Furação Sandy visto do espaço – Reações da Natureza !

29 10 2012

 

Ciência ínfima

Onde o grande caminho soberano
Da Ciência que abriu a nova era,
Investigando a entranha da monera,
A desvendar-se no capricho insano?

Ciência que se elevou à estratosfera
E devassou os fundos do oceano,
Fomentando o princípio desumano
Da ambição onde a força prolifera…

Ciência de ostentação, arma de efeito,
Longe da Luz, da Paz e do Direito,
Num caminho infeliz, sombrio e inverso;

Sob o alarme guerreiro, formidando,
Eis que a Terra te acusa, soluçando,
Como a Grande Mendiga do Universo!…

por: Antero de Quental, NASCIDO na ilha de São Miguel, nos Açores, em 1842, e desencarnado por suicídio, em 1891. Psicografia através de Chico Xavier na obra Parnasio de Além Túmulo.

Infelizmente a natureza humana só aprende através da dor… A política e ciência escravizada pelo poder econômico até hoje não foi capaz de produzir uma revolução ambiental a favor da preservação do planeta. Agora todos começamos a colher reflexos da mudança climática.  Enquanto os cataclismos não provocam mais destruição para convencer os políticos, façamos a nossa parte exemplificando a preservação do planeta dentro de nossas casas !

 





Alerta máximo contra abusos infantis, a Doutrina Espírita revela o por quê.

11 09 2012

A cada dia que passa as crianças possuem acesso mais fácil a todo o tipo de informação. É um fato que devemos refletir muito.

As novelas comumente irradiando ambiente de tensão dentro do lar – geralmente ligada na sala onde também as crianças se dirigem, pois as mesmas querem estar perto de seus pais.

A sexualidade facilmente encontrada na internet em imagens eróticas também acessíveis a muitas crianças…

Sendo assim o esforço para uma educação moralmente digna e construtiva deve ser intensivo nos dias atuais. Os questionamentos são inúmeros e a influência dos amigos da escola  impulsionam modismos muitas vezes duvidosos.

Por mais cuidado que tomamos com nossas crianças, devemos prepará-los também a entrar em contato com crianças que não tenham o mesmo cuidado dado pelos seus responsáveis.

A Mãe desde muito era responsável pela moral e educação básica das crianças. Hoje em sua maioria no mercado de trabalho, grande parte do tempo das crianças estão nas mãos de babás, berçários, creches, avós e parentes.

Nos dias atuais portanto, a responsabilidade dos pais é muito maior quanto aos cuidados com os filhos perante a sociedade. Devemos ensinar claramente como a criança deve se comportar em situações impróprias. Falar diretamente para não deixar ninguém tocá-la nas partes íntimas, não tirar a roupa se alguém pedir, não beber nada oferecido por desconhecidos, não falar com estranhos, tendo cuidado inclusive de atentar para comportamentos estranhos com pessoas da própria família.

Ensinar a criança a agir em momentos de tentativas constrangedoras e invasivas é tarefa quase exclusiva dos pais e responsáveis diretos. Devemos além de falar como se comportar, dar exemplos, simular situações, e assim fazer a criança a tomar atitude contrária a qualquer tentativa de violência.

O maior número de abusos sexuais registrados são cometidos em crianças por parentes como registramos abaixo…

De acordo com um levantamento feito pelo Ministério da Saúde em 2011, a violência sexual em crianças de 0 a 9 anos é o segundo maior tipo de violência mais característico nessa faixa etária. Segundo esse levantamento inédito, foi concluído que das 14.625 notificações feitas sobre violência infantil, 35% delas representavam abuso sexual em crianças de até dez anos. Os números são do sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA) do Ministério da Saúde.

Grande parte das agressões acontecem na residência da criança (64,5%). Dentre os meios utilizados para a agressão, o mais apontado foi a força corporal/espancamento (22,2%), atingindo mais meninos (23%) do que meninas (21,6%). Grande parte dos agressores são pais e outros familiares, ou alguém do convívio muito próximo da criança e do adolescente, como amigos e vizinhos.

Dessa forma falar para os filhos para nunca tirar a roupa ou abaixar as calças para ninguém, somente para os pais, mães ou responsáveis diretos é o início básico de como a criança deve se comportar.

Ensinar igualmente que existe muitas pessoas e crianças que não tiveram a educação que ela recebe dos pais a fará compreender o por quê de seus colegas fazem coisas erradas.

A criança desde cedo precisa saber conviver com pessoas mal educadas e sobrepor sua boa educação como exemplo ativo.

Futuramente a criança quando jovem terá igualmente mais cuidados com sua privacidade no mundo moderno. O mundo virtual está cheio de armadilhas em que a antiga recomendação de – não se expor para ninguém – ainda será bastante válida !

Allan Kardec

 A Doutrina Espírita é a ciência que estuda o mundo espiritual. Através desse estudo profundo iniciado por Allan Kardec por volta de 1850 em Paris pela observação das mesas girantes e posterior constatação dos fatos espíritas repetidas vezes produziu-se uma grandiosa obra científica e filosófica com consequências obvias religiosas nos livros da Codificação Espírita.

E por meio de estudos dessas revelações espíritas pode-se facilmente verificar os perigos que todos nós estamos sujeitos pela falta de vigilância de nossos pensamentos.

Pois é através de nossos pensamentos diários que nos sintonizamos com determinados espíritos. Se pensamos em ajudar as pessoas atraímos para nós bons espíritos e com eles somos inspirados em muitos setores de nossas vidas para o bem.

Mas se pensamos em assuntos ligado ao sexo atraímos para nós espíritos grotescos com objetivos prejudiciais.

Obviamente se a pessoa tiver pensamentos constantes, com exposição a pornografia, aqueles espíritos prejudiciais ligados ao sexo podem iniciar processo de obsessão. Nesse ponto o indivíduo passa a ter pensamentos constantes de sexo e ter sua vida afetada por desordens. Rendimento profissional é reduzido tendo problemas de cansaço, falta de memória, perda de cabelo e desvios de comportamento…

Não é difícil observar essa influência espiritual, basta passar a analisar os nossos pensamentos, pois muitos deles não são produzidos por nós.

A vigilância então deve ocorrer ao passarmos a analisar as consequências das mesmas sugestões antes de transformá-los em realidade pela ação. E ter ciência de que dentro de nossos pensamentos – muitos não são nossos – é essencial!

E para afastar más influências espirituais, basta fazer o bem. É simples.

Com mais esse conhecimento podemos desde cedo proteger a criança dessas influências espirituais negativas colocando constantemente em atividade construtiva, esportes, novos aprendizados ocupando sua mente em detrimento à exposição nociva de programas de TV e internet.

O aprofundamento da questão pode ser feito com a leitura do Livro dos Espíritos, obra básica da codificação, principalmente no capítulo IX, questões 467 – 469.

