Resistindo a tentação

24 01 2017

jeanne.jpgTentação é um estímulo ou indução a um ato que pareça atraente, ainda que seja inapropriado ou contradiga alguma norma ou convenção social sendo, consequentemente, proibido. A definição de tentação pode ser aplicada a uma ampla gama de ações (por exemplo, o desrespeito a uma restrição alimentar, a trapaça, a ostentação de artigos de luxo, a procrastinação. (Wikipédia)

Quando se estuda a Doutrina Espírita, verifica-se a necessidade de vigilância de nossos atos, pois todos geram consequências, mesmo o ato de não fazer simplesmente nada! Sim, toda causa tem efeitos. Deixar a oportunidade de praticar o bem é fazer o mal !

Analisando assim nossas ações diárias, verificamos suas reações. Muitas delas podem com certeza produzir reações negativas para nossa própria pessoa. Ainda assim, fazemos. Seja por afinidade a elas, por vício, ou mesmo por desejar, gostar, ter prazer, apenas querer e pronto!

Traições, consumo de produtos maléficos a saúde, indo desde fofocas no trabalho a excessos de todos os tipos, sexo de risco, desrespeito ao patrimônio alheio, etc. Tudo isso para satisfazer o nosso “querer”.

Assim – tais atos que gostamos de fazer, mas que sabemos produzir efeitos negativos – são as tentações !

Para compreender melhor tal situação, adentremos na visão Espírita sobre o assunto:

Nunca estamos sozinho, nesse exato momento, uma gama variada de espíritos está ao nosso lado, nos observando, influindo sugestões em nossas mentes. Verifica-se que muitos dos pensamentos dos indivíduos, não são de origem própria, mas sugestões de espíritos próximos. Tal fato está reportado facilmente na Codificação e nos livros psicografados por Chico Xavier.

Assim, resistir a uma tentação, não é fácil. Primeiro porque simplesmente gostamos dela ! Mas sabemos que produz efeitos negativos ! Então decidimos não realizá-la – vamos resistir !

Mas nesse momento entra em cena as sugestões dos espíritos que também se beneficiavam de  alguma forma com a prática de tal ação. Os segundos passam e surgem pensamentos, e até imagens mentais nos levando a prática da tentação !

Podem pensar:

_ Sinistro !

Mas é.

Então, o que fazer ?

Ai vai minha receita:

  1. Na emergência, mude de ambiente, faça outra coisa imediatamente que também tenha prazer, mas que não seja nocivo: ai vai desde cantar, tocar violão, andar de bicicleta…
  2. Reorganize seu tempo para que não tenha mais tempo ! Faça uma agenda forte de atividades produtivas, participe de grupos de estudo, instituições, esportes, trabalhos voluntários nos horários livres ! Depois de um tempo nesse ritmo, olhe para trás e veja o verdadeiro sentido de viver – ao perceber que você fará falta em algum desses grupos ou atividades ! Isso irá motivá-lo a fazer ainda mais.
  3. Faça o Culto do Evangelho no Lar.

Interessante notar que todos esses itens, o primeiro emergencial e os dois seguintes a médio e longo prazos, se instaurados como rotina, irão também afastar os espíritos, aqueles que querem te empurrar para as atividades tentadoras… e aos poucos, são substituídos por espíritos com ideais mais nobres!

Não se espante se “do nada” surgirem ideias brilhantes e ótimas oportunidades profissionais e pessoais em sua vida !





Por que não ganho mais dinheiro e os projetos que busco não acontecem em minha vida?

21 08 2008

OBEDIÊNCIA

“Almejas realizar, influenciar, servir…

Afirmas-te, porém, sob constrições e dificuldades de toda sorte.

Observa, no entanto, o trem da vida em que viajas. Carro que transporta, poltrona que guarda, prato que serve o fruto que alimenta, não surgiram sem começo. E todas essas utilidades, em se formando, para se mostrarem proveitosas, obedecem e obedeceram, na construção, na ordem, no tipo, na estrutura…

Se algo esperas edificar, não te afastes das exigências do início.

E, depois do primeiro passo, se aspiras à vitória no objetivo, segue, dia a dia, no trato da obediência.”

Ideal Espírita – Emmanuel.

Com freqüência vimos pessoas bem sucedidas, até mesmo antigos colegas de curso em posições favoráveis financeiramente, e nos perguntamos o por quê de não termos conseguido mais sucesso em nossa vida?

Por outro lado, também vimos pessoas altamente qualificadas sem conseguir uma boa renda… E ainda mais, vimos pessoas com qualidades incríveis, esportistas que poderiam estar atualmente tentando ouro na Olimpíada da China e não conseguem nem um mísero patrocínio para sair de sua cidade do interior…

A resposta está em nós mesmos: Muitas vezes na preguiça de estudar, trabalhar, buscar, no tempo desperdiçado nas inutilidades, nas oportunidades que deixamos passar… Pois tudo para alcançar um fim deve-se ter um começo e seguir com obediência e disciplina, como nos alerta o espírito de Emmanuel no texto acima.

