavier. Da obra: Sinal Verde

=====================

Quando a vaidade ou a beleza exterior nos tomar conta lembremos que todos somos no fundo – muito semelhantes:

Esqueleto Humano

Sucesso e boas sintonias !