Na condição de cristãos, estudantes ou apenas leitores iniciais da Doutrina Espírita, podemos ter a noção da gravidade do assunto. Nos dias atuais de exposição fácil a pornografia qualquer um da família ou próximo dela pode ter comportamento doentio por influência espiritual mais ativa e praticar algum tipo de abuso sexual.

As crianças, principalmente até os dez anos, devem ter liberdade vigiada a todo tempo, porque ainda estão em formação intelectual, moral e comportamental, aprendendo a reagir diante das manifestações sociais certas ou erradas.

— ## —

Abaixo uma palestra – Educação e Vivências – de Raul Teixeira onde engloba de forma única toda essência e reflexão sobre a educação do ser humano atual.





Provas da Reencarnação. Galileu demorou mas venceu!

17 11 2008

Música tema do filme “Minha vida na outra vida”

Muitas pessoas não querem pensar sobre o assunto reencarnação. Talvez por falta de tempo, por simplesmente não pensar no assunto espiritual  ou até mesmo por colocar em cheque toda uma filosofia que se segue há anos evitando quebrar paradigmas e dogmas.

Jenny Cockell quebrou paradigmas

Jenny Cockell quebrou paradigmas

Uma coisa é certa –  é inegável a existência da reencarnação. Seja comprovado pela observação dos fatos ou até mesmo em relatos reais – como o caso do filme “Minha vida na outra vida”  que relata o ocorrido com Janny Cockell. Vejamos a sinopse do site da Interfilmes.com

http://www.interfilmes.com/filme_17015_Minha.Vida.na.Outra.Vida-(Yesterday.s.Children).html

foto

“Pela primeira vez na história, um filme retrata, com fidelidade, lógica e respeito, a reencarnação, tema de interesse de milhões de pessoas em todo o mundo. Baseado em fatos reais relatos no livro autobiográfico de Jenny Cockell, Minha Vida na Outra Vida conta a história de Jenny, uma mulher do interior dos Estados Unidos, que tem visões, sonhos e lembranças de sua última encarnação, como Mary, uma mulher irlandesa que faleceu na década de 30. Intrigada, Jenny sai em busca de seus filhos da vida passada. Tem início uma jornada emocionante. Jenny é magistralmente interpretada pela renomada atriz Jane Seymour, de Em Algum Lugar do Passado. Só, que desta vez, não se trata de ficção, mas de realidade. Neste DVD, você pode ver o filme na versão dublada ou legendada. O DVD traz o filme com áudio original em inglês e legendas em português e também o áudio dublado em português.”

Quantos aos fatos, podemos verificar observando as crianças, suas tendências e dons, pois são em maioria adquiridos por vivências nas áreas específicas em vidas passadas. Quem não conhece uma criança que tem uma grande facilidade em tocar piano ou fazer cálculos matemáticos. São aprendizagens anteriores revelando agora como facilitadores e aptidões.

“Ethan Bortnick aprendeu a tocar aos 3, ouvindo Mozart. Filho de ucranianos virou celebridade e encanta profissionais. G1

As “más tendências” também. Muitos desde cedo apresentam tendências a atos negativos e errados, pois no passado tiveram essas vivências e agora os pais estão encarregados de corrigí-los pela educação.

Sem falar nas pessoas que nascem com problemas mentais, deficiências diversas e outras doenças; Pois essas pessoas e familiares delas devem ter a alegria de estar nessa vida reparando erros do passado. Numa próxima encarnação estarão em situação melhor se aproveitarem todos com resignação seus problemas atuais. Nosso Pai Celeste é bom para todos, puro amor. Todos os problemas que nos acontecem são efeitos de nossas próprias ações e pagamos por isso – Com ferro fere, com ferro será ferido…

Assim tudo se encaixa, pois todos os atos que praticamos iremos receber de volta nessa vida ou numa vida futura. Logo, se a humanidade um dia soubesse dessa lei com certeza iria pensar muito antes de fazer algo negativo contra o próximo ou a si mesmo. A certeza de que cedo ou tarde receberemos os nosso próprios atos na mesma intensidade contra nós mesmos é de extrema importância para se evitar sofrimentos futuros.

A lei da ação e reação descoberto por Isaac Newton, que gera bases lógicas para a Lei da Causa e Efeito onde o Espiritismo nos ensina que devemos aplicá-la em nossas vidas para levar razão a nossa fé. Afirmar que em uma reação não existe uma ação anterior é um absurdo físico. Do mesmo modo, tentar detectar um efeito sem uma causa anterior, é ir contra a natureza.

Lex III: Actioni contrariam semper et aequalem esse reactionem: sine corporum duorum actiones in se mutuo semper esse aequales et in partes contrarias dirigi.

“A toda ação há sempre oposta uma reação igual, ou, as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas a partes opostas.” Isaac Newton

Um dia toda a humanidade irá conhecer e aplicar a lei da causa e efeito em suas relações de vida e o mundo irá passar por uma revolução moral onde todos irão apenas praticar boas ações ao próximo, com respeito e amor.

Mesmo diante de todas essas evidências, muitos ainda buscam contestar a reencarnação com o pensamento de que sempre nascem mais pessoas do que morrem, assim como poderia existir reencarnação se o número de nascimentos é maior a cada dia?

Diante desse questionamento devemos saber que o número de espíritos no planeta Terra é muito grande, muito maior do que o número de pessoas encarnadas – tendo assim uma fila grande para nascer disponível. Mesmo assim ainda devemos saber que espíritos mais elevados não estão presos a este planeta, estão livres no universo. Esse planeta é só um grão de areia…

“Tenho a impressão de ter sido uma criança brincando à beira-mar, divertindo-me em descobrir uma pedrinha mais lisa ou uma concha mais bonita que as outras, enquanto o imenso oceano da verdade continua misterioso diante de meus olhos.” Isaac Newton.

A simplicidade das minhas palavras com certeza gerarão dúvidas e até mesmo críticas, por isso, antes de mais nada, gostaria de sugerir uma leitura atenta da codificação Espírita onde o tema está bem detalhado e organizado com bases científicas pelo codificador Allan Kardec.

Deixo o convite para leitura da obra “Livro dos Espíritos” proveniente dos espíritos e codificada por Allan Kardec e também para assistir o filme “Minha vida na outra vida” – Nota 10 em qualidade e conteúdo.

Outro fato verídico está no relato de James Huston Jr. Uma incrível e real história de reencarnação que impressionou milhares de norte-americanos. James Leininger, uma criança de apenas 2 anos, tem pesadelos horripilantes e, por causa deles, consegue falar sobre pessoas e cenas com uma riqueza de detalhes assustadora. Preocupados, seus pais começam uma busca incansável atrás da verdade por trás das palavras de James. O resultado é a descoberta da história de James Huston Jr., piloto norte-americano que morreu na Segunda Guerra Mundial. E quanto mais revelavam sobre o falecido combatente, mais Bruce e Andrea se convenciam da impressionante ligação entre este e seu filho. A Volta é o relato da história que comoveu milhares de telespectadores da rede de televisão norte-americana ABC .O livro sobre esse relato já se encontra a venda em português. Imperdível.