Isso mesmo – Espírito Emmanuel – pois esse texto acima foi psicografado por uma pessoa que possui o dom de “emprestar” o punho a uma pessoa já falecida para escrever mensagens para nós – espíritos encarnados. Essa pessoa foi o inquestionável Chico Xavier.

Contudo, ainda se faz necessário que saibamos mais um dos motivos por não se conseguir os sucessos desejados: Nossas ações no passado. Logo, observando as pessoas, pode-se notar que aparentamos ter um ponto máximo de sucesso. Muitos chamam a isso de destino ou carma.

Mas o que é destino, como seria esse ponto máximo de sucesso? Seria algo fixo ou poderíamos alterar nosso destino para melhor ?

Na realidade isso ocorre devido as nossas atitudes em vidas passadas. Pela lei da causa e efeito, sabe-se que todos os efeitos atuais existem causas anteriores. Estudando os corpos, Isaac Newton nos deu a dica com sua terceira lei, mas precisou da vinda do Espiritismo para nos dizer que as relações de causa e efeito são aplicadas em nossas vidas e não apenas nos acontecimentos da natureza.

Assim se praticamos ações negativas para as pessoas de nosso campo de ação em vidas passadas recebemos agora as reações dessas nossas atitudes em forma de fracassos, restrições orçamentárias, dificuldades de todos os tipos – exatamente como produzimos nas pessoas em nossas vidas anteriores. E não é uma punição, mas sim aprendizado e resgate !

E ainda mais, se simplesmente deixamos de ajudar as pessoas mais necessitadas que surgiram em nossas vidas – perdemos a chance de melhorar o nosso próprio “teto” máximo de sucesso. Pois é dando que se recebe !

Quanto mais egoísta no campo material fomos em vidas passadas menos renda teremos nessa vida atual. E se fizermos o mesmo nessa vida atual, estamos obviamente trabalhando negativamente com o nosso próprio futuro.  Simples e lógico essa aplicação na lei da ação e reação. Surge então ainda um bom questionamento…

E nessa vida estou sendo egoísta?

Como será minha próxima vida pelo que estou fazendo agora? (…)

Na atualidade a maioria das pessoas desse planeta ainda desconhecem essa lei universal que rege as nossas relações. Infelizmente muitas religiões buscam a melhora do ser humano, a busca por ações boas, por amor entre os povos, mas ainda não explicam por que se deve fazer o bem. Então o egoísmo prevalece.

Devemos assim, todos, divulgar, estudar e aproveitar os ensinamentos dos Espíritos Superiores nos livros codificados por Allan Kardec para dentre outras, por exemplo, os religiosos possam explicar a seus fieis o que acontece se o indivíduo fizer algo negativo com um próximo qualquer – Pois agindo assim ele estará na realidade se comprometendo em receber de alguma forma o que praticou com o seu irmãozinho no futuro, nem que seja ainda numa vida futura. Vejam como é sério.

Portanto esse mecanismo pode-se assim explicar uma das faces do tão temível “destino” ou “acaso” : São reações de nossas ações em vidas passadas.

Contudo não sabemos qual é o nosso “ponto máximo” de sucesso material. Logo nunca devemos desistir de nada e sempre persistir com disciplina e dedicação. Todo sentimento e conhecimento nunca se perdem, são eternos. Mesmo não conseguindo o sucesso que se almeja nessa vida estamos criando aptidões para as próximas vidas. Mesmo com o esquecimento do passado ao nascer mantemos nossas tendências vivenciadas anteriormente. Ou pensam que nossos dons de nascença surgem assim do nada?

Vejam bem, aquela criança sábia em matemática, ou aquele garoto que já nasceu cantando e tocando instrumentos musicais, ou ainda aquela menina que pinta quadros belíssimos…. são experiências que foram desenvolvidas em vidas passadas e agora essas pessoas tem muito mais facilidades nessas tarefas. Para quem tem resistência em aceitar a possibilidade de reencarnação – essa lógica pode ser considerada uma das provas para sua validação.

Afinal se Deus é tão bom para todos como pode alguém nascer miserável e outra em uma família riquíssima? Não é coincidência podem ter certeza.

Ou seja, primeiramente, só atingiremos um ponto máximo de renda ou sucesso que nos é permitido se nos dedicarmos, se iniciarmos hoje ações produtivas com perseverança, garra e vocação antes de tudo.

Em segundo, devemos seguir a sugestão do espírito de Emmanuel – que nos convida para a caridade e a servir ao próximo – pois com a caridade estamos fazendo o bem ao próximo e compensando todo o mal que fizemos em vidas passadas abrindo novas perspectivas de sucesso na vida atual e futura. Esse é o maior caminho para nossa redenção, para conseguirmos o verdadeiro perdão que Jesus quis e quer nos ensinar – o perdão pelas ações de amor ao próximo.

Sendo assim, lembramos que não devemos apenas procurar o sucesso material, pois nos momentos graves que o planeta está vivendo, o sucesso espiritual deve ser sempre o mais buscado. “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam” nos disse Jesus.