Abaixo um vídeo técnico sobre como a reencarnação a cada dia está sendo mais evidente e outro produzido pela Rede Globo com enfoque superficial.

Um dia essa publicação sobre reencarnação será algo bastante primitivo, como quando ainda pensávamos que todos os planetas, inclusive o sol rodavam ao redor da Terra… Galileu revelou suas provas e foi condenado pela Inquisição e forçado a abjurar toda e qualquer defesa de sua tese. Mas a verdade veio a tona pela ciência um dia.

A ciência não quer destruir religiões. Contudo a verdade não pode ser ocultada por muito tempo e devem ser utilizadas para aperfeiçoar as religiões.

A Doutrina Espírita não veio para roubar “fieis”, mas para divulgar verdades e oferecer recursos filosóficos para a ciência. E também para que as religiões possam retificar suas teses e melhor trabalharem, pois a reencarnação está em nós mesmos.

Em 1856 a Doutrina Espírita revelou que existe a reencarnação. Nos dias atuais, a ciência já começa a comprovar sua realidade…


Outros Links sobre a reencarnação:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/paulosns/reencarnacao-a-prova-definitiva.html

http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=2644

Abaixo um vídeo de Raul Teixeira sobre a Lei da Reencarnação, que certamente irá fechar muito bem o assunto para que o leitor possa refletir sobre o assunto e tirar suas próprias conclusões.

 





Dia das mães, dia dos pais: Refletindo tendências …

11 08 2008
Missão dos Pais

Missão dos Pais

Fácil ver aquela criança se destacando do grupo na escola por ter atitudes agressivas mesmo possuindo uma família amorosa. Também comum estarmos diante de reportagens na tv ou até mesmo presenciar um jovem que parece nascer sabendo fazer contas matemáticas complexas ou até mesmo tocar instrumentos musicais sem nunca ter feito uma aula sequer… Tudo isso são tendências que o indivíduo possui de práticas e vivências referentes a vidas passadas. São evidências tão fortes e claras que podemos, pela sua lógica, provar a existência da reencarnação. E mesmo os mais céticos não se pode recusar que todos possuímos boas e más tendências.

Mas como identificar as tendências de nossos filhos ou em nós mesmos?

Um antigo sábio já nos disse “Conheça-te a ti mesmo”. Mas não é somente a auto-análise que dispomos para detectar as tendências… Devemos estar atentos às ações que praticamos, avaliar as reações a todo o momento, de preferência ainda antecipar a reflexão das conseqüências nos colocando no lugar do próximo para verificarmos se nossa prática irá ser boa ou desagradável.

Além disso, através do Espiritismo, recebemos o convite de procurar a Reforma Íntima para corrigir aspectos imperceptíveis às nossas vistas, com o suporte da casa Espírita, que oferece passes magnéticos e sessões de estudo da Doutrina Espírita; Lugar também que ensina a ser feito o estudo sistematizado no lar com a família para harmonizar o ambiente.

Assim deveria proceder toda religião e filosofia – nos ajudar a descobrir nossas próprias características, criando mecanismos facilitadores para que possamos lançar a espada contra nós mesmos e promover um verdadeiro crescimento pessoal e espiritual !

“Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.” Jesus Cristo (Mateus 10:34)

Então, através dessa busca teremos condições de partir para o coletivo de forma certeira na correção de desvios de conduta de filhos em crescimento, principalmente nesses dias onde as facilidades para ingresso em caminhos errados são enormes em todas as idades. Com exemplo temos a internet e demais meios de comunicação onde os jovens são bombardeados de maus exemplos e facilidades de acesso a conteúdos pornográficos que há tempos atrás nem adultos conseguiam. As câmeras em msn são um perigo constante. E mesmo não procurando acaba-se por surgir propagandas que levam a sites altamente poluentes.

Portanto, além de conhecer os dons e defeitos dos filhos, os pais da atualidade ainda tem que se tornar verdadeiros vigilantes das facilidades que estão disponíveis a seus filhos e direcioná-los a boas atividades como rotina.

Estejamos fortes – mentalizando e orando para que possamos estar atentos aos detalhes de nossas vidas, de nossos filhos e de nossos irmãos – sempre buscando reflexões e interagindo para a nossa própria felicidade futura.

Bom trabalho a todos ! Deixo uma sugestão – que possamos clicar no “Play” do vídeo de Fábio Junior cantando “Pai” em grande momento de inspiração – e durante toda música oremos por toda família !

Pai

Tom: A
Introdução: A7+ D7+ A7+ D7+

A7+ D7+ A7+
Pai, pode ser que daqui a algum tempo
D7+ Bm7
Haja tempo pra gente ser mais
D/E E/D C#m7 F#m7 Bm7 D/E
Muito mais que dois grandes amigos, pai e filho talvez
A7+ D7+ A7+ D7+ Bm7
Pai, pode ser que daí você sinta, qualquer coisa entre esses vinte ou trinta
D/E E/D C#m7 F#m7 Bm7 D/E
Longos anos em busca de paz….
A7+ D7+ A7+ D7+ Bm7
Pai, pode crer, eu tô bem eu vou indo, tô tentando vivendo e pedindo
D/E E7(b9) A7+ C#m7 D7+ D/E
Com loucura pra você renascer…
A7+ D7+ A7+ D7+ Bm7
Pai, eu não faço questão de ser tudo, só não quero e não vou ficar mudo
D/E E7(b9) A7+ G/A G#5/A A7(9)
Prá falar de amor pra você 1 2 3 4
D7+ D#º A F#m7 Bm7
Pai, senta aqui que o jantar tá na mesa, fala um pouco tua voz tá tão presa
D/E Bm7 D/E E7(b9) A7+ G/A Eb7(9/#11)
Nos ensine esse jogo da vida, onde a vida só paga pra ver
D7+ D#º A/E F#m7 Bm7
Pai, me perdoa essa insegurança, é que eu não sou mais aquela criança
Dm7 C#m7 F#7 C#m7/G# F#7/A# Bm7
Que um dia morrendo de medo, nos teus braços você fez segredo
D/E E7(b9) A7+ G/A A7(9)
Nos teus passos você foi mais eu
D7+ D#º A/E F#m7 Bm7
Pai! Eu cresci e não houve outro jeito Quero só recostar no teu peito,
Dm7 C#m7 F#7 C#m7/G# F#7/A# Bm7
Prá pedir prá você ir lá em casa E brincar de vovô com meu filho,
D/E E7(b9) A7+ G/A A7(9) Eb7(9/#11)
No tapete da sala de estar Ah! Ah! Ah!…

D7+ D#º A/E F#m7 Bm7
Pai, você foi meu herói meu bandido, hoje é mais muito mais que um amigo
Dm7 C#m7 F#7 C#m7/G# F#/A# Bm7
Nem você nem ninguém tá sozinho, você faz parte desse caminho

D/E E7(b9) D7+ A7(sus4) G/A A/D B/A G7+ D/F# Em7 A9/C# F#7+
1 234 1 234 1 2 3 4
Que hoje eu sigo em paz Pai Paz …





Criando a fórmula do amor…

28 06 2008

O segredo de um casamento ou namoro para dar certo é justamente aproveitar todo o aprendizado que ele gera. Um relacionamento é uma das maiores fontes de melhoramento interior que existe. Contudo muitos não sabem disso e não aproveitam essa grande oportunidade de vida !

Assim esboço alguns exemplos em que a vida a dois pode ajudar e espero participações para complementá-los ou receber opiniões.

1. Desenvolver a capacidade de perdoar

Facilmente o parceiro irá detectar defeitos no outro. E facilmente seremos decepcionados, magoados, ofendidos pelo convívio diário com o outro caso sejamos intolerântes. O exercício do perdão é necessário para que possamos tentar nos colocar no lugar do próximo para entender os reais motivos desse estresse. Assim o Perdão é a base de razão para não haver desgaste na relação com o acúmulo de momentos tristes.

2. Acabar com o orgulho

Não se pode perdoar sendo orgulhoso. Talvez seja um dos defeitos mais graves que todos temos. Por exemplo, como ficar quieto e não responder a uma agressão verbal em momento de explosão sendo orgulhoso? A primeira coisa que vem na mente é “o que os outros irão pensar de mim se não fizer nada?” Contudo, devemos ter a caridade moral de entender que ninguém é perfeito e levar o parceiro a refletir em suas ações através do diálogo sereno. Mesmo que seja em outro momento. Ai novamente vem aquela vozinha do orgulho “o que os outros irão pensar de mim saindo sem responder ?”… Pois devemos saber que os ditos covardes nesse mundo quando chegam no plano espiritual após a morte do corpo são considerados os mais corajosos e estão em melhor situação do que muitos – porque conseguiram combater o orgulho e praticaram o perdão. Portanto nosso companheiro(a) é um grande instrumento para exercitarmos o combate ao orgulho que todos temos. E promovendo nosso próprio crescimento como pessoa, de quebra, através do diálogo harmonioso criamos condições do parceiro(a) rever seus conceitos e melhorar sua postura também.

3. Combater e reduzir o egoísmo

Quem pensa mais em sí do que no próximo acaba conseguindo seu objetivo: tornar-se um solitário…
O egoísmo é o maior de todos os defeitos. Ele mata a caridade, a atenção aos detalhes, abre caminhos para a imoralidade, corrompe, derivando dele todos os outros defeitos que existem.
Assim, no caso específico de relacionamento pessoal, devemos estar atentos aos detalhes, datas importantes e principalmente na ação de dar carinho e não esperar por receber. Uma surpresa fora de hora, uma palavra de apoio nos momentos de dificuldade…. quebre o gelo com ações para agradar ao companheiro(a). Qual foi a última vez que conversaram sobre sentimentos ?
O esforço aqui é para acabar com o egoísmo e preparar para o próximo – surpresas, presentes nas datas comemorativas, inovações em eventos, palavras especiais em momentos oportunos, doação de amor. Amor gera amor, apatia gera frieza, egoísmo gera solidão. O que quer desenvolver ?

4. Facilitar o sucesso profissional

As cobranças do parceiro(a) que achamos tão desagradáveis devemos recebê-la como uma grande ajuda, uma grande forma de motivação para que possamos colocar hoje em ação muitas práticas necessárias para construção de nosso próprio futuro. Nosso parceiro quer o melhor para nós mesmos. Muitas vezes não entendemos e pelo orgulho – mais uma vez – acabamos por iniciar brigas totalmente desnecessárias. Devemos aproveitar momentos como esse para desabafar, para colher opiniões sobre nós mesmos… Quem melhor para saber nossos pontos fortes e fracos profissionalmente se não nosso parceiro(a) ?

5. Melhorar a relação Familiar

Irmãos, pai, mãe, cunhado, sogro… As diferenças entre o casal são estendidos na família. Sabe aquela característica que lhe desagrada e que está exercitando o perdão em relação ao seu parceiro(a)? Vai achá-lo com certeza em outros membros da familia dele(a). Assim sendo o exercício aqui é de controlar a “boca” – não falar mal de ninguém. É um aprendizado enorme o controle de nossa fala. A vigilância deve ser muito exercitada para não estarmos falando negativamente de ninguém, características ou diferenças. O que acrescenta comentar características negativas dos familiares com o parceiro(a) ? Nada. Só produz energias negativas e mais complicações. Guardemos para nós mesmos os comentários quando forem inúteis e ajudemos com nossos exemplos de boas ações para gerar aprendizado a todos. E se a incompatibilidade for grande demais, melhor tratar sempre com educação e tentar manter distância.

6. Aprender algo novo

Aula de ginástica, algum esporte, viagens, são bons instrumentos para o casal estar junto e sadio mentalmente e fisicamente…

… Praticar caridade juntos – como visitar um orfanato, um asilo, um trabalho voluntário, dar assistência a pobres – edifica a alma e afasta os maus espíritos…

… Assim, aprender algo novo, principalmente criar o novo dentro da rotina diária é essencial. Pense, converse, aprenda, estude sempre. Que tal uma aula de violão ? Já deixo abaixo a letra da musica de Lulu Santos do vídeo acima com a cifra! Muitas alegrias e diante da dificuldade criemos a certeza da superação pela ação que estamos praticando nesse exato momento.

E por último, mesmo com todas essas medidas é necessário sempre compreensão, paciência e comprometimento de ambos no fomento da união. Bom trabalho a todos.

Letra e Cifra – Tão Bem – Lulu Santos

C                     Em
Ela me encontrou, eu estava por aí
F7+             Bb  B C
Num estado emocional tão ruim
Em          F7+ Bb B
Me sentindo muito mal

Perdido, sozinho

Errando de bar em bar
Em          F7+ A7 G
Procurando não achar
F7+            G
Ela demonstrou tanto prazer
C            Em Fm Em
De estar em minha companhia

Que eu experimentei uma sensação

Que até então não conhecia
Dm
De se querer bem
A
De se querer quem se tem
G     F7+    C          Em      F7+
E ela me faz tão bem, ela me faz tão bem
Dm              Em     C          Am G  F7+ Bb B C
Que eu também quero fazer isso por ela





Concursos – Vocação + Educação = ?