Ao buscar alguma atividade, esteja certo de estar dentro do seu limite físico, de seus ideais, se não está prejudicando ninguém – nem mesmo a natureza – assim, além do sucesso material, estará ajudando a toda sociedade e conseguindo talvez o mais importante disso tudo: muitos momentos de felicidade e paz de consciência…

….não esquecendo que tudo tem um início, mas para ter um fim sempre se deve ter obediência !

Quanto aos outros motivos para não se conseguir sucesso? Bem aí já é outro estudo, mas deixo um texto muito profundo do Espírito de Joanna de Ângelis psicografado por Divaldo P. Franco:

D I A S    D E   S O M B R A

“A luz divina envolve-me, e rompe as trevas exteriores que teimavam sitiar-me na amargura. Deixo-me clarear, e todas as dificuldades se desfazem, ensejando-me ver melhor o programa da existência. O pessimismo desaparece e a irritação se acaba. Estou destinado ao êxito, que buscarei com a mente enriquecida de entusiasmo. Banho-me de luz externa e sou luz interior.”

Coincidentemente, há dias que se caracterizam pela sucessão de ocorrências desagradáveis. Nada parece dar certo.

Todas as atividades, se confundem, e os fatos se apresentam deprimentes, perturbadores.

A cada nova tentativa de ação, outros insucessos ocorrem, como se os fenômenos naturais transcorressem de forma contrária.

Nessas ocasiões as contrariedades aumentam, e o pessimismo se instala nas mentes e na emoção, levando-as a lembranças negativas com presságios deprimentes.

Quem lhe padece a injunção tende ao desânimo, e refugia-se em padrões psicológicos de auto-aflição, de infelicidade, de desprezo por si mesmo.

Sente-se sitiado por forças descomunais, contra as quais não pode lutar, deixando-se arrastar pelas correntes contrárias, envenenando-se com o mau humor.

São esses, dias de provas, e não para desencanto; de desafio, e não para a cessação do esforço.

Quando recrudescem as dificuldades, maior deve ser o investimento de energias, e mais cuidadosa a aplicação do valor moral na batalha.

Desistindo-se sem lutar, mais rápido se dá o fracasso, e quando se vai ao enfrentamento com idéias de perda, parte do labor já está perdido.

Nesses dias sombrios, que acontecem periodicamente, e às vezes se tornam contínuos, vigia mais e reflexiona com cuidado.

Um insucesso é normal, ou mesmo mais de um, num campo de variadas atividades.

Todavia, a intérmina sucessão deles pode ter gênese em fatores espirituais perniciosos, cujas personagens se interessam em prejudicar-te, abrindo espaços mentais e emocionais para intercâmbio nefasto contigo, de caráter obsessivo.

Quanto mais te irritares e te entregares à depressão, mais forte se te fará p cerco e mais ocorrências infelizes tomarão forma.

Não te debatas até a exaustão, nadando contra a correnteza. Vence-lhe o fluxo, contornando a direção das águas velozes.

Há mentes espirituais maldosas, que te acompanham, interessadas no teu fracasso.

Reage-lhes à insídia mediante a oração, o pensamento otimista, a irrestrita confiança em Deus.

Rompe o moto-contínuo dos desacertos, mudando de paisagem mental, de forma que não vitalizes o agente perturbador.

Ouve uma música enriquecedora, que te leve a reminiscências agradáveis ou a planificações animadoras.

Lê uma página edificante do Evangelho ou de outra Obra de conteúdo nobre, a fim de te renovares emocionalmente.

Afasta-te do bulício e repousa; contempla uma região que te arranque do estado desanimador.

Pensa no teu futuro ditoso, que te aguarda.

Eleva-te a Deus com unção e romperás cadeias da aflição.

Há sempre Sol brilhando além das nuvens sombrias, e, quando ele é colocado no mundo íntimo, nenhuma ameaça de trevas consegue apagar-lhe, ou sequer diminuir-lhe a intensidade da luz.

Segue-lhe a claridade e vence o teu dia de insucessos, confiante e tranqüilo.

pelo Espírito Joanna de Ângelis – Psicografia de Divaldo P. Franco – Momentos de Saúde

SUCESSO A TODOS !

Continue lendo para saber como aumentar o nosso sucesso :

https://joanadarc.wordpress.com/2014/06/04/como-aumentar-a-criatividade-e-ter-mais-sucesso-em-todos-os-setores-de-nossas-vidas-vejamos-os-efeitos-do-culto-no-lar/

———————————————————

Links para Donwload gratuito e referências bibliográficas:

A Felicidade – http://www.espirito.org.br/portal/palestras/ceecp/felicidade.html

Doutrina Espírita –http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/index.html

Wikipédia – Isaac Newton – http://pt.wikipedia.org/wiki/Isaac_newton

Portal do Espirito – http://www.espirito.org.br/

Download Audios – http://www.espirito.org.br/portal/download/audio/index.html