25 03 2008

Socrates Provavelmente o caro leitor deve estar nesse momento procurando alguma informação sobre concursos ou dicas de como passar num…

Sinto muito se vou decepcionar nesse sentido, contudo acredito que não irá ser uma leitura inútil. Pois o objetivo dessa pequena publicação é levar a duas ações: Motivar ainda mais aos estudos… ou estar pensando melhor sobre o futuro e reavaliando sua vida. Então vai ou racha !

1 – A EDUCAÇÃO BÁSICA FAMILIAR

O sucesso pessoal de cada indivíduo começa no berço como nos diz Dr. Bezerra de Menezes:

“Ajudemos a criança. O berço é o ponto vivo onde a educação começa a brilhar !”

Desde o início os pais tem a missão de detectar os pontos fortes e fracos dos filhos e, enquanto o “barro” está molhado, moldar o futuro adulto através da educação, coibindo as más tendências e incentivando as boas.

Infelizmente em muitas vezes isso não ocorre ou quando ocorre é de maneira incompleta. Resta ao adulto então, após resistir a vida desvairada de adolescente, iniciar um processo de auto-educação, corrigindo seus próprios defeitos que passaram da educação infanto-juvenil sem solução… e ainda buscar seu verdadeiro lugar na vida profissional.

Quanto a correção temos a filosofia Espírita servindo de ferramenta de auxílio a busca da perfeição como ser, explicando os ensinamentos de Jesus para nossa realidade atual de vida. Contudo o verdadeiro lugar na vida é uma missão de dificuldade ainda maior, se revelando como um verdadeira batalha individual de superação, persistência e resistência.

2 – UMA SOLUÇÃO

A solução inicial, tanto para a correção de nossos defeitos, quanto para a busca para o nosso verdadeiro lugar na vida, inicia-se na resposta da pergunta abaixo:

919 – Qual o meio prático mais eficaz para se melhorar nesta vida e resistir aos arrastamentos do mal?
– Um sábio da Antiguidade vos disse: “Conhece-te a ti mesmo”. (Livro dos Espíritos, Allan Kardec.)

Através do auto-conhecimento o ser humano pode buscar seus defeitos para correção e habilidades para desenvolve-las e se colocar no mercado por vocação.

Assim por uma análise profunda, isenta de opiniões alheias, o convite a meditação sobre o caminho que se segue é imprescindível para o sucesso individual…

_ Por que se contentar com o emprego atual mesmo que estável e não procurar o verdadeiro lugar na vida formado por uma atividade prazerosa onde o indivíduo se torna estável pela importância no cargo e com salário crescentes?

A missão individual de cada um está em desempenhar um papel na sociedade contribuindo para sí mesmo em ações que possam ampliar cada vez mais as habilidades individuais.

A remuneração é conseqüência e não causa. O desenvolvimento do ser, da moral, da responsabilidade e do comprometimento em qualquer área irá trazer conseqüências melhores ainda para o próprio indivíduo, em forma de melhor salário e auto-estima.

Assim a atenção a educação das crianças que nos são acessíveis é de extrema importância, igualmente como reservar um tempo para meditação seguindo alguns questionamentos como os sugeridos abaixo:

_ Quais são as minhas maiores habilidades ?

_ O que estou fazendo habitualmente está contribuindo para um futuro melhor ?

_ Minhas habilidades estão sendo utilizadas no campo pessoal e profissional ?

_ Estou motivado onde estou ?

_ O que posso fazer de ações no presente para mudar meu futuro ?

_ O que realizei até agora para mudar meu futuro ?

3 – QUEM SOU EU ?

Assim acredito ser de extrema importância uma quebra de rotina mensal para auto-análise, revendo o que foi realizado, planejando as ações e assim seguir com mais segurança para o nosso próprio futuro. Nossa vida é uma grande festa, contudo para que seja um sucesso, temos que promovê-la sempre, agindo no presente para construir o futuro. Nada irá mudar se ações neste exato momento não forem feitas! Contudo ações para um caminho errado pode ser ainda pior. A vida é preciosa demais para perdê-la em uma atividade que não se tem prazer de fazê-la.

“Eu preferiria ser um fracasso em algo que amo do que um sucesso em algo que odeio.”

( George Burns ) http://pt.wikipedia.org/wiki/George_Burns

Sucesso a todos !





Relatório Final de Estágio para professor

21 02 2008

Finalmente concluí meu curso de Formação Docente. Todo o curso é muito interessante e acrescenta muito para que o profissional possa desempenhar muito bem a função de professor.

Pelas normas do MEC e repassado a nós pela Faculdade Universo, que atuou com muita seriedade e fidelidade as normas, temos abaixo um roteiro do estágio:

ETAPAS PARA A ORGANIZAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO

1. CAPA
2. FOLHA DE ROSTO
3. FOLHA DE APROVAÇÃO
4. AGRADECIMENTOS ( OPCIONAL )
5. DEDICATÓRIA ( OPCIONAL )
6. MENSAGEM ( OPCIONAL )
7. SUMÁRIO
8. INTRODUÇÃO
– IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA ( Endereço, níveis escolares, número de salas de aula, números de salas especiais, número de professores, número de alunos, número de diretores e coordenadores , organograma, etc. );
– HISTÓRICO ( Princípios filosóficos e projetos em andamento);

9. DESENVOLVIMENTO

– Plano de Curso (solicitar na coordenação da escola com carimbo)
– Ficha de Acompanhamento (os relatórios)
– Ficha de Avaliação (pelo professor e diretor da escola)
– Ficha de conclusão do estágio (pelo diretor da escola)

10. CONCLUSÃO
– Parecer do Aluno
– Críticas e Sugestões

11. BIBLIOGRAFIA

12. ANEXOS

São 150 horas para o ensino fundamental e 150 horas de estágio para ensino médio. Pessoalmente acredito ser um exagero, principalmente por estar trabalhando, o que fez sobrar somente o período noturno para a prática do estágio. Contudo possibilidade de alternar dias e fazer o próprio horário ajuda para essa prática.

O importante é tentar começar a fazer o estágio o quanto antes para poder ir poucas vezes por semana e ter mais flexibilidade. Muitos colegas conseguiram “montar” o estágio com diretores e professores amigos, contudo acho importante a visitação na escola, o contato com a vida do professor e observação do nível e comportamento dos alunos para sentir realmente qual o nosso nível de vocação para a prática docente.

Um professor sem vocação é terrível, pois lida com a formação de novos seres humanos, contribuindo para o despertar do ser, sua a visão crítica e sua autonomia do pensar.

Abaixo segue a conclusão do meu relatório que reflete todos os esforços da produção e conseqüente efeito de sucesso.

CONCLUSÃO
1) PARECER DO ALUNO
1.1) ESTÁGIO

A vivência de estágio é de grande importância para o futuro docente no sentido de não somente observar o comportamento e rotina dos profissionais de ensino, mas também detectar em si mesmo pontos fracos que devem ser trabalhados tanto no quesito domínio de conteúdo quanto no âmbito pessoal e interpessoal.

Alem disso o evento de maior importância ocorre logo nas primeiras horas de estágio: o pretendente a futuro docente percebe logo na primeira aula se tem vocação ou não para ser professor. E talvez esse seja o melhor momento para refletir se devemos continuar o caminho da magistratura para benefício não somente do docente, mas principalmente dos futuros dicentes.

Refletindo e seguindo o rumo do ensino, analiso no meu caso pelo desempenho da função de economista, que a prática em cálculos financeiros abre uma especialização nessa área do ensino, porém inevitavelmente a necessidade revisão e planejamento inicial de conteúdos é real para todos. Antes de começar a atuar, cabe então o futuro profissional além do estágio, buscar um maior aprofundamento dos conteúdos do currículo independente do nível dos discentes, recordando alguns tópicos onde somente com o pleno domínio curricular o profissional de ensino poderá criar mecanismos facilitadores de aprendizagem.

Outro observação revela-se em pessoal preferência ao ensino inclusivo ao escolher cursar todo o estágio em Escolas Públicas e inclusive o Ensino Médio noturno para Jovens e Adultos. Detecta-se assim que chegam alunos nas escolas com muitos tipos de carências. O que me remeteu a professora Auxiliadora, ex-Secretária de Educação de Campos, em uma de nossas aulas no sentido de que o professor deve acabar com todos os tipos de preconceitos referentes à aprendizagem, pois todos aprendem – carentes ou não – em tempos e maneiras diferentes. Cabe o professor trabalhar com as diferenças e características de cada um. Palavras essas, dentre outras, que derrubaram muitos paradigmas durante nosso período de curso teórico na Universo.

Nesse sentido foi comprovado a excelência de todo corpo docente da Universo relativo ao curso de Formação de Docentes e dos professores do estágio por mim acompanhado nesse período, pois muitos fatos teóricos abordados tiveram sua comprovação durante a prática do estágio. Como na observação comportamental dos alunos, suas diferenças e individualidades desafiadoras de qualquer pedagogia, a pesquisa do conhecimento anterior dos alunos, os exemplos colocados no dia-a-dia – vinculando cotidiano com os ensinamentos matemáticos, dentre outros.

A democracia na sala de aula também foi verificada como a melhor alternativa para caminhar junto com os dicentes no caminho da aprendizagem emotiva e verdadeira. Desde a criação de regras de comportamento para todos até mesmo na seleção de métodos de ensino e conteúdo. O ensino participativo faz com que o aluno tenha sentimentos e emoções envolvidas no processo de aprendizagem. A abstração, a falta de atenção, desinteresse e outros problemas são reduzidos em prol da participação, crítica, compreensão mútua e conseqüentemente de laços de amizade comum.

“Não podes ensinar nada a um homem; podes apenas ajudá-lo a encontrar a resposta dentro dele mesmo.” (Galileu Galilei)

A mediação do conhecimento é o termo atual de uma frase descrita há centenas de anos atrás por Galileu Galilei. O papel do professor comprovadamente é fazer o aluno se conhecer, buscando dentro de si seus talentos e tipos de inteligências, desenvolvendo avaliações considerando as habilidades e esforço de cada aluno, reconstruindo o conhecimento a cada fracasso e buscando construir não apenas pessoas de sucesso, mas cidadãos de valor na sociedade.

Todo docente deve-se armar de conteúdos transversais motivadores da auto-estima e exemplificadores da moral e ética. A sociedade brasileira como um todo se encontra muito atrasada moralmente e o professor deve ser um grande agente de boas atitudes, motivação, persistência, caráter e amor ao que se faz para que possamos provar a cada escola, cada turma, cada aluno que viver com respeito e vontade vale a pena. Como nos diz Isaac Newton – “Para cada ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade.” – e, portanto, produzindo ações construtivas hoje as reações produtivas no futuro será lei.

1.2) PROJETO SEXUALIDADE DA ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ ALVES BARRETO

Apesar de entrar no estágio com o projeto Sexualidade já em andamento, perdendo sua abertura e reunião com direção e professores, pude notar a grande importância desse tipo de projeto não apenas para os alunos, mas para toda a comunidade.
Através de pequenas brincadeiras e vídeos com discussão foram trabalhados de forma amena e marcante assunto tão conturbado na vida de qualquer adolescente. Enriquece a aula, cria um laço maior entre professor – aluno, além de se ter a possibilidade da multiplicação do conhecimento para a comunidade.

O filme “Cazuza” foi de grande valia na questão não apenas da sexualidade, trabalhando o caso das doenças sexualmente transmissíveis mas quanto ao uso de drogas e conseqüências que podem trazer para quem está vivenciando grupos de riscos e atitudes impensadas. Além disso a própria trilha sonora ajuda na dinamização e fixação das lições morais, sendo amplamente trabalhada na triste fim de vida do poeta Cazuza.
Ainda assim, sempre existe a correlação com a higiene pessoal – procedimento básico que necessita de muita ênfase e exemplos concretos para todos os alunos de todas as idades, e mesmo com a especificidade do tema do Projeto Sexualidade, o professor teve possibilidade de englobar assuntos variados ligados ao tema no campo da saúde.

Contribui-se assim concretamente para a educação moral do aluno, levando de forma preciosa o conhecimento de vida na formação do cidadão e difusão do mesmo na comunidade.

1.3) EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
1.3.1) HISTÓRICO

O descaso do ensino público para a grande massa populacional é uma constante desde a colonização do Brasil, pois sempre esteve voltada para o beneficio da aristocracia rural e burguesia emergente. Assim sendo, uma incrível quantidade da população adulta analfabeta assumiu os postos de trabalho. A situação era dramática com mais de 80% da população analfabeta.

Já na segunda metade do século XX, por crescente pressões sociais e maior necessidade de incorporar essa massa no sistema produtivo houve uma intensa mobilização com o aumento da responsabilidade educacional por parte do governo. Porém sem sucesso até a década de 60 onde a filosofia do educador Paulo Freire inicia a instrumentalizar a educação básica de jovens e adultos para o exercício da cidadania.

Contudo com o golpe de Estado de 1964 a Educação sofre profunda intervenção e perseguições. Em 1970 surge o Mobral com péssimos resultados, sendo substituído pela Fundação Educar em 1985, sobrevivendo até 1990 igualmente sem resultados esperados.

Na era Collor idéias renovadoras em relação ao EJA surgiram, porém mais uma vez castrada pela escassez de recursos motivada pelos seguidos planos de ajustes fiscais governamentais, sendo praticado apenas para atender a pressões internacionais.

1.3.2) PARECER

Notamos assim que historicamente a educação sempre foi tratada em segundo plano, sem políticas duradouras que provocassem resultados. Não apenas a massa pertencente de “pobres” foram atingidos, mas sim toda uma faixa da classe baixa até a média foram massacradas pela falta de educação básica qualitativa.

Forma-se assim um grande espiral de baixa qualidade educativa, pois muitos professores cresceram e se formaram nessa política de descaso e baixa qualidade. Assim sendo, dobra-se a responsabilidade do professor em se auto-avaliar constantemente para estar sempre crescendo a nível de conhecimentos formais e morais, contribuindo assim para o real crescimento pessoal do cidadão.

O primeiro a acreditar no aluno deve ser o professor, e assim sendo, se o próprio aluno passar a acreditar em si – com certeza um futuro cidadão de bem estará sendo formado.
Portanto, torna-se mais importante ainda o papel do professor nesse tipo de alunos, sendo a auto-reflexão uma ferramenta imprescindível para o profissional atuante na educação de jovens nos moldes exemplificados abaixo:

– Consegui identificar os tipos de inteligências predominantes dos meus alunos em minha prática educativa?

– Qual a importância do conteúdo dado para o cotidiano e futuro profissional dos alunos?

– Qual o nível de clareza do que foi discutido em aula, há necessidade de retomar e rever alguns pontos? Caso positivo, de que outras formas poderia expor os conteúdos?

– Nessa aula foi utilizado dos os recursos e observações disponíveis?

– Há necessidade de maior aprofundamento? Que tipos de fontes poderia complementar o tema?

O bom resultado, portanto, está mais uma vez nas mãos do professor. Um trabalho com compromisso, atenção e reflexão com certeza provocará resultados positivos a esses jovens e adultos que já foram por tanto tempo excluídos em nossa sociedade.

2) CRÍTICAS

Na vivência do estágio, percebem-se as dificuldades do cotidiano escolar: atrasos de alunos, faltas generalizadas, rotina, máquinas com defeitos, horários noturnos cansativos, política educativa, baixos salários. Contudo o professor com vocação está acima de todas as dificuldades, pois elas são degraus na ascensão da aprendizagem, convivência escolar e realização pessoal.

É certo que através do professor pode existir uma total mudança de direção e foque na real aprendizagem.

3) SUGESTÕES

Logo, como aumentar a freqüência dos alunos? Como superar o desânimo frente aos baixos salários? Como conviver com políticas educacionais alienadas e duvidosas?
Pessoalmente, a resposta é trabalho com boa vontade e criatividade, independente de tudo, fazer o melhor sem pensar em nossa infinita pequenez. Por isso, através da criatividade, pode-se inicialmente reservar um pequeno período antes das aulas para prática de um jogo, uma história, um conto ligados com a matéria, algo divertido para atrair os alunos a chegarem pontualmente.

Período esse que pode estar ligado a assuntos motivacionais e éticos para cativar e envolver os alunos numa constante busca ao crescimento pessoal.

Outra possibilidade seria a utilização de porfolio – uma pasta individual tipo fichário contendo tudo que o aluno realizou. Pode ser inviável o custo de um fichário com divisões, mas nada impede a criação de pastas comuns daquelas mais baratas de papelão e elástico dividindo os conteúdos em envelopes ou plásticos etiquetados e corretamente organizados.

É uma técnica que inicialmente gera um pouco de trabalho, mas consequentemente trás ao professor e aluno uma possibilidade de avaliação mútua de todo o processo de aprendizagem decorrente do curso e possíveis reconstruções e correções levando todos a uma eficiente retenção de conteúdos além de transversalmente criar bons hábitos organizacionais.

Ainda como sugestão aplica-se ao uso da informática. Reservar um período no mês para aulas dentro de laboratórios de informática. Mesmo não conseguindo um enfoque direto na matéria do bimestre é de grande valia uma quebra de rotina e manutenção do contato com a informática, principalmente de alunos da rede pública.

Alguns exemplos de programas gratuitos de matemática disponível para download na internet que poder ser utilizados:

• JAVA – Por que utilizar linguagem sem aplicabilidade como o LOGO podendo utilizar uma linguagem poderosa como o Java? Com grande utilidade na internet e para aplicativos de todos os tipos o Java pode ser uma poderosa ferramenta, mas também pode servir para pequenos aplicativos e jogos se o professor tiver um conhecimento maior em informática. Será um conhecimento altamente produtivo, pois abre infinitas possibilidades. Maiores detalhes em < http://www.java.com/pt_BR/about/ >

• Desafios Matemáticos – Bom programa com 25 avaliações interativas totalmente configuráveis na forma de um formulário em HTML. Com algum conhecimento de outros softwares é possível também acrescentar nessas avaliações tabelas, gráficos e imagens. Basta que o usuário possua em seu computador o pacote de softwares Office 97 ou superior. Após a abertura do programa, surgirá uma janela dividida em quatro partes: Desafios Matemáticos (com 30 desafios configurados), Desafios Configuráveis (que permitem até 250 questões), Exemplos de Configuração e Instruções. Cada uma dessas subdivisões apresentam botões específicos que acionam páginas em HTML contendo scripts (instruções lógicas) que permitem a exibição dos textos e dos arquivos configurados pelo professor ou por seus alunos. Como prêmio aos alunos que conseguirem atingir a resolução total das questões, o script liberará o botão de acesso a página bônus contento jogos em JAVA! Olha ele ai novamente… e das 25 avaliações configuráveis apenas uma está previamente alterada para servirem de exemplo. Trata-se de uma avaliação baseada em questões de vestibular. < http://www.professorinterativo.com.br/ >

• WinPlot – é um programa sério para gerar gráficos de 2D e 3D a partir de funções ou equações matemáticas. É necessário conhecimentos de equações. Os menus do sistema são simples, sendo que existe uma opção de Ajuda em todas as partes. Aceita funções matemáticas de modo natural. Na janela principal pode-se encontrar as opções Adivinhar, que é um jogo para que você tente descobrir qual é a função de que o gráfico faz parte. Para obter a resposta do programa, basta apertar a tecla F5. <http://www.mat.ufpb.br/~sergio/winplot/winplot.html >

• Timez Attack – é um jogo educativo inovador e muito divertido. No jogo, o aluno comanda um etzinho que precisa escapar de uma masmorra assustadora, e para isso deverá resolver multiplicações antes que o monstro se irrite e ataque você. As soluções também abrem portas lacradas e entregam chaves para abrir a porta maior. É um jogo envolvente que cria uma atmosfera parecida com a de jogos comuns, e inseriram nesse contexto desafios matemáticos que impulsionam o jogador a criar um raciocínio rápido. < http://www.bigbrainz.com/index.php >

• Além desses ainda merece destaque o programa de planilha eletrônica CALC incluso no pacote BrOffice – um software gratuito composto do Calc – planilha de cálculos, Writer – editor de textos, Impress – apresentação multimídia, Draw – produtor de diagramas e desenhos, Math – um editor de formulas e o Base – para manipular banco de dados.
E ainda no campo da informática poderia utilizar de um Blog na internet para que todos – alunos, professores e direção – possam estar interagindo de forma local e on-line, informações, sugestões, críticas, e principalmente criando atividades em que todos possam contribuir para sua produção (escrita coletiva). Um Blog pode ser utilizado pelo ambiente educacional para muitas finalidades:

1) Criar e gerenciar projetos com temas ligados ao conteúdo para que os alunos possam pesquisar e alimentar o banco de dados – servindo como um portfolio comunitário onde centralizaria todas as informações obtidas pelos alunos;

2) Criar um elo de comunicação por escrito entre aluno-professor-coordenador-direção-comunidade;

3) Criar projetos de sugestões e reivindicações para serem enviados e consultados pela Direção e até mesmo a Secretaria de Educação, visto ter possibilidades de acesso on-line.

4) Recursos de agenda, programação, horários on-line.

5) Ainda servir como avaliação não apenas de uma turma, mas avaliar se o professor está engajado na era da informática – sendo ponto de referência para a Direção poder verificar e investir na capacitação dos professores excluídos digitalmente.

6) Incluir os alunos na prática da informática, digitação, operação e processos gerenciais modernos, contribuindo-o para sua inclusão efetiva no mercado de trabalho.
Outras inúmeras oportunidades podem ser traçadas dependendo da criatividade e capacidade de lidar com a informática dos profissionais envolvidos no processo. Ainda é recurso muito pouco utilizado, visto pela dificuldade em se localizar um blog como os abaixo indicados:

http://oblogdanossaturma.blogspot.com/
http://aturmadivertida.blogspot.com/

Vale ressaltar que serviços de Blog desse tipo estão oferecidos de forma gratuita, bastando um conhecimento operacional de informática na internet para a criação da conta – independente de sistema operacional – com acesso a internet para fazer o cadastro em um serviço de Blog existente como Blogger <https://www.blogger.com /start > ou o Terra Blog <http://blog.terra.com.br/&gt; por exemplo.
Por final acredito que devemos estar nos avaliando constantemente sobre a qualidade de nossas aulas e principalmente utilizando da seguinte máxima nos transmitida há 2007 anos atrás:

“Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo lhes fazei vós também.” (Lucas 6, 31)

Ou seja, devemos nós professores nos colocar no lugar do próximo, que é o aluno, e questionarmos se estaríamos interessados, motivados e aprendendo se estivéssemos sendo alunos de nossas próprias aulas.

FIM.

—————-

Sugestão de Leitura para os Profissionais da Educação: Pedagogia Espírita

Como, não apenas teoria, mas uma verdadeira filosofia de vida servindo de base filosófica para a busca da moral e ética pelo docente – O Espiritismo nos revela verdades que dão um real entendimento dos motivos de não se fazer o mal. Talvez seja esse um dos pontos principais onde a Pedagogia Espírita acrescenta – as explicações. Saber o que está por trás da moral e da ética, suas conseqüências e visão do ser espiritual como um todo.

Assim acrescento nessa publicação uma sugestão para todos os profissionais da Educação, pois a promoção do auto-conhecimento para correção pessoal, promoção do bem estar comum, integração social harmônica, autonomia reflexiva, desenvolvimento moral, dentre outras reações positivas, são reais reações da aplicação da Pedagogia Espírita!

“A pedagogia espírita tem origem na tradição ocidental, que vem desde Sócrates e Platão, passando por Comenius, Rousseau, Pestalozzi, antecessores diretos de seu sistematizador, o pedagogo francês Allan Kardec, que solidificou esses princípios, evidenciando a existência do espírito e as suas múltiplas vidas.” Wikipedia.

Assim com nosso Chico Xavier é inquestionável com suas mais de 400 obras publicadas, também são os resultados da aplicação da Pedagogia Espírita e do Espiritismo no ser. Mas depende de cada um de nós, buscarmos contato sério, independente de religião, com a obra Espírita – iniciando pelo “Livro dos Espíritos” codificado por Allan Kardec. Esse é o primeiro passo.

No link abaixo temos uma capacitação gratuita on-line em:

http://www.pedagogiaespirita.org/escolavirtual/escolavirtual.htm

Pode-se reunir numa tríade os princípios da Pedagogia Espírita:

  • A pedagogia da liberdade: em qualquer processo pedagógico, estamos lidando com um ser livre, que deve aderir voluntariamente ao convite de evolução que lhe propomos.
  • A pedagogia da ação: o indivíduo só aprende, agindo, experimentando, ensaiando (inclusive errando). É na ação que o ser desenvolve suas potencialidades.
  • A pedagogia do amor: o que deflagra o processo evolutivo é a lei do amor, presente em todas as criaturas. A relação pedagógica deve ser de amor, pois só o amor toca as fibras divinas da alma e desperta a vontade de evolução.
  • (Wikipedia)

A revelação prometida por Jesus vinda a tona pelo Espírito da Verdade – através de pessoas com a capacidade de se comunicarem com espíritos – foi cuidadosamente codificada por Allan Kardec. Essa obra consoladora prometida, mesmo para os que duvidam da mediunidade e do Espiritismo, deve ser analisada primeiro com carinho.

“A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original.” – Albert Einstein

Contudo a Pedagogia Espírita não é evangelização Espírita, nem muito menos uma religião ou extensão obrigatória da mesma. Se trata de uma pedagogia aplicável a qualquer ser humano, de qualquer tendência filosófica e religiosa.

“A Pedagogia Espírita não é um movimento sectário, autoritário e centralizado numa pessoa ou instituição. Todos podem se embeber de seus princípios e praticá-los livremente. Ninguém tem o monopólio da idéia.” (Wikipédia)

Portanto fica o convite para entrarmos em contato com o Espiritismo e com a Pedagogia Espírita mesmo que seja para criticá-los. Bons estudo para todos !

REFERÊNCIAS E LINKS RECOMENDADOS :

Download gratuito do Livro dos Espíritos:

http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/les/index.html

Site Pedagogia Espírita:

http://www.pedagogiaespirita.org/

Pedagogia Espírita na Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pedagogia_esp%C3%ADrita

Artigos ligados ao tema:

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/celuz/textos/as-tres-revelacoes-1.html

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/verdade-e-luz/a-pedagogia-de-jesus.html

http://www.espirito.org.br/PORTAL/ARTIGOS/mundo-espirita/a-filosofia-espirita.html

Notícia de abertura de Lato-sensu em Pedagogia Espírita

http://www.universia.com.br/html/noticia/noticia_dentrodocampus_dagie.html

http://www.pedagogiaespirita.com.